Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Dr. Jekyll and Mr. Hyde.
Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde
O Estranho Caso de Dr.Jekyll e Mr. Hyde (PT)
O Médico e o Monstro (BR)
Capa da primeira edição londrina, publicada em 1886.
Autor(es) Robert Louis Stevenson
Idioma Inglês
País  Reino Unido
Gênero Gótico, Terror
Editora Longman
Lançamento 5 de janeiro de 1886
ISBN 0-553-21277-X

Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde (br: O Médico e o Monstro / pt: O Estranho Caso de Dr. Jekyll e Mr. Hyde) é uma novela gótica, com elementos de ficção científica e terror, escrita pelo autor escocês Robert Louis Stevenson e publicada originalmente em 1886. Na narrativa, um advogado londrino chamado Gabriel John Utterson investiga estranhas ocorrências entre seu velho amigo, Dr. Henry Jekyll, e o malvado Edward Hyde.

A obra é conhecida por sua representação vívida do fenômeno de múltiplas personalidades, quando em uma mesma pessoa existem tanto uma personalidade boa quanto má, ambas muito distintas uma da outra. O impacto do romance foi tal que se tornou parte do jargão inglês, com a expressão "Jekyll e Hyde" usada para indicar uma pessoa que age de forma moralmente diferente dependendo da situação.[1]

Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde foi um sucesso imediato e uma das obras mais vendidas de Stevenson. Adaptações teatrais começaram a ser encenadas em Londres um ano após seu lançamento, e a partir de então o livro inspirou a realização de diversos filmes e peças O aclamado autor de literatura de terror Stephen King considerou a obra como um dos três grandes clássicos do gênero, sendo os outros dois Frankenstein e Drácula.[2] A obra está em domínio público e está disponível gratuitamente na Internet em língua inglesa.[3][4]

Resumo da trama[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em Londres, durante um passeio, Richard Enfield narra a seu parente, o advogado Gabriel John Utterson, um estranho encontro com uma figura sinistra chamada Mr. Hyde. Utterson se preocupa, pois recentemente seu cliente, o respeitável médico Dr. Henry Jekyll, tornou Hyde o beneficiário de seu testamento. Alguns dias depois, o advogado consegue se encontrar com Hyde e fica impressionado com sua feiura. Após um jantar em casa de Jekyll, Utterson discute o assunto com o médico, mas este garante que está tudo sob controle e não precisa se preocupar.

Um ano depois Hyde espanca um homem até a morte com uma bengala que Utterson presenteara a Jekyll. Acontecimentos estranhos se sucedem, culminando com a reclusão de Jekyll em seu laboratório. O mordomo pede socorro a Utterson, e os dois arrombam a porta do laboratório. Lá encontram o corpo de Hyde usando as roupas de Jekyll e uma carta deste explicando todo o mistério.

Na carta, Jekyll explica que, na tentativa de separar seu lado bom dos impulsos mais sombrios, descobriu uma poção que o transforma periodicamente numa criatura sem quaisquer escrúpulos, Mr. Hyde. No início, Jekyll se deleitava com a liberdade moral que tal ser possuía, mas, com o tempo, ele perdeu o controle sobre as transformações. O estoque da poção se esgotou, ele não estava conseguindo obter o ingrediente certo para recriá-la, e o médico sabia que da próxima vez em que se transformasse no monstro não haveria mais volta.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Mary Reilly (adaptação de The Strange Case of Dr. Jekyll and Mr. Hyde)

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.