Distrito de Leiria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Leiria
Distrito de Portugal
Brasão de Distrito de Leiria Bandeira de Distrito de Leiria

Localização de Leiria
Mapa de Leiria
Criação 1835
Área 3 505,78 km²
População 458 679 hab. (2021[1])
Densidade populacional 131 hab./km²
N.º de municípios 16
N.º de freguesias 110 [2]
Região Centro
Província Estremadura
Beira Litoral
Sítio oficial web.archive.org/web/20080514013924/http://www.gov-civil-leiria.pt/

O distrito de Leiria é um distrito português situado na região do Centro, dividido entre as províncias tradicionais da Beira Litoral e da Estremadura. Limita a norte com o distrito de Coimbra, a leste com o distrito de Castelo Branco e com o distrito de Santarém, a sul com o distrito de Lisboa e a oeste com o oceano Atlântico. Tem uma área de 3 506 km² (13.º maior distrito português) e uma população residente de 458 679 habitantes (2021).[1] A sede do distrito é a cidade com o mesmo nome e inclui a sede administrativa da Diocese de Leiria-Fátima.

Tem 110 freguesias distribuídas pelos seus 16 municípios.[2]

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

Municípios[editar | editar código-fonte]

O distrito de Leiria subdivide-se nos seguintes dezasseis municípios:

Na atual divisão principal do país, o distrito encontra-se totalmente integrado na Região Centro, distribuindo-se os seus municípios pelas subregiões do Oeste (o qual foi transferido para a Região do Centro em 2002, com a redução da área da Região de Lisboa e Vale do Tejo) e Região de Leiria. Em resumo:

Cidades[editar | editar código-fonte]

Vilas[editar | editar código-fonte]

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011 2021
177466 197252 220067 242471 270273 283428 309575 358021 395990 404500 376940 420229 426152 459426 470930 458679

O município mais populoso é o de Leiria, que é o único com mais de cem mil habitantes. Fora Leiria, apenas Alcobaça, Caldas da Rainha e Pombal têm mais de 50 mil habitantes.

Os municípios situados no nordeste têm vindo a perder população nos últimos anos.

Leiria é o município com menor percentagem de população com mais de 65 anos.

Leiria, Caldas da Rainha e Marinha Grande são os municípios cuja população mais tem crescido.

Histórico de Governadores[editar | editar código-fonte]

A atividade económica[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a dinâmica económica do distrito é, predominantemente, do tipo urbano-industrial, havendo apenas alguns municípios nos quais as condições necessárias para o arranque industrial não têm sido reunidas, continuando maioritariamente agrícolas e rurais.

De acordo com um relatório da NERLEI, Associação Empresarial de Leiria, o setor primário produz no distrito, relativamente aos totais nacionais: - 80% de peras - 35% de maçãs - 20% de pêssegos - 15% de vinhos de qualidade - 50% de efectivos suinícolas - 19 500 ha de pinhal em regime contínuo - 8 200 ha de floresta comunitária - 17% de pesca - e uma boa parte do queijo denominado Rabaçal

Relativamente ao setor secundário, Leiria é o distrito líder no fabrico de moldes metálicos, tendo, igualmente, uma grande importância as industrias extractiva, transformadora e a construção civil. Mesmo assim, a imagem de marca ligada ao vidro, aos plásticos, à madeira, aos têxteis e aos agroindustriais, sendo um dos distritos com maiores índices de PME/Excelência.[carece de fontes?] A indústria encontra-se principalmente nos municípios de Leiria, Alcobaça, Marinha Grande, Pombal e Caldas da Rainha, que garantem 70% das unidades industriais do distrito e 75% do emprego neste setor.

Por sua vez, o setor terciário assume mais de 50% de todo o tecido empresarial do distrito, tendo vindo a população ativa deste sector a crescer progressivamente nos últimos anos. Este crescimento tem ocorrido sensivelmente na mesma proporção de crescimento da malha dos principais centros urbanos, situando-se já acima dos 40%. Mais de 70% das empresas deste setor estão ligadas ao comércio, tendo os serviços uma preponderante cobertura com os principais balcões bancários, e as mais importantes seguradoras, tal como uma boa presença de empresas de transportes, de serviços de saúde privados e públicos e uma notável rede escolar da pré-primária ao superior, com vários pólos de universidades privadas e seis escolas superiores do Instituto Politécnico de Leiria, nesta cidade, nas Caldas da Rainha e em Peniche. Também a imprensa, falada e escrita, tem no distrito delegações dos principais órgãos nacionais.

