Rio Glomma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rio Glomma (Glåma)
Glomma-river.png
Localização
Continente
País
Localização
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
604 km
Hidrografia
Tipo
Área da bacia
42.000 km²
País(es) da
bacia hidrográfica
Nascente
Altitude da nascente
690 m
Afluente
principal
margem esquerda: Rio Vorma
margem direita: Rio Rena
Lagos no curso
Øyeren (en), Aursund (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Caudal médio
720 m3/s, 720 m3/s, 720 m3/sVisualizar e editar dados no Wikidata
Foz
Altitude da foz
0 m

O rio Glomma ou Glåma é um rio do sul da Noruega. Lança as suas águas no fiorde de Oslo, junto à cidade de Fredrikstad, após 604 km de percurso. É o rio com maior extensão não só da Noruega como de toda a Escandinávia, e possui centrais hidroelétricas. Tem 698 m³/s de caudal médio, e a sua bacia hidrográfica abrange cerca de 42000 km², ou seja, 13% do total do território da Noruega. Desagua em Fredrikstad no Escagerraque, o estreito que liga o mar do Norte ao mar Báltico.

O nome Glomma é usado nos condados de Østfold e Akershus. Nos condados de Hedmark e Sør-Trøndelag o rio é chamado Glåma. O nome é muito antigo e de significado desconhecido. Há várias localidades cujo nome provém deste rio, como Glåmdal e Glåmos.

Percurso[editar | editar código-fonte]

O Glomma nasce no lago Aursunden, perto de Røros, no condado de Sør-Trøndelag e percorre mais de 600 km até ao fiorde de Oslo, desaguando em Fredrikstad. Os seus principies afluentes são o Vorma, que nasce no lago Mjøsa e desagua no Glomma no município de Nes, Akershus.

Por passar por alguns dos locais mais ricos em floresta da Noruega, o rio fio historicamente sendo usado para transporte de troncos. A combinação de um grande número de matérias primas, a energia hidráulica e o fácil transporte ao longo dos séculos, alimentou a instalação de indústrias nas proximidades do rio. Algumas das indústrias de fabrico e transformação de maior dimensão da Noruega ficam perto da foz do Glomma, onde o fornecimento de madeira e a obtenção de energia hidroelétrica contam com excelentes instalações portuárias.

Na parte superior do vale do Glomma, as explorações ficam a cerca de 500 m de altitude, algo inferior à de Gudbrandsdal, o que se reflete em clima mais frio. A vegetação arbórea conta com bosques de bétula, elevando-se até aos 900 m de altitude em Østerdal.

{{#coordinates:}}: não pode ter mais do que uma etiqueta primária por página

Referências

  • Scandinavia; An Introductory Geography, de Brian Fullerton y Alan Williams, Praeger Publishers, 1972. (em inglês)
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Noruega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rio Glomma