Rio Preto (rio de Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de rio Preto, veja Rio Preto (desambiguação).
Rio Preto
Rio Preto - Unaí 5.JPG

Trecho do rio Preto em Unaí

Localização
País
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Nascente
Foz

O rio Preto é um curso de água que banha os estados de Goiás e Minas Gerais e o Distrito Federal, no Brasil. Nasce na lagoa Feia, no município de Formosa, em Goiás, e segue recebendo as águas de importantes afluentes até desaguar no rio Paracatu, já em terras mineiras. Faz parte da bacia do rio São Francisco.[1]

As suas margens foram habitadas por indígenas que, devido às escuras águas deste rio, o chamaram Huna-y, que significa "água escura" ou "rio preto". O termo Huna-y é também a origem do nome do município de Unaí, em Minas Gerais.

Além de banhar o estado de Goiás, onde nasce, e o de Minas Gerais, onde desemboca no rio Paracatu, serve de divisa natural entre o Distrito Federal e Goiás na altura do município goiano de Formosa. Na altura do município mineiro de Cabeceira Grande, serve de divisor entre Minas Gerais e o Distrito Federal. É também neste trecho do rio que foi instalada a Usina Hidrelétrica de Queimado.

Referências

  1. Bittar, Camila de Sousa (junho de 2015). «Análise da gestão ambiental municipal por meio da utilização da metodologia Peir: um estudo de caso na lagoa Feia em Formosa-GO» (PDF). Universidade de Brasília (UnB). Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM): 27. Consultado em 29 de julho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.