Subida de Pikes Peak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Percurso da Prova
Randy Schranz a competir na 85ª edição da prova, em 2007.

A Subida de Pikes Peak, oficialmente Pikes Peak International Hill Climb (PPIHC), também conhecida como A Corrida às nuvens (em inglês: The Race to the clouds), é uma competição de subida de montanha. Acontece anualmente desde 1916, no Pico Pikes, Colorado Springs, Estados Unidos.

O percurso tem uma distância de 19,99 km (12,42 milhas) ao longo de 156 curvas , vencendo um desnível de 1.440 m , desde a partida, na 7ª Milha da Auto-Estrada Pikes Peak, até à meta situada a 4.300 m de altitude, com uma inclinação média de 7%. A prova alternava entre troços em terra e asfalto, porém a partir de Agosto de 2011, com a nova pavimentação, o percurso passou a ser totalmente em asfalto.

O recorde global é detido por Sébastien Loeb , que registou um tempo de 8 minutos 13,878 segundos em 30 de junho de 2013 dirigindo o Peugeot 208 T16 Pikes Peak com 875 Cavalo-vapor, quebrando o recorde anterior ( definido em 2011 por Nobuhiro Tajima ) por mais de um minuto e meio. O primeiro Troféu Penrose foi concedido em 1916 para Rea Lentz com um tempo de 20:55.60 .

A corrida pertence ao calendário Internacional da FIA, sendo o segundo evento de automobilismo mais antigo nos Estados Unidos da América. Hoje é contestada por uma variedade de classes de carros, camiões, motos e quad's. Em média, participam 150 concorrentes.

História[editar | editar código-fonte]

A primeira edição do Pikes Peak Hill Climb foi promovida pelo empresário Spencer Penrose . Penrose tinha acabado de fazer o alargamento da estrada estreita para a mais ampla " Pikes Peak Highway". Ele decidiu incentivar os turistas a visitar , criando uma corrida para as nuvens.

A mais antiga classe atual é a divisão de monolugares que ocorre desde 1916 e foi ganha por nomes como Mario Andretti , Al Unser , Bobby Unser , e Robby Unser ( o detentor do recorde atual da classe , com 10 minutos 5,85 segundo em 1994) . Em 4 de julho de 1966, Bobby Unser venceu o evento global pela a oitava vez em dez anos. O evento fez parte do Campeonato de IndyCar da AAA e USAC entre 1946 e 1970 .

Em 1984, os primeiros pilotos europeus participaram na prova com o piloto norueguês de ralicross Schanche Martin (Ford Escort Mk3 4x4) e a piloto francesa de rali Michèle Mouton (Audi Sport quattro ) , iniciando assim uma nova era para os pilotos europeus na quase desconhecida rampa americana. Enquanto Schanche não conseguiu estabelecer um novo recorde, devido a um furo no pneu dianteiro direito, Mouton (juntamente com a sua co-piloto italiana Fabrizia Pons com quem fazia equipa no Campeonato Mundial de Rally ) venceu a categoria Rally Open, mas também não conseguiu quebrar o atual recorde global da prova.

Em 2011 realizou-se a última corrida de Pikes Peak Hill Climb com secções em terra, cerca de 30% do percurso, devido a um processo movido pelo Sierra Club para pavimentar o caminho todo até ao cume. O projeto de pavimentação foi concluído em Agosto desse ano.

Em 2013 foi ultrapassada a barreira dos nove minutos, pela lenda do WRC Sébastien Loeb, com um tempo de 8:13.878, enquanto Rhys Millen acabou em segundo com 9:02.192, batendo o seu próprio recorde por mais de 44 segundos. Jean-Philippe Dayrault terminou em terceiro com o tempo de 9:42.740, e Paul Dallenbach quarto lugar, com um tempo de 9:46.001, tendo os quatro pilotos batido o recorde estabelecido apenas no ano anterior.

Recordes[editar | editar código-fonte]

