Sabine Bergmann-Pohl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sabine Bergmann-Pohl
Sabine Bergmann-Pohl
Presidente da Alemanha Oriental (interino) Alemanha Oriental
Período 5 de abril de 1990
até 2 de outubro de 1990
Primeiro-ministro Lothar de Maizière
Antecessor Manfred Gerlach
Sucessor Richard von Weizsäcker
Como Presidente da República Federal da Alemanha
Dados pessoais
Nascimento 20 de abril de 1946
Eisenach, Alemanha Alemanha
Partido União Democrata-Cristã (RDA)
União Democrata-Cristã (RFA)

Sabine Bergmann-Pohl (Eisenach, 20 de abril de 1946[1]) é uma política alemã. Foi a última chefe de Estado da República Democrática Alemã antes da reunificação em outubro de 1990, sendo a primeira mulher a governar o país.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Eisenach, Sabine cursou medicina. Em 1981, filia-se a União Democrata-Cristã e em março de 1990 torna-se membro do Volkskammer da RDA. Torna-se presidente da Câmara do Povo em abril do mesmo ano, atuando também como chefe de Estado do país. Foi a segunda chefe de Estado não-comunista do país, e a primeira mulher a exercer este cargo.[2]

Após a reunificação, entra para o Bundestag. Posteriormente, é escolhida ministra dos Assuntos Especiais da Alemanha, cargo que exerceu entre 1990 e 1991.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
Manfred Gerlach
Chefe de Estado da República Democrática Alemã (interino)
1990
Sucedido por
Richard von Weizsäcker
Como Presidente da República Federal da Alemanha