Infraestruturas[editar | editar código-fonte]

Relativamente ao transporte ferroviário o distrito é atravessado pela Linha do Oeste, estando previsto a modernização da linha ferroviária até Caldas da Rainha. O município de Pombal é servido pela Linha do Norte, a principal linha ferroviária portuguesa.

Quanto à rede viária, o distrito é cruzado pela A1 e pelo IC1. A8 e A17 até à cidade de Marinha Grande e A15 até à cidade de Caldas da Rainha.

As acessibilidades aos restantes municípios são facilitadas por IP e IC.

Existem ainda importantes portos de pesca em Peniche e na Nazaré, a cobertura em quase todos os municípios por parques industriais e pela rede de gás natural, estando a caminho da totalidade o abastecimento de água e o saneamento básico.

Política[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Ano % D % D % D % D % D % D % D % D % D % D % D % D % D % D % D % D
PPD/PSD PS CDS-PP PCP/APU/CDU MDP/CDE UDP AD FRS PRD PSN B.E. PAN PàF L CH IL
1975 35,6 5 33,2 5 6,8 1 6,4 3,4 1,1
1976 31,2 4 31,1 4 19,4 2 7,3 1 1,0
1979 AD 23,1 3 AD 10,8 1 APU 1,5 56,1 7
1980 FRS 9,7 1 1,0 59,7 7 22,7 3
1983 35,6 4 32,8 4 16,1 2 9,5 1 0,7
1985 38,4 5 19,4 2 12,1 1 8,1 1 0,9 15,4 2
1987 60,8 9 18,7 2 6,0 5,9 0,4 0,5 3,1
1991 61,2 7 23,0 3 4,8 4,5 0,6 1,4
1995 43,4 5 36,7 4 11,4 1 4,5 0,5
1999 42,6 5 36,8 4 9,9 1 5,3 0,3 1,7
2002 50,8 6 29,5 3 9,8 1 4,1 2,2
2005 39,8 5 35,6 4 8,9 1 4,6 5,5
2009 35,0 4 30,2 4 12,6 1 5,1 9,5 1
2011 47,0 6 20,7 3 12,8 1 5,0 5,4 1,2
2015 PàF 24,8 3 PàF 5,1 9,7 1 1,2 48,4 6 0,8
2019 33,5 5 31,1 4 5,3 4,3 9,4 1 2,9 0,9 1,5 0,9
2022 34,7 4 35,7 5 2,1 3,1 4,5 1,3 1,0 8,0 1 5,3

Deputados Eleitos pelo Distrito de Leiria[editar | editar código-fonte]

