Sonho de Valsa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura o filme de Ana Carolina, veja Sonho de Valsa (filme).
Sonho de Valsa
Sonho de Valsa
Sonho de valsa
Empresa Lacta
País  Brasil
Criado 1938
Site Sonho de Valsa

Sonho de Valsa é um bombom brasileiro criado pela empresa de alimentos Lacta, em 1938.[1]

É um dos mais famosos bombons do Brasil, a maior parte das vendas são feitas no pequeno varejo, por comerciantes que compram o produto em pacotes e vendem por unidade.[2]

História[editar | editar código-fonte]

O Sonho de Valsa foi criado pela Lacta em 1938, quando era vendido em quilos em bombonièressofisticadas e durante quatro anos foi consumido apenas por mulheres.[3][4]

Em 1942, o tamanho do chocolate foi aumentado e começou a ser comercializado individualmente em bares e armazéns.[5]

A divisão de alimentos Kraft Foods comprou a Lacta no ano de 1996, e passou a investir em outros formatos comerciais para a marca.[6][7] Segundo a Kraft, o Sonho de Valsa é o bombom mais conhecido e consumido no Brasil.[3]

Embalagem[editar | editar código-fonte]

A embalagem sofreu poucas alterações em décadas.[3] Traz hoje um papel cor de rosa, com a ilustração de um casal dançando e, nas laterais, a escala musical de uma valsa de Johann Strauss Jr, o compositor da famosa Danúbio Azul.[8][9] Porém, até o início da produção de papel celofane colorido no Brasil, Sonho de Valsa era embrulhado em papel de cor vermelha e recoberto por celofane transparente.[5] Um selo preto com o nome do produto e com o desenho de um violão completavam a primeira embalagem do bombom.[5]

Em 2011, a embalagem foi alterada para ter um fechamento com uma cola especial, evitando a entrada de umidade e aumentando a durabilidade do bombom, evitando ficar murcho.[10] Com a mudança foi retirada a dupla embalagem de alumínio e de película de polipropileno e substituída por um invólucro único de material metalizado.[10] Este material metalizado é semelhante ao utilizado no ovo de Páscoa, deixando o chocolate crocante por mais tempo, principalmente em regiões de clima mais quente.[10] As cores e desenhos da embalagem, entretanto, permaneceram inalteradas.[11]

Houve uma substituição da fórmula da cobertura do Sonho de Valsa tradicional, passando de "cobertura de chocolate" para "cobertura sabor chocolate".[12]

Após a aquisição da Lacta pela Kraft Foods (atual Mondelez), Sonho de Valsa deixou de ser apenas um bombom para tornar-se uma marca de produtos.[13][14] Percebendo o grande apelo do produto entre os consumidores, foram criados diversos sabores e formatos diferentes. Atualmente é comercializado em várias embalagens, dentre elas o pacote com cinco bombons (105g), o pacote de um quilo, as latas colecionáveis, as embalagens em formato de coração e mini bombons em embalagens presenteáveis.[15][16]

Ovo de páscoa[editar | editar código-fonte]

Ovo de páscoa de Sonho de Valsa

No feriado de Páscoa, feriado religioso onde comemora-se a ressureição de Jesus Cristo, a Lacta produz um ovo de páscoa de Sonho de Valsa.[15][17]

Tem-se o hábito de dar chocolate em comemoração em formato de ovo, pois, o ovo simboliza a vida e o nascimento.[18][19][20]

Sabores[editar | editar código-fonte]

Além do tradicional Sonho de Valsa ao Leite, também foram editadas outras versões como o Sonho de Valsa Branco, o Sonho de Valsa Trufa, Sonho de Valsa Trufa Branca e Preta e a com recheio de morango.[21][22][23]

O Sonho de Valsa Branco foi lançado em 2003 e também uma mini barra com três bombons, o sonho de Valsa Mais, foi lançado em 2004.[24][25]

No ano de 2017, foi lançada no formato de barra em noventa gramas.[26]

Fabricação[editar | editar código-fonte]

A farinha juntamente com outros ingredientes forma uma massa que será a casquinha waffer e é a mesma utilizada para a composição do Bis e Lancy.[27][3] Essa massa é colocada em um molde que tem o formato de dezenas de metades de bombons.[5] Depois de receberem o recheio (com amendoim, castanha e outros ingredientes), os moldes são ligados dois a dois.[3] Após isso, o bombom recebe três coberturas: uma de chocolate amargo e duas de chocolate ao leite.[28]

Todo o processo é automatizado, sendo que algumas etapas são feitas por funcionários:

  • verificação se o bombom está fechado antes de ser colocado nos sacos plásticos
  • avaliação sensorial dos produtos: consiste em degustar uma amostra para verificar se existe variação de sabor ou textura
  • análise laboratorial: para checar variações químicas e biológicas

Se for encontrada alguma falha nas análises sensoriais ou laboratoriais, o lote inteiro é descartado.[3]

