Seriema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaSeriema
Seriema

Seriema
Estado de conservação
Status iucn2.3 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Cariamiformes
Família: Cariamidae

Bonaparte, 1850

Espécie: C. cristata
Distribuição geográfica
Seriemas.png
Gênero e espécie
  • Cariama
    • Cariama cristata

Seriemas (Cariama cristata) são aves da família Cariamidae, ordem Cariamiformes conhecidas popularmente como: sariema, seriema-de-pé-vermelho e siriema. O nome seriema deriva das palavras em Tupi "çaria" (= crista) mais "am" (= levantada). Seu nome científico significa: çariama= nome, provavelmente indígena para ave; e do latim cristata, cristatum = Crista, crista emplumada. (Cariama com crista).[1] As seriemas são os únicos membros vivos da pequena família de pássaros Cariamidae, que é também a única linhagem sobrevivente da ordem Cariamiformes. Anteriormente pensava-se ser relacionado aos gruiformes, mas são atualmente colocados perto dos falcões, dos papagaios e dos pássaros. Seus parentes mais próximos são os extintos pássaros do terror.[2][3]

Descrição[editar | editar código-fonte]

As seriemas são pássaros marrons acastanhados e têm cerca de 90 cm de comprimento, com longas pernas, pescoços e caudas, de assas curtas refletindo seu modo de vida. Eles forrageiam a pé e correm do perigo em vez de voar. Estão entre as maiores aves terrestres endêmicas dos Neotrópicos (apenas atrás de ásias)[4]

Seriema ou Siriema.
Seriema cantando

Comportamento[editar | editar código-fonte]

A seriema se alimenta de insetos, cobras, lagartos, rãs, aves jovens e roedores, com pequenas quantidades de alimento vegetal (incluindo milho e feijão). Eles costumam associar-se com pastagem de gado, provavelmente para pegar insetos que perturbam os animais. Quando os seriemas capturam pequenos répteis, eles batem a presa no chão (Redford e Peters, 1986)[5] ou jogam-na em uma superfície dura para quebrar a resistência e também os ossos. Se a presa é muito grande para engolir inteiro, ele será rasgado em pedaços menores, mata as presas com o bico, uma vez que os dedos são relativamente pequenos e sem garras.

Em contato com seres humanos, as seriemas são sempre suspeitos e se eles se sentem ameaçados, geralmente espalham suas asas e enfrentá-os. Eles caminham em pares ou em pequenos grupos. Embora perfeitamente capazes de voar, eles preferem passar a maior parte do tempo em terra. Eles só tomam voo quando necessário, de modo a escapar de um predador. Durante a noite eles se abrigam nas copas das árvores, onde também constroem seus ninhos.

Faz ninho desde a pouca altura do chão até a 4 ou 5 metros do solo; a árvore tende ser tal que permita a ascensão da ave, em saltos auxiliados por curtas esvoaçadas, até o ninho. Utiliza gravetos e galhos frágeis, forrando-o com estrume de gado, barro ou folhas secas. Põe 2 ovos branco-rosados, manchados de castanho. O casal alterna-se para chocar os ovos, período que dura entre 24 e 30 dias. O filhote nasce com uma penugem amarronzada, fina e longa na cabeça. Depois de duas semanas, abandona o ninho com os pais, levando cerca de 4 a 5 meses para adquirir a plumagem de adulto.

Dimorfismo sexual[editar | editar código-fonte]

Não há dimorfismo sexual referente ao tamanho (machos e fêmeas tem o mesmo porte e alturas médios) mas sim à cor, os machos são mais acinzentados que as fêmeas, e estas mais amareladas.

Vocalização[editar | editar código-fonte]

A vocalização, ou seja, o canto da Seriema é muito conhecido no cerrado e nas campinas e pode ser escutado a grandes distâncias essas superiores a 1 km. A vocalização é uma estrofe longa, estridente e aflautada, como uma risada contínua. Produz outras vocalizações do tipo: feitas durante a cópula, ao descansar e quando se alimenta. A cabeça e o pescoço acompanham numa perfeita sincronia (para cima e para baixo) o canto. A seriema é conhecida como meteorologista da fauna brasileira, pois costuma gritar quando está prevendo chuva. [6]

Distribuição Geográfica[editar | editar código-fonte]

