Sebastian Thrun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sebastian Thrun (2013)

Sebastian Thrun (nascido em 1967 em Solingen, Alemanha) é um cientista da computação que trabalha para a Google.[1][2][3]

É o diretor da Stanford Artificial Intelligence Laboratory (SAIL) e professor da Stanford University.[4][5][6]

Também ajudou a criar o Stanley, um automóvel com direção automática.[7][8][9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. . Mpg.de http://www.mpg.de/1229446/Max_Planck_Research_Prize_2011  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. . Fastcompany.com http://www.fastcompany.com/most-creative-people/2011/sebastian-thrun-google  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. «DARPA Urban Challenge» (PDF). Darpa.mil 
  4. Robotic mapping: a survey by Sebastian Thrun in Nebel, Bernhard; Lakemeyer, Gerhard. Exploring Artificial Intelligence in the New Millennium (The Morgan Kaufmann Series in Artificial Intelligence) (em inglês). San Diego: Morgan Kaufmann, 2002. ISBN 1-55860-811-7
  5. Nigam, Kamal; Andrew Kachites (1 de maio de 2000). «Text Classification from Labeled and Unlabeled Documents using EM». Machine Learning (em inglês). 39 (2-3): 103-134. doi:10.1023/A:1007692713085. ISSN 0885-6125 
  6. «Google Scholar Citations». Sebastian Thrun (em inglês). Scholar.google.co.uk. Consultado em 5 de fevereiro de 2012 
  7. Markoff, John (9 de outubro de 2010). «Google Cars Drive Themselves, in Traffic» (em inglês). The New York Times 
  8. Salmon, Felix. «Udacity and the Future of Online Universities» (em inglês). Reuters. Consultado em 23 de janeiro de 2012 
  9. Thrun, S.; Burgard, W.; Fox, D.. Probabilistic Robotics (em inglês). [S.l.]: MIT Press, 2005. ISBN 0-262-20162-3

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sebastian Thrun
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.