Teatro Coliseu (Santos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Teatro Coliseu Santista)
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2011).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Teatro Coliseu em 2017
At Santos, Brazil 2017 303.jpg

O Teatro Coliseu Santista situa-se em Santos.

Após anos em desuso, o teatro foi restaurado conforme o Programa de Revitalização do Centro Histórico, desenvolvido pela Prefeitura Municipal, e reinaugurado em 2006.

Sob o ponto de vista arquitetônico, a hierarquia de volumes compõe-se de três blocos. Com parte da platibanda coberta, o primeiro tem esquina em ângulo chanfrado, formando um recuo na fachada principal. O terraço do primeiro pavimento é sustentado por colunas toscanas, criando no térreo um abrigo para embarque e desembarque de passageiros de automóveis, em especial nos dias de chuva. Essa marquise foi uma das modificações que o projeto, importado da Europa, sofreu para se adaptar ao clima tropical.

Ele também exigiu grande número de portas e janelas. Essas aberturas multiplicam-se pelos quatro pavimentos do segundo e terceiro blocos concorrendo para o arejamento do edifício, auxiliadas por aparelhos de renovação do ar. Internamente, métodos e materiais refletiam as influências da mão-de-obra empregada, como o revestimento em escaiola, técnica espanhola que mistura gesso e cola para imitar o mármore.

Na decoração, destaca-se a arte do italiano Adolfo Fonzari, iluminada por 39 lustres do salão nobre, distribuídos entre 13 colunas dóricas caracterizadas pela simplicidade.

Em forma de ferradura, a plateia permitia a observação de todos os detalhes das cenas.

O vão da orquestra tinha estilo wagneriano, comportando 100 professores. Em números atuais,o teatro possui: platéia com 347 poltronas; 27 frisas; 25 camarotes de primeira (camarotes do foyer); 23 de segunda(camarotes do balcão); 80 poltronas do balcão; 101 galerias numeradas do foyer; 92 galerias do balcão e anfiteatro com capacidade para 110 lugares.O teatro acomoda 1.000 espectadores. Oriunda de uma praça de esportes com pista para bicicletas (velódromo) e cancha para jogo de bola, a Cia. Coliseu Santista foi adquirida pela empresa Serrador para a construção de um teatro, inaugurado em 1909.

Nesse período o edifício foi muito usado para atividades políticas, inclusive uma conferência de Ruy Barbosa sobre os monumentos históricos da cidade. Foi sob o comando de Manuel Freixo que o teatro recebeu a configuração definitiva, sendo reinaugurado em 1924.

Desativado na década de 1980, foi tombado em 1989.