Tahine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frasco de tahine.

Tahine, Tahin ou Tahini é uma pasta feita de sementes de gergelim (sésamo) muito usada na cozinha do Oriente Médio, sendo usado como complemento de muitos pratos árabes e também doces. É a maior fonte de cálcio que existe, depois das algas.

A primeira menção conhecida do Tahini provém do século XIII, como ingrediente de uma receita de Hummus Kasa, no livro de receitas árabe Kitab Wasf al-Atima al-Mutada,[1] .

Informação Nutricional[editar | editar código-fonte]

Tahini é, depois das algas, a maior fonte de cálcio que existe [2] [3] , excelente fonte de proteína, fibras, cobre, manganês e o aminoácido metionina.[4] Tahini é uma fonte dos saudáveis ómega-3 e omega-6.[5]

Tahini feita a partir de sementes de gergelim cru é mais baixa em gordura do que tahini feita a partir de sementes torradas.[6] [7]

Em comparação com a manteiga de amendoim, tahini tem níveis mais elevados de fibra e cálcio e os níveis mais baixos de açúcar e de gorduras saturadas.[8]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.