Nobuhiro Tajima's Suzuki SX4 durante o seu record de 9:51 run em 2011
Ralph Murdock batendo o recorde para carros antigos modificados (RMVR modified) com o tempo de 12:51.004 num Chevrolet Camaro de 1970
Carros (4 rodas)[1]
Divisão Classe Ano Nome Veículo Tempo
Elétrico Modificado 2015 Rhys Millen e0 PP03 9:07.222
Production 2014 Roy Richards 2012 Honda Fit 12:55.591
Pikes Peak Challenge Exibição 2015 Tetsuya Yamano Honda Electric SH-AWD with Precision All-Wheel Steer 10:23.829
Fórmulas 2015 Paul Dallenbach PVA Dallenbach Special 9:36.496
Pikes Peak Open 2012 Romain Dumas 2012 Porsche GT3 R 9:46.181
Clássicos 2014 Ralf Christensson 1967 Ford Mustang GT350 10:46.000
Time Attack Time Attack 1 2013 Paul Dallenbach Hyundai Genesis Coupé 9:46.001
Time Attack 2 Produção 2015 David Donner 2014 Porsche 911 Turbo S 10:26.896
Unlimited 2013 Sébastien Loeb Peugeot 208 T16 Pikes Peak 8:13.878
Novos Recordes de 2015 a vermelho.
Motos (2 rodas)
Divisão Classe Ano Nome Veículo Tempo
Pikes Peak Lightweight 2015 Codie Vahsholtz 2006 KTM SMR 10:50.421
Pikes Peak Middleweight 2014 Eric Piscione 2013 Ducati Streetfighter 10:46.159
Pikes Peak Heavyweight (Open) 2014 Jeremy Toye 2013 Kawasaki Ninja ZX-10R 9:58.687
Motos elétricas Modificadas 2013 Carlin Dunne 2013 Lightning Motorcycle LS-218 electric Superbike 10:00.694
Produção 2014 Jeff Clark 2013 Zero FX 11:59.814
Pikes Peak Challenge Motorcycle Pikes Peak 250cc 2013 Codie Vahsholtz 1996 Kawasaki KX 250 11:24.792
Quads 2013 Michael Coburn 2013 Walsh 450R 11:24.792
Sidecar 2013 Wade Boyd/Christine Blunck 2006 Suzuki GSXR 11:26.987
Clássicos 2012 Marc LaNoue 1969 Triumph Bonneville 12:39.782
Novos Recordes de 2015 a vermelho.

Vencedores Classe Unlimited[editar | editar código-fonte]

Ari Vatanen no Peugeot 405 T16 em 1988
Rod Millen no Pikes Peak Toyota Tacoma
Ano Vencedor Carro Tempo
1981 Estados Unidos Bud Hoffpauir Wells Coyote Special Roadster 13:10.100
1982 Estados Unidos John Buffum Audi Quattro 12:20.520
1983 Estados Unidos John Buffum Audi Quattro 12:27.910
1984 França Michèle Mouton Audi Sport Quattro 12:10.380
1985 França Michèle Mouton Audi Sport Quattro 11:25.390
1986 Estados Unidos Bobby Unser Audi Sport Quattro S1 E2 11:09.220
1987 Alemanha Walter Röhrl Audi Sport Quattro S1 E2 10:47.850
1988 Finlândia Ari Vatanen Peugeot 405 Turbo 16 10:47.220
1989 Estados Unidos Robby Unser Peugeot 405 Turbo 16 10:48.340
1992 Japão Nobuhiro Tajima Suzuki Swift 12:51.630
1993 Japão Nobuhiro Tajima Suzuki Swift 10:44.220
1994 Nova Zelândia Rod Millen Toyota Celica AWD Turbo 10:04.060
1995 Japão Nobuhiro Tajima Suzuki Escudo 7:53.000*
1996 Nova Zelândia Rod Millen Toyota Celica 10:13.640
1997 Nova Zelândia Rod Millen Toyota Celica 10:04.540
1998 Nova Zelândia Rod Millen Toyota Tacoma 10:07.700
1999 Nova Zelândia Rod Millen Toyota Tacoma 10:11.150
2000 Suécia Per Eklund Saab 9-3 11:21.580
2001 Japão Yutaka Awazuhara Suzuki Vitara 11:01.770
2002 Suécia Per Eklund Saab 9-3 11:13.200
2004 Suécia Stig Blomqvist Ford RS200E 5:16.800*
2005 Japão Koichi Horiuchi Mitsubishi FTO 11:34.570
2006 Japão Nobuhiro Tajima Suzuki Sport 7:38.900*
2007 Japão Nobuhiro Tajima Suzuki XL7 10:01.408
2008 Japão Nobuhiro Tajima Suzuki Sport Co. Ltd. XL7 10:18.250
2009 Japão Nobuhiro Tajima Suzuki SX4 10:15.368
2010 Japão Nobuhiro Tajima Suzuki SX4 10:11.490
2011 Japão Nobuhiro Tajima Suzuki SX4 9:51.278
2012 Estados Unidos David Donner Palatov D4PPS 10:04.652
2013 França Sébastien Loeb Peugeot 208 T16 8:13.878
2014 França Romain Dumas Norma M20 RD 9:05.801
2015 Alemanha Dominic Dobson Radical SR8 10:15.289

*Percurso encurtado

Ligações externas[editar | editar código-fonte]