Eleição Deputados
1975 José Ferreira Júnior
(PPD)
Tomás Oliveira Dias
(PPD)
Abílio Freitas Lourenço
(PPD)
José Gonçalves Sapinho
(PPD)
João Manuel Ferreira
(PPD)
Jorge Campinos
(PS)
António Aires Rodrigues
(PS)
Luís Kalidás Barreto
(PS)
Vasco da Gama Fernandes
(PS)
Amílcar de Pinho
(PS)
Francisco de Oliveira Dias
(CDS)
1976 José Gonçalves Sapinho
(PPD)
Fernando Costa
(PSD)
João Manuel Ferreira
(PPD)
Vasco da Gama Fernandes
(PS)
Walter Rosa
(PS)
Rodolfo Crespo
(PS)
Telmo Ferreira Neto
(PS)
Francisco de Oliveira Dias
(CDS)
Rui Pena
(CDS)
Joaquim Gomes dos Santos
(PCP)
1979 Vítor Pereira Crespo
(PSD)
Francisco de Oliveira Dias
(CDS)
António Cardoso e Cunha
(PSD)
Luís Coimbra
(PPM)
Reinaldo Gomes
(PSD)
José Augusto da Silva Marques
(PSD)
António Maldonado Gonelha
(PS)
Rui Mateus
(PS)
Guilherme Gomes dos Santos
(PS)
1980 António Cardoso e Cunha
(PSD)
Fernando Costa
(PSD)
Francisco Menezes Falcão
(CDS)
Alfredo Barroso
(PS)
1983 José Augusto da Silva Marques
(PSD)
Reinaldo Gomes
(PSD)
Almerindo Marques
(PS)
Leonel de Sousa Fadigas
(PS)
João de Almeida Eliseu
(PS)
Hermínio Martins de Oliveira
(PS)
Miguel Anacoreta Correia
(CDS)
Francisco Menezes Falcão
(CDS)
1985 Mário Raposo
(PSD)
Licínio Moreira da Silva
(PSD)
Reinaldo Gomes
(PSD)
Belarmino Correia
(PSD)
Carlos Melancia
(PS)
Rui Vieira
(PS)
José Alberto Seabra
(PRD)
António Lopes Marques
(PRD)
Miguel Anacoreta Correia
(CDS)
1987 Vítor Pereira Crespo
(PSD)
João Poças Santos
(PSD)
José Lalanda Ribeiro
(PSD)
Maria Luísa Ferreira
(PSD)
Ercília Ribeiro da Silva
(PSD)
José Manuel Torres Couto
(PS)
Rui Vieira
(PS)
1991 Arlindo de Carvalho
(PSD)
Álvaro Laborinho Lúcio
(PSD)
João Poças Santos
(PSD)
Belarmino Correia
(PSD)
Fernando Costa
(PSD)
Elisa Damião Vieira
(PS)
Rui Vieira
(PS)
Júlio da Piedade Henriques
(PS)
1995 Álvaro Laborinho Lúcio
(PSD)
João Poças Santos
(PSD)
José Nunes Liberato
(PSD)
Maria Luísa Ferreira
(PSD)
Henrique Neto
(PS)
Rui Vieira
(PS)
Arnaldo Homem Rebelo
(PS)
Osvaldo de Castro
(PS)
Gonçalo Ribeiro da Costa
(CDS)
1999 Joaquim Ferreira do Amaral
(PSD)
Fernando Costa
(PSD)
Feliciano Barreiras Duarte
(PSD)
José António Silva
(PSD)
Maria Ofélia Moleiro
(PSD)
Eduardo Ferro Rodrigues
(PS)
Osvaldo de Castro
(PS)
Carlos Ascenso André
(PS)
Isabel Vigia
(PS)
Celeste Cardona
(CDS-PP)
2002 Feliciano Barreiras Duarte
(PSD)
José António Silva
(PSD)
Maria Ofélia Moleiro
(PSD)
Graça Proença de Carvalho
(PSD)
Paulo Baptista Santos
(PSD)
António Costa
(PS)
Osvaldo de Castro
(PS)
José Miguel Medeiros
(PS)
2005 Luís Pais Antunes
(PSD)
Mário David
(PSD)
Carlos Poço
(PSD)
Maria Ofélia Moleiro
(PSD)
Alberto Costa
(PS)
José Miguel Medeiros
(PS)
Odete João
(PS)
Osvaldo de Castro
(PS)
Teresa Caeiro
(CDS-PP)
2009 Teresa Morais
(PSD)
Fernando Marques
(PSD)
Paulo Baptista Santos
(PSD)
Maria Conceição Pereira
(PSD)
Luís Amado
(PS)
José Miguel Medeiros
(PS)
Odete João
(PS)
João Paulo Pedrosa
(PS)
Assunção Cristas
(CDS-PP)
Heitor de Sousa
(BE)
2011 Feliciano Barreiras Duarte
(PSD)
Paulo Baptista Santos
(PSD)
Pedro Pimpão
(PSD)
Basílio Horta
(PS)
Odete João
(PS)
Assunção Cristas
(CDS-PP)
2015 Feliciano Barreiras Duarte
(PSD)
Pedro Pimpão
(PSD)
Assunção Cristas
(CDS-PP)
Margarida Balseiro Lopes
(PSD)
José António Silva
(PSD)
Margarida Marques
(PS)
António Sales
(PS)
José Miguel Medeiros
(PS)
Heitor de Sousa
(BE)
2019 Margarida Balseiro Lopes
(PSD)
Hugo Patrício Oliveira
(PSD)
Pedro Roque
(PSD)
Olga Silvestre
(PSD)
João Gomes Marques
(PSD)
Raul Miguel de Castro
(PS)
Elza Pais
(PS)
João Paulo Pedrosa
(PS)
Ricardo Vicente
(BE)
2022 António Sales
(PS)
Eurico Brilhante Dias
(PS)
Catarina Sarmento e Castro
(PS)
Sara Velez
(PS)
Salvador Formiga
(PS)
Paulo Mota Pinto
(PSD)
Hugo Patrício Oliveira
(PSD)
Olga Silvestre
(PSD)
João Gomes Marques
(PSD)
Gabriel Mithá Ribeiro
(CH)

Património[editar | editar código-fonte]

Referências

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Distrito de Leiria

Ligações externas[editar | editar código-fonte]