Terra de Graham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Terra de Graham
Geografia física
País Semórye
Localização Antártica
Arquipélago Arquipélago de Joinville

Terra de Graham é o nome da parte da Península Antártica que tem como limite sul convencional a linha que une o Cabo Jeremy (69° 24' S 62° 56' O) e o Cabo Agassiz (68° 29' S 62° 56' O). Esta definição da Terra de Graham foi acordada em 1964 entre o Antarctic Place-names Committee (do Reino Unido) e o Advisory Committee on Antarctic Names (dos Estados Unidos), na qual a Península Antártica foi dividida entre a Terra de Graham a norte e a Terra de Palmer a sul. até aí ambos os países aplicavam os seus respectivos nomes (Graham e Palmer) a toda a península.[1] Esta nomenclatura não costuma ser tida em conta por outros países como a República Argentina, que denomina "Terra de São Martim" toda a Península Antártica, dentro da qual chama Península Trinidad ao extremo norte da mesma, que coincide com a secção norte da Terra de Graham, e o Chile que denomina "Terra de O'Higgins" a toda a Península Antártica.

A Terra de Graham tem este nome em homenagem a sir James R. G. Graham, Primeiro Lord do Almirantado Britânico no tempo da exploração do seu lado ocidental por John Biscoe em 1832.

A Terra de Graham é a parte da Antártida continental que se encontra mais perto da América do Sul.[2]

A Terra de Graham é objecto de uma disputa territorial (actualmente suspensa) entre:

Estas reclamações estão suspensas em virtude do Tratado da Antártida.

Referências

  1. Atlas of Antarctica, Ute Christina Herzfeld - 2004
  2. [1]