Cabo Agassiz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O cabo Agassiz é a extremidade leste da Península Hollick-Kenyon, um aguilhão afogado em gelo estreito, se estendendo a leste do eixo da montanha principal da Península Antