Santa Catarina da Serra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2014).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Portugal Santa Catarina da Serra  
—  Freguesia portuguesa extinta  —
Brasão de armas de Santa Catarina da Serra
Brasão de armas
Santa Catarina da Serra está localizado em: Portugal Continental
Santa Catarina da Serra
Localização de Santa Catarina da Serra em Portugal Continental
Coordenadas 39° 40' 14" N 8° 40' 42" O
Concelho primitivo Leiria
Concelho (s) atual (is) Leiria
Freguesia (s) atual (is) Santa Catarina da Serra e Chainça
Fundação 1549[1]
Extinção 2013
Fundador Dom Frei Brás de Barros[1]
Área [2]
 - Total 35,78 km²
População (2011) [3]
 - Total 4 098
    • Densidade 114,5 hab./km²
Gentílico: Santacatarinense
Orago Santa Catarina[1]

Santa Catarina da Serra é uma povoação portuguesa do concelho de Leiria, com 35.78 km² de área e 4 098 habitantes. Densidade: 114,5 h/km².

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Santa Catarina da Serra [4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 384 1 653 1 870 2 113 2 257 2 339 2 322 3 311 3 748 3 745 3 813 3 836 3 497 3 962 4 098

Com lugares desta freguesia foi criada, pela Lei nº 76/89 [5], de 29 de Agosto, a freguesia de Chainça

Situação geográfica[editar | editar código-fonte]

Situação geográfica, Leiria

Santa Catarina da Serra fica situada na parte mais a sudeste do concelho de Leiria, fazendo fronteira com o distrito de Santarém.

Santa Catarina da Serra faz fronteira com Caranguejeira e Cercal (a norte), Arrabal, Chainça e São Mamede (a oeste), Fátima (a sul), Atouguia e Gondemaria (a este).

História[editar | editar código-fonte]

A freguesia de Santa Catarina da Serra foi criada em 1549 pelo primeiro bispo de Leiria, D. Frei Brás de Barros[1], tendo sido desanexada da freguesia de São Pedro de Leiria. É composta por várias povoações de dimensão variável. Tem conhecido bastante desenvolvimento, devido sobretudo à sua localização geográfica (proximidade com a cidade de Fátima) e devido à dinâmica da sua população e de muitas empresas.

Foi elevada a vila a 12 de Julho de 2001.[6]

A freguesia foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, para, em conjunto com Chainça formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Santa Catarina da Serra e Chainça da qual é a sede.[7]

Povoações pertencentes[editar | editar código-fonte]

A freguesia é composta por várias povoações de dimensões variáveis: Loureira, Magueigia, Ulmeiro, Quinta da Sardinha, Pedrome, Santa Catarina da Serra, Pinheiria, Pinheiria da Costa, Gordaria, Donairia, Barreiria, Cercal, Quinta do Salgueiro, Casal das Figueiras, Vale Maior, Olivais, Vale Sumo, Sobral, Sobral da Granja, Vale Faria, Sete Rios, Vale Tacão, Siróis, Cova Alta, Casal da Estortiga e Casal da Fonte da Pedra.

  • A freguesia tinha, em 2003, um total de cerca de 1600 edifícios, na sua maioria residenciais.

Demografia[editar | editar código-fonte]

A freguesia apresenta uma população de 3962 habitantes, e uma densidade populacional de 108.98 hab./km².

População residente empregada por sector económico:

  • Primário: 3%
  • Secundário: 50%
  • Terciário: 47%

Distribuição da população residente a frequentar o ensino:

  • 1º Ciclo: 29%
  • 2º Ciclo: 17%
  • 3º Ciclo: 21%
  • Ensino secundário: 22%
  • Ensino superior: 11%

fonte: INE 2001

Política[editar | editar código-fonte]

Executivo[editar | editar código-fonte]

Executivo da Junta de Freguesia de S.C.S. (Eleições Autárquicas 2009):

  • Presidente: Joaquim Pinheiro Laíns de Oliveira
  • Secretário: Armando Oliveira dos Reis
  • Tesoureira: Irene Costa Vieira
  • Gestão autarquica: Nas ultimas eleções para os orgãos autarquicos, o partido socialista levou uma grande derrota garantindo apenas 3 membros na Assembleia de Freguesia: O grande vencedor foi o partido psd que elegeu 6 membros na Assembleia de Fregueia; garantiu a formação da Junta de Freguesia. O partido CDS/PP não conseguiu qualquer lugar. Escrito por ex-autarca.

Associativismo[editar | editar código-fonte]

ForSerra[editar | editar código-fonte]

  • Em Fevereiro de 2009, várias associações da freguesia criaram a ForSerra - Associação de Desenvolvimento e Gestão de Património Santa Catarina da Serra. Uma associação que fica responsável por projectos macro da freguesia como o Jornal Luz da Serra, Festival Cultural e Gastronómico "O Chícharo da Serra", a presença anual da freguesia na Feira de Maio (Leiria), promoção e desenvolvimento de formações modulares e a realização de processos RVCC em protocolo com entidades formadoras, coordenação de freguesia em projectos como "Limpar portugal" (20 de Março 2010) em que na freguesia de Santa Catarina da Serra conseguiu mais de 170 voluntários e a remoção de mais de 500 toneladas de lixos das florestas da freguesia.

Economia[editar | editar código-fonte]

A nível económico distinguem-se sobretudo os seguintes sectores:

  • Construção civil e obras públicas
  • Estruturas metálicas
  • Transformação de madeiras
  • Comércio e reparação automóvel

Foi na freguesia de Santa Catarina da Serra que nasceu um dos maiores grupos económicos do país, e o maior do distrito de Leiria (Grupo Lena), assim como outras empresas de dimensão assinalável.