São comuns em muitas áreas da América do sul ao Sul da Amazônia, a Seriema é encontrado em pastagens, cerrados e campinas do leste do Brasil, desde do estado do Ceará até o estado do Mato Grosso e leste da Bolívia, e ao sul para o Uruguai, Paraguai e Argentina Províncias de San Luis, La Pampa e Entre Rios. Na verdade, a Seriema de pernas vermelhas é um dos maiores pássaros no Centro do Brasil.[7]

Conservação[editar | editar código-fonte]

A respeito da Biologia da conservação da Biodiversidade e o que a ecologia trata vejamos o que dizem Begon et al. (2007) a respeito: " A Ecologia não trata a respeito dos sentimentos das pessoas sobre a natureza, embora os ecólogos possam ter fortes sentimentos sobre o que estudam... A ecologia na verdade é uma ciência que busca compreender onde os organismos são encontrados, quantos ocorrem em determinado local e por quê". Basicamente a ecologia busca compreender como são afetados os organismos pelo ambiente e como os organismos afetam o mesmo, e como as interações entre indivíduos e espécies geram distribuição e abundância dos organismos. Transformar conhecimento básico de ecologia em uma ciência aplicada como a conservação, nem sempre é fácil e simples. [8]

Mais importante do que saber quantas espécies ocorrem em uma localidade seria saber quais são essas espécies. Localidades com muitas espécies endêmicas (com distribuição geográfica restrita) possuem maior importância para a conservação que aquelas que contêm apenas espécies amplamente distribuídas.[9]

Conservar um organismo in situ significa mantê-lo em sua área de ocorrência natural, desenvolvendo estratégias para protege-lo, dentre elas, a criação de áreas legalmente protegidas.[9]

A Seriema de pernas vermelhas está atualmente listado como uma espécie de menor preocupação de acordo com a Lista Vermelha da IUCN. Este é um resultado de uma grande escala, bem como uma tendência de população estável. O tamanho da população nunca foi medido com precisão, mas não se acredita ser pequeno o suficiente para ser considerado vulnerável. Como resultado da combinação destes factores, a espécie é considerada como sendo de menor preocupação. Historicamente, a seriema de pernas vermelhas foi determinado como uma espécie de menor preocupação para todos os seis períodos de avaliação que teve desde 1988.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Home : Oxford English Dictionary». www.oed.com (em inglês). Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  2. Hackett, Shannon J.; Kimball, Rebecca T.; Reddy, Sushma; Bowie, Rauri C. K.; Braun, Edward L.; Braun, Michael J.; Chojnowski, Jena L.; Cox, W. Andrew; Han, Kin-Lan (27 de junho de 2008). «A phylogenomic study of birds reveals their evolutionary history». Science (New York, N.Y.). 320 (5884): 1763–1768. doi:10.1126/science.1157704. ISSN 1095-9203. PMID 18583609 
  3. Jarvis, Erich D.; Mirarab, Siavash; Aberer, Andre J.; Li, Bo; Houde, Peter; Li, Cai; Ho, Simon Y. W.; Faircloth, Brant C.; Nabholz, Benoit (12 de dezembro de 2014). «Whole-genome analyses resolve early branches in the tree of life of modern birds». Science (New York, N.Y.). 346 (6215): 1320–1331. doi:10.1126/science.1253451. ISSN 1095-9203. PMID 25504713 
  4. del Hoyo, J. Elliott; A. & Sargatal, J (1996). Handbook of the Birds of the world. 3. Hoatzin to Auks: Lynx Edicions 
  5. a b «Conservation - Red-legged Seriema (Cariama cristata) - Neotropical Birds». neotropical.birds.cornell.edu. Consultado em 16 de fevereiro de 2017 
  6. «Curiosidades da vida animal - Webanimal.com.br». www.webanimal.com.br. Consultado em 17 de fevereiro de 2017 
  7. Peters, Gustav (1986). «Notes on the biology and song of the red-legged seriema (Caiama Cristata)» (PDF). Journal of field ornithology. Consultado em 16 de fevereiro de 2017 
  8. Begon, M.; COLIN, R.; TOWSEND., C.R. & HARPER, J.L (2007). Ecologia, de Indivíduos a Ecossistemas. Porto Alegre: Artmed 
  9. a b PIRATELLI, A.J; FRANCISCO, M.R (2013). Conservação da biodiversidade: dos conceitos às ações. Rio de Janeiro: Technical Books. 46 páginas 
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.