Rio Fluvià

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rio Fluvià
Fluvià Besalú 02.jpg

O rio Fluvià em Besalú.

Localização
País
Localização
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
208 km
Hidrografia
Tipo
Área da bacia
974 km2Visualizar e editar dados no Wikidata
Nascente
Altitude da nascente
920 m
Afluentes
principais
Llierca (d), Riera de Riudaura (d), Ser (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Foz

O Fluvià é um rio catalão que nasce na região da Garrotxa, na localidade de Grau d'Olot, a 920 m de altitude e com 97,2 km de longitude. Percorre a planície de La Vall d'en Bas e passa por Olot, desaguando na zona do golfo de Roses, perto de Sant Pere Pescador. No seu percurso passa por Castellfollit de la Roca, Besalú e Torroella de Fluvià.[1]

Os afluentes esquerdos são os mais importantes (ribeira de Bianya, o Llierca e o Borró); o único afluente direito de verdadeira importância é o Ser. A cabeceira está orientada de N a S e recolhe a humidade dos ventos de leste, que a convertem num condensador importante (mais de 1.000 mm de chuva anuais). Os relevos são constituídos, de N a S, por Capsacosta (1.111 m alto), Puig Estela (1.359 m), Puig de Santa Magdalena (1.247 m), Puigsacalm (1.514 m) e os Cingles d'Aiats (1.303 m).[2]

O seu curso alto faz parte do Parque Natural da Zona Vulcânica da Garrotxa (Parc Natural de la Zona Volcànica de la Garrotxa, originalmente em catalão). A zona húmida da foz encontra-se incluída no Parque Natural dos Aiguamolls de l'Empordà e no espaço do PEIN e Rede Natura 2000.[3]

Durante a Guerra Civil Espanhola de 1936-39, o rio Fluvià foi a última linha de resistência por parte das forças republicanas que se tentou de estabelecer antes da retirada total da Catalunha, em fevereiro de 1939.[4]

Referências

  1. «el Fluvià | enciclopèdia.cat». www.enciclopedia.cat. Consultado em 12 de setembro de 2019 
  2. «Serra de Cabrera, Agullola de la Tuta i Cingles d'Aiats». www.engarrista.com (em catalão). Consultado em 12 de setembro de 2019 
  3. «Rede Natura 2000 - Catalunha». Ministério para la Transición Ecológica. Consultado em 12 de setembro de 2019 
  4. «GRIEGC | Les línies de defensa de Catalunya» (em catalão). Consultado em 12 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]