Strikeforce: Evolution

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Strikeforce: Evolution
StrikeforceEV.jpg
Detalhes
Promoção Strikeforce
Data 02009-12-19 19 de dezembro de 2009
Local HP Pavilion
Cidade Estados Unidos San Jose, California
Público 14,749[1]
Arrecadado $633,675
Cronologia
Strikeforce Challengers: Woodley vs. Bears Strikeforce: Evolution Strikeforce: Miami

Strikeforce: Evolution foi um evento de artes marciais mistas promovido pelo Strikeforce, ocorrido em 02009-12-19 19 de dezembro de 2009 no HP Pavilion em San Jose, California. O evento foi transmitido ao vivo na Showtime para os EUA,[2] e no SuperChannel no Canadá.[3]

Background[editar | editar código-fonte]

Robbie Lawler era esperado para enfrentar Benji Radach no card, porém Radach não foi capaz de ser liberado medicalmente para começar a treinar a tempo para a luta.[4] Radach foi substituído por Trevor Prangley; porém, Prangley sofreu uma lesão no joelho enquanto treinava para a luta e teve que se retirar da luta.[5] Em 16 de Dezembro, foi anunciado que Lawler não iria lutar no card porque não acharam um substituto para enfrentá-lo.[6]

O estreante do Strikeforce Bryan Travers era esperado para enfrentar Daisuke Nakamura, mas foi forçado a se retirar da luta devido a uma lesão desconhecida.[7] Justin Wilcox tomou seu lugar no card.[8]

A luta entre Bobby Stack vs. David Douglas foi cancelada. Douglas, que aceitou a luta com semanas de antecedência, teria tido dificuldades em seu corte de peso e foi hospitalizado após ter sintomas de gripe.[9]

O evento acumulou um recorde de aproximadamente 341,000 telespectadores na Showtime.[10]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Card Principal (Showtime)
Categoria Vencedor Perdedor Método Round Tempo Notas
Médios Estados Unidos Scott Smith derrotou Vietnã do Sul Cung Le Nocaute Técnico (socos) 3 3:25
Leves Estados Unidos Gilbert Melendez derrotou Estados Unidos Josh Thomson Decisão Unânime (49-47, 49-46 e 49-46) 5 5:00 Pelo Cinturão Peso Leve do Strikeforce.
Médios Brasil Ronaldo Souza derrotou Estados Unidos Matt Lindland Finalização (triângulo de braço) 1 4:18
Pesados Estados Unidos Muhammed Lawal derrotou Estados Unidos Mike Whitehead Nocaute (socos) 1 3:08
Card Preliminar
Meio Pesados Estados Unidos Antwain Britt derrotou Estados Unidos Scott Lighty Nocaute Técnico (interrupção médica) 1 5:00
Leves Estados Unidos Justin Wilcox derrotou Japão Daisuke Nakamura Decisão Unânime (30-27, 29-28 e 30-27) 3 5:00
Penas Brasil Alexandre Crispim derrotou Estados Unidos A.J. Fonseca Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27) 3 5:00

Pagamento revelado[editar | editar código-fonte]

O seguinte é o pagamento para os lutadores como comunicado pela Comissão Atlética do Estado da California. Isso não inclui dinheiro de patrocinadores ou bônus de "vestiário" as vezes dado pelo Strikeforce.[11]

  • Scott Smith: ($55,000, sem bônus de vitória) derrotou Cung Le: ($150,000)
  • Gilbert Melendez: ($55,000, sem bônus de vitória) derrotou Josh Thomson: ($30,000)
  • Ronaldo Souza: ($65,000 incluindo $10,000 bônus de vitória) derrotou Matt Lindland: ($50,000)
  • Muhammed Lawal: ($20,000 includes $10,000 bônus de vitória) derrotou Mike Whitehead: ($30,000) ^
  • Antwain Britt: ($10,000 incluindo $5,000 bônus de vitória) derrotou Scott Lightly: ($5,000)
  • Justin Wilcox: ($5,000, sem bônus de vitória) derrotou Daisuke Nakamura: ($200)
  • Alexander Crispim: ($4,000 incluindo $2,000 bônus de vitória) derrotou AJ Fonseca: ($2,000)

^ Muhammed Lawal foi penalizado com 10 porcento de sua bolsa por espalhar o energético dos patrocinadores pelo cage. A CSAC inicialmente não incluiu informações sobre a penalização.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]