Referências

  1. Garcia, Roosevelt (9 de novembro de 2017). «Dez chocolates inesquecíveis | Memória». VEJA SÃO PAULO. Consultado em 6 de abril de 2021 
  2. G1, Darlan AlvarengaDo; Paulo, em São (19 de abril de 2011). «Contra calor e umidade, Sonho de Valsa ganha embalagem lacrada». Negócios. Consultado em 20 de março de 2021 
  3. a b c d e f Freitas, Aiana (5 de setembro de 2012). «Sonho de Valsa é o mesmo há quase 75 anos; veja como é fabricado». UOL. Consultado em 6 de abril de 2021 
  4. Rossi, Jéssica (31 de agosto de 2018). «A estratégia da marca Sonho de Valsa no Facebook - um estudo de caso». Faculdades Integradas de Bauru. Consultado em 6 de abril de 2021 
  5. a b c d «Sonho de Valsa». Guia dos Curiosos. 24 de abril de 2019. Consultado em 20 de março de 2021 
  6. Gamez, Milton (30 de abril de 1996). «Controle da Lacta muda de mãos». Folha de S. Paulo. Consultado em 6 de abril de 2021 
  7. «Kraft uses Lacta model to boost growth in emerging markets». Gulf News (em inglês). 9 de fevereiro de 2012. Consultado em 6 de abril de 2021 
  8. Medeiros, Luciana (17 de fevereiro de 2017). «Os 150 anos da première de 'Danúbio Azul': a valsa das valsas, de Johann Strauss II». Tutti Clássicos. Consultado em 6 de abril de 2021 
  9. Manfrinato, Ana (2019). «Aspectos intertextuais, formais e de humor nas Valsas Humorísticas de Alberto Nepomuceno» (PDF). Universidade de São Paulo. Consultado em 6 de abril de 2021 
  10. a b c Alvarenga, Darlan (19 de abril de 2011). «Contra calor e umidade, Sonho de Valsa ganha embalagem lacrada». Negócios. G1. Consultado em 6 de abril de 2021 
  11. «Contra calor e umidade, Sonho de Valsa ganha embalagem lacrada». G1. 19 de abril de 2011 
  12. caixa de Bombons "GRANDES VARIEDADES" Lote Nº CC26016232 A, com validade até 30/04/2017.
  13. Ayres, Marcela (22 de março de 2012). «Kraft Foods passará a se chamar Mondelez». Exame. Consultado em 6 de abril de 2021 
  14. Hammond, Ed (26 de março de 2015). «Como a fusão Kraft-Heinz foi fechada em apenas 10 semanas». UOL. Consultado em 6 de abril de 2021 
  15. a b Nádia (16 de fevereiro de 2016). «Ovo Recheado Sonho de Valsa – Lacta». Kitchen for Dummies. Consultado em 6 de abril de 2021 
  16. «Sonho de Valsa lança edição especial inspirada em lugares românticos». Administradores.com. 24 de julho de 2012. Consultado em 6 de abril de 2021 
  17. «Review: melhor ovo de páscoa 2016». Danielle Noce. 8 de março de 2016. Consultado em 6 de abril de 2021 
  18. Fraccalvieri, Bianca (4 de abril de 2021). «Papa: Em meio a guerras e pandemia, o Ressuscitado é a esperança - Vatican News». Vatican News. Consultado em 6 de abril de 2021 
  19. «Páscoa e o significado de presentear com chocolate». NSC Total. 4 de abril de 2021. Consultado em 6 de abril de 2021 
  20. Editors, History (27 de outubro de 2019). «Easter Symbols and Traditions». History (em inglês). Consultado em 6 de abril de 2021 
  21. «Chega ao mercado o novo Sonho de Valsa Trufa Branca e Preta | Guia da Culinária». Guia da Culinária. 2 de julho de 2010. Consultado em 6 de abril de 2021 
  22. «Lacta lança novo Sonho de Valsa trufa branca e preta». BaresSP. 29 de Junho de 2010. Consultado em 6 de abril de 2021 
  23. «Doces e guloseimas que saíram de linha e deixaram saudades». BOL. UO. 31 de março de 2016. Consultado em 6 de abril de 2021 
  24. «Novo Sonho de Valsa Trufa Branca e Preta». Giro News. 29 de junho de 2010. Consultado em 6 de abril de 2021 
  25. «NOVO Sonho de Valsa em Barrinha - Lacta - Chocolate Review #126». Review Chocolate. 29 de julho de 2016. Consultado em 6 de abril de 2021 
  26. Ferreira, Matheus (18 de maio de 2017). «Lacta apresenta novo Sonho de Valsa em barra de 90g». GKPB - Geek Publicitário. Consultado em 6 de abril de 2021 
  27. «Sonho de Valsa é o mesmo há quase 75 anos; veja como é fabricado». Universidade Federal de Goiás. Consultado em 6 de abril de 2021 
  28. «Veja como é feito o bombom Sonho de Valsa». Gazeta do Povo. 13 de novembro de 2016. Consultado em 6 de abril de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]