Simon Gotch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Simon Gotch
Simon Gotch WrestleMania 32 Axxess.jpg
Gotch em abril de 2016
Informações pessoais
Nome completo John Smith[1]
Nascimento 18 de outubro de 1982 (35 anos)[1]
Hoboken, Nova Jérsei[1]
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Simon Gotch
Psycho Seth
Ryan Drago
Seth Lesser
Super Otaku[1]
Altura
anunciada
1 85 m[2]
Peso
anunciado
220 lb (100 kg)[2]
Anunciado
de
Arkham, Massachusetts[2]
Treinado
por
Donovan Morgan
Michael Modest
Ric Thompson
Daniel Bryan
Harley Race[2]
WWE Performance Center[3]
Estreia 2002

John Smith (Hoboken, 18 de outubro de 1982)[1] é um lutador americano de luta livre profissional. Ele é mais conhecido pela sua passagem na WWE e no seu território de desenvolvimento, o NXT, sob o nome de ringue Simon Gotch. Venceu o Campeonato de Duplas do NXT juntamente com Aiden English, que eram conhecidos coletivamente como The Vaudevillains.

Carreira na luta livre profissional[editar | editar código-fonte]

Circuito independente (2002–2013)[editar | editar código-fonte]

Smith competiu no circuito independente, aparecendo em promoções, como All Pro Wrestling, Pro Wrestling Guerrilla, Chikara e Full Impact Pro. Ele competiu como Ryan Drago, um personagem parecido com grapplers do início do século XX, como Georg Hackenschmidt.[1]

WWE[editar | editar código-fonte]

NXT (2013–2016)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Vaudevillains

Em junho de 2013, Smith assinou um contrato de desenvolvimento com a WWE e foi designado para o seu território de desenvolvimento, o WWE NXT, onde adotou o nome de ringue Simon Gotch (uma homenagem a Frank e Karl Gotch). Em junho de 2014, Gotch formou uma dupla com Aiden English conhecidos como The Vaudevillains. Eles fizeram sua estreia em ringue como uma equipe no episódio de 19 de junho do NXT, derrotando Angelo Dawkins e Travis Tyler. [4] Em agosto, os Vaudevillains participaram de um torneio para determinar os desafiantes ao Campeonato de Duplas do NXT, mas perderam para os The Lucha Dragons (Sin Cara e Kalisto) na final.[5] No NXT de 30 de outubro, eles ganharam uma battle royal de duplas para se tornarem os desafiantes pelos títulos.[6] Eles receberam a chance no NXT TakeOver: R Evolution contra os Lucha Dragons, mas não tiveram sucesso.[7]

Depois de um hiato, os Vaudevillians retornaram no NXT de 3 de junho de 2015, derrotando Jason Jordan e Marcus Louis.[8] No NXT de 8 de julho, eles derrotaram Enzo Amore e Colin Cassady para tornarem-se nos desafiantes pelo Campeonato de Duplas do NXT.[9] Os Vaudevillians receberam sua chance pelo título no NXT de 29 de julho, mas não foram bem sucedidos.[10] A dupla finalmente venceu os títulos no NXT TakeOver: Brooklyn, depois de derrotarem Blake & Murphy.[11] No NXT de 11 de novembro, os Vaudevillains perderam o título para Dash Wilder e Scott Dawson, terminando o seu reinado em 61 dias.[12] No NXT de 25 de novembro, eles perderam a revanche pelo título. No NXT de 23 de dezembro, os Vaudevillains competiram em uma luta de quatro duplas contra Blake e Murphy, The Hype Bros (Zack Ryder e Mojo Rawley) e Chad Gable e Jason Jordan, que foi ganha por estes últimos. No NXT de 16 de março de 2016, os Vaudevillains foram derrotados por Gable e Jordan, agora conhecidos como American Alpha, em uma luta pra determinar os desafiantes ao Título de Duplas do NXT.

Plantel principal (2016–2017)[editar | editar código-fonte]

The Vaudevillains (Gotch e Aiden English) em abril de 2016.

No Smackdown de 7 de abril, os The Vaudevillains estrearam no plantel principal derrotando os The Lucha Dragons (Kalisto e Sin Cara). No Raw de 11 de abril os Vaudevillains foram anunciados como uma das equipes a participar do torneio para determinar os desafiantes ao Campeonato de Duplas da WWE. No Smackdown de 14 de abril, eles derrotaram Goldust e Fandango nas quartas de final, no Raw de 18 de abril derrotaram os Usos nas semifinais e no Payback os Vaudevillains enfrentaram Enzo Amore e Big Cass, mas o combate foi interrompido pelo árbitro quando Simon Gotch jogou Amore na corda de baixo fazendo-o bater a cabeça e sofrer uma concussão. Na noite seguinte, os Vaudevillains foram anunciados como os desafiantes ao título.[13] No evento seguinte, Extreme Rules, os Vaudevillains foram derrotados pelos campeões Big E e Xavier Woods, representando os The New Day.[14] Eles tiveram uma revanche na noite seguinte, no Raw, mas perderam por desqualificação depois da interferência de Luke Gallows e Karl Anderson.[15] Os Vaudevillains competiram em uma luta de quatro duplas pelo Campeonato de Duplas da WWE no Money in the Bank, mas não conseguiram derrotar os campeões The New Day.[16]

Em 2017, após a Wrestlemania 33, a WWE liberou Gotch.[17]

Na luta livre[editar | editar código-fonte]

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f «Simon Gotch». The Internet Wrestling Database. Consultado em 22 de abril de 2015. 
  2. a b c d e f g h «Simon Gotch». WWE. Consultado em 27 de abril de 2015. 
  3. «Simon Gotch». Cagematch 
  4. a b James, Justin. «James's WWE NXT Report 6/19». Pro Wrestling Torch. Consultado em 20 de junho de 2014. 
  5. James, Justin (4 de setembro de 2014). «James's WWE NXT Report 9/4». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de setembro de 2014. 
  6. Melok, Bobby (30 de outubro de 2014). «WWE NXT results – Oct. 30, 2014: Sami Zayn tries to take down Titus O'Neil, tag teams battle for title opportunity». WWE. Consultado em 14 de novembro de 2014. 
  7. Clapp, John (11 de dezembro de 2014). «WWE NXT TakeOver: R Evolution results». WWE. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  8. Trionfo, Richard (3 de junho de 2015). «WWE NXT REPORT: NXT TITLE MATCH ANNOUNCED FOR JAPAN, RHYNO VERSUS BALOR, SASHA BANKS VIDEO PACKAGE, A TAG TEAM RETURNS». PWInsider. Consultado em 4 de junho de 2015. 
  9. Trionfo, Richard (8 de julho de 2015). «WWE NXT REPORT: HIGHLIGHTS OF OWENS/BALOR, THE BFFs ARE BACK FOR ONE NIGHT, WHO ARE THE NUMBER ONE CONTENDERS FOR THE TAG TITLES?». PWInsider. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  10. «WWE NXT RESULTS 7/29: Blake & Murphy defend NXT Tag Titles, Kevin Owens "fined," Charlotte in action, Jesse Sorensen, more». Pro Wrestling Torch. 29 de julho de 2015. Consultado em 3 de agosto de 2015. 
  11. Scherer, Dave (22 de agosto de 2015). «Ongoing NXT TakeOver: Brooklyn Blog». PWInsider. Consultado em 22 de agosto de 2015. 
  12. Johnson, Mike. «WWE NXT SPOILER FROM ONGOING TAPINGS». PWInsider.com. Consultado em 23 de outubro de 2015. 
  13. Mrosko, Geno. «WWE Extreme Rules 2016: New Day vs. The Vaudevillains tag team title match official». Cageside Seats. Consultado em 2 de maio de 2016. 
  14. Mueller, Chris. «WWE Extreme Rules 2016 Results: Live Reaction and Review». Consultado em 23 de maio de 2016. 
  15. Caldwell, James (30 de maio de 2016). «5/30 WWE Raw Results – CALDWELL'S Ongoing Live TV Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 30 de maio de 2016. 
  16. Caldwell, James (19 de junho de 2016). «6/19 WWE MITB PPV Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de junho de 2016. 
  17. «Simon Gotch of The Vaudevillains released by WWE after WrestleMania 33». CBS Sports. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  18. Gotch, Simon (2 de abril de 2015). «Simon Gotch on Twitter». Twitter. Consultado em 27 de abril de 2015.. The Gentleman's Clutch, a bridging Cobra clutch facelock suplex. 
  19. Ford, Kevin. «CHIKARA King of Trios 2009, Night Three». 411Mania.com. Consultado em 4 de julho de 2015. 
  20. «THE VAUDEVILLAINS HIT THE GENTLEMANS CONGRESS TO WIN». WWE Network. 23 de outubro de 2014. Consultado em 17 de novembro de 2015. 
  21. Killam, Mike. «7/15 WWE NXT Results: Sasha Banks vs. Charlotte Women's Title Match, Sami Zayn Returns to Address Injury, Samoa Joe in Action». Wrestle Zone. Consultado em 30 de julho de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Simon Gotch