Tamagnini de Abreu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde dezembro de 2009).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Tamagnini de Abreu
Tamagnini de Abreu em 1917.
Nome completo Fernando Tamagnini de Abreu e Silva
Nascimento 13 de maio de 1856
Tomar, Reino de Portugal Portugal
Morte 24 de novembro de 1924 (68 anos)
Lisboa,  Portugal
País Portugal
Força Exército Português
Anos em serviço 1829–1861 ()
1861–1865 ()
Hierarquia General
Batalhas/Guerras Primeira Guerra Mundial


Tamagnini de Abreu
General Tamagnini de Abreu, em retrato de Ferreira da Costa
Nome completo Fernando Tamagnini de Abreu e Silva
Nascimento 13 de maio de 1856
Tomar, Reino de Portugal Portugal
Morte 24 de novembro de 1924 (68 anos)
Lisboa,  Portugal

Fernando Tamagnini de Abreu e Silva GCTEGCCGOAGCA (Tomar, Santa Maria dos Olivais, 13 de Maio de 1856 - Lisboa, 24 de Novembro de 1924) foi um militar português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

General Tamagnini (à esquerda) como comandante do CEP, juntamente com os generais Richard Haking e Gomes da Costa.

A 2 de Junho de 1873, assenta praça como voluntário no Regimento de Cavalaria N.º 2. Em 1891 assume o carg de director da Escola Regimental e dois anos mais tarde ingressa na Guarda Municipal de Lisboa. Em 1913, participou na Escola de Repetição e no ano seguinte foi para o Estado-Maior das Armas e Inspector da Cavalaria Divisionária e, em 1915, nomeado comandante interino da Brigada de Cavalaria.

Após a sua promoção a general foi escolhido para comandar a Divisão de Instrução mobilizada em Tancos e posteriormente para Comandante do CEP, o CEP, que combateu na Flandes na I Guerra Mundial, integrado no exército inglês. Após a derrota do CEP na batalha de La Lys, a 9 de Abril de 1918, foi substituído, a 25 de Agosto, no comando daquele mesmo Corpo pelo general Garcia Rosado.

Foi ainda comandante da 5.ª Divisão do Exército e Presidente do Supremo Tribunal de Justiça Militar.

A 15 de Fevereiro de 1919 foi feito Grande-Oficial da Ordem Militar de Avis, a 28 de Junho de 1919 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo, a 14 de Setembro de 1920 com a Grã-Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito e a 31 de Dezembro de 1920 elevado a Grã-Cruz da Ordem Militar de Avis.[1]

Faleceu em 24 de Novembro de 1924 em Lisboa.

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Fernando Tamagnini de Abreu e Silva". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 2014-01-05. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]