Templo Kaishan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Templo Kaishan
Salão Daxiongbao (chinês: 大雄宝殿, pinyin: Dàxíongbǎo Diàn) do Templo Kaishan.
Salão Daxiongbao (chinês: 殿pinyin: Dàxíongbǎo Diàn) do Templo Kaishan.
Local Xincheng, perto de Gaobeidian
Região Hebei
País  China
Coordenadas 39° 14′ N 115° 58′ E
Religião Budismo



Início da construção 832
Fim da construção 1033
Dinastia Liao


O Templo Kaishan (chinês tradicional: chinês simplificado: pinyin: Kāi Shàn ) é um templo budista situado na vila Xincheng perto de Gaobeidian, província de Hebei, China. O templo foi fundado durante a Dinastia Tang, e aumentado nos séculos seguintes até ao seu declínio. No século XX, o salão principal, o Salão Daxiongbao, que data de 1033, da Dinastia Liao, foi utilizado como escola e celeiro. Em 2002, o salão passou por uma restauração que foi concluída em 2007.

História[editar | editar código-fonte]

O templo atual foi fundado na Dinastia Tang, antes da fundação de Xincheng em 832 EC.[1] Em 929 EC, Xincheng foi povoada e o Templo Kaishan foi situado no canto nordeste da cidade, o qual era então conhecido pelos residentes locais como "Dasi", literalmente "Grande Templo". A estrutura mais antiga do templo é o Salão Daxiongbao que, segundo uma inscrição presente numa viga no seu interior, foi edificado durante a Dinastia Liao, em 1033.[2] Por volta do século XVI, o templo foi aumentado, porém no início do século XX entrou em declínio.[1] Em 1928, o Salão Daxionbao tornou-se num salão educacional de Sun Yat-sen, e deixou de exercer a função de monastério.[3] Durante a Revolução Cultural, várias casas foram construídas na periferia do templo, prejudicando as imediações do complexo.[4] Em 2001, um projeto de restauração financiado pelo governo começou com o objetivo reconstruir o templo de acordo com o seu estado original.[5]

Salão Daxiongbao[editar | editar código-fonte]

O Salão Daxiongbao (chinês: 殿pinyin: Dàxíongbǎo Diàn) é cinco por três ken e ocupa um perímetro de 30.4 por 18.5 metros. Foi construído sobre um crepidoma de 1,11 metros de altura e possui um grande yuetai na frente, que mede 27,6 por 11,4 metros.[2] Colunas implantadas em pedestais quadrados suportam os enormes beirais, cujo seu comprimento é de 55% do tamanho das colunas. As costas e laterais dos pilares estão inclinados para o interior do salão, uma característica que está associada à arquitetura chinesa da Dinastia Yuan.[6] Antes da sua conversão em 1928 para uma escola, a principal imagem devocional do salão foi provavelmente Kuan Yin, com quatro Bodisatvas em ambos os lados, bem como Luohans nas laterais do salão.[3]


Referências

  1. a b Steinhardt (1997), 164.
  2. a b Steinhardt (1997), 165.
  3. a b Steinhardt (1997), 169.
  4. Liu (2004), 61
  5. Xinhua (2007).开善寺修缮完毕即将开放. Visitado em 2010-06-25.
  6. Steinhardt (1997), 167.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Liu Zhimin. (chinês) "Xincheng Kaishansi Daxiongbaodian Xiushan Yuanze ji Gongcheng Zuofa," Wenwu (Issue 5, 2004): 60-68.
  • Steinhardt, Nancy Shatzman. Liao Architecture. Honolulu: University of Hawaii Press, 1997. ISBN 0-8248-1843-1