Indústria transformadora[editar | editar código-fonte]

Os sectores mais representativos da indústria transformadora da freguesia são:

  • Madeira, cortiça, mobiliário: 25,9%
  • Material de transporte: 14,8%
  • Metais e produtos metálicos: 14,8%
  • Máquinas e aparelhos eléctricos e não eléctricos: 11,1%
  • Produtos não metálicos: 11,1%

fonte: INE 2003

Infra-estruturas e equipamentos[editar | editar código-fonte]

Saúde e Segurança[editar | editar código-fonte]

  • Centro de Saúde de Santa Catarina da Serra
  • Farmácia (Santa Catarina da Serra)
  • Quartel dos Bombeiros Voluntários Secção Sul do Concelho de Leiria (em conjunto com as freguesias de Caranguejeira, Arrabal e Chainça)

Educação e Cultura[editar | editar código-fonte]

  • Escola Básica de Santa Catarina da Serra
  • Escolas 1º CEB: Loureira e Vale Sumo
  • Jardins de Infância: Magueigia, Loureira, Pinheiria e Vale Sumo
  • Auditório de Freguesia

Serviços e Apoio Social[editar | editar código-fonte]

  • Junta de Freguesia
  • Posto de Correios (a funcionar na Junta de Freguesia SCS)
  • Casa do Povo de SCS
  • Centro Social e Paroquial de SCS (lar 3ª idade)

Património[editar | editar código-fonte]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Um dos edifícios mais emblemáticos é sem dúvida a Igreja de Santa Catarina da Serra. Outros locais com alguma importância são: as várias capelas das povoações (Casal da Estortiga, Loureira, Magueigia, Quinta do Salgueiro, Vale Tacão e Vale Sumo), o antigo Palácio da Quinta do Barão do Salgueiro e o parque de merendas do Vale Mourão (Loureira).

Cultural[editar | editar código-fonte]

É de salientar o Rancho Folclórico de S. Guilherme e o seu Museu Etnográfico (Magueigia), o Museu dos Automóveis Antigos, as associações dos diferentes locais da freguesia, a realização do festival "O Chícharo da Serra" - um festival cultural e gastronómico que decorre anualmente no final do mês de Novembro, e o Agrupamento de Escolas e Jardins da Serra.

Desportivo[editar | editar código-fonte]

A principal entidade desportiva na freguesia é a União Desportiva da Serra, clube de futebol que milita actualmente na 2ª Divisão Nacional, que se afirma como uma das maiores forças futebolísticas do Distrito de Leiria, e que conta com várias dezenas de atletas nas suas camadas jovens. No parque desportivo da UDS também é possível praticar natação e hidroginástica, ou modalidades como futsal e andebol. O Parque Desportivo da UDS é constituído por um campo sintético de futebol 11 (estádio), um campo sintético de futebol 7, um pavilhão gimnodesportivo, um pavilhão com piscina (tanque de aprendizagem) e o pavilhão sede do Clube de Automóveis Antigos de SCS.

De referir ainda a existência de outras colectividades desportivas:

Eventos[editar | editar código-fonte]

Festival "O Chícharo da Serra"[editar | editar código-fonte]

O evento mais popular é o Festival Cultural e Gastronómico "O Chícharo da Serra". Este festival ocorre todos os anos pelo final do mês de Novembro, tem uma duração variável e apanha obrigatoriamente o dia da freguesia (25 de Novembro). Realiza-se no parque desportivo da União Desportiva da Serra e a sua organização está a cargo da ForSerra, com a ajuda e disponibilidade de muitas pessoas da freguesia. Tem como objectivo dar a conhecer a gastronomia, cultura e economia da região, promover o associativismo e assinalar o dia da freguesia. Os visitantes podem almoçar, jantar ou simplesmente petiscar um dos pratos típicos da região, visitar o pavilhão de exposições, o museu dos automóveis antigos e aproveitar um cartaz musical cada vez mais ambicioso, com várias bandas e DJ's ao vivo.

Números que marcaram a edição de 2008:

  • 1500 kg de bacalhau
  • 1000 kg de chícharos
  • 20.000 visitantes

Festas Populares e Religiosas[editar | editar código-fonte]

Destacam-se também as festas populares nas várias localidades da região (principalmente na Primavera e no Verão), e a "Festa dos 20", organizada pelos jovens da freguesia com vinte anos, que decorre no mês de Janeiro.

  • Santa Catarina (1º Domingo de Maio)
  • Espírito Santo (móvel)
  • Corpo de Deus (móvel)
  • Coração de Jesus (móvel)
  • S. Sebastião (Janeiro)
  • Santo Amaro (último Domingo de Abril)
  • Santa Marta (Setembro)
  • Senhora da Purificação (Julho)
  • Santa Quitéria (Setembro)
  • S. Silvestre (3 de Setembro)
  • S. Miguel (1º Domingo de Outubro)

Feiras[editar | editar código-fonte]

Realiza-se no 1º Domingo de cada mês a feira na localidade de Loureira.

Referências

  1. a b c d «Paróquia de Santa Catarina da Serra». Arquivo Distrital de Leiria. Consultado em 25 de Abril de 2014 
  2. «Áreas das freguesias, municípios e distritos da CAOP2012». Separador Areas_Freguesias_CAOP2012. Instituto Geográfico Português. 2012. Consultado em 1 de Abril de 2014. Cópia arquivada em 9 de Novembro de 2013 
  3. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 28 de Fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013 
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  5. Diário da República - http://dre.tretas.org/dre/37014/
  6. «Lei n.º 65/2001» (pdf). Diário da República eletrónico. Consultado em 25 de Abril de 2014 
  7. «Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias)» (pdf). Diário da República eletrónico. Consultado em 28 de Março de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 6 de Janeiro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]