Sionistas Gerais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sionistas Gerais
הַצִיּוֹנִים הַכְּלָלִיים
Fundador Yehoshua Sofersky
Fundação 1922
Dissolução 1961
Sede Tel Aviv,  Israel
Ideologia Conservadorismo liberal
Liberalismo clássico
Liberalismo económico
Anti-socialismo
Sionismo
Espectro político Centro-direita
Publicação HaBroker
Sucessor Partido Liberal

Os Sionistas Gerais (em hebraico: הַצִיּוֹנִים הַכְּלָלִיים ou HaTzionim HaKlaliym) foi um partido político de Israel, que existiu até 1961[1].

O partido foi fundado em 1922, e, após a criação do Estado de Israel, em 1948, tornou-se um dos maiores partidos de oposição à hegemonia do Mapai, partido de centro-esquerda[2].

Os Sionistas Gerais eram um partido que procurava unir o eleitorado de classe média, em torno de um forte anti-socialismo, defesa do mercado livre e da propriedade privada, a não intervenção do Estado na economia e o liberalismo económico[3].

Em 1961, o partido juntou-se ao Partido Progressista para dar origem ao Partido Liberal[4].

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Data Votos % +/- Deputados +/- Status
1949 22 661 5,2 (5.º)
7 / 120
Oposição
1951 111 394 16,2 (2.º) Aumento11,0
20 / 120
Aumento13 Oposição
1955 87 099 10,2 (3.º) Baixa6,0
13 / 120
Baixa7 Oposição
1959 59 700 6,2 (5.º) Baixa4,0
8 / 120
Baixa5 Oposição

Referências

  1. Peretz, Don (1 de janeiro de 1994). The Middle East Today (em inglês). [S.l.]: Greenwood Publishing Group. ISBN 9780275945763 
  2. Peretz, Don (1 de janeiro de 1994). The Middle East Today (em inglês). [S.l.]: Greenwood Publishing Group. ISBN 9780275945763 
  3. Peretz, Don (1 de janeiro de 1994). The Middle East Today (em inglês). [S.l.]: Greenwood Publishing Group. ISBN 9780275945763 
  4. Peretz, Don (1 de janeiro de 1994). The Middle East Today (em inglês). [S.l.]: Greenwood Publishing Group. ISBN 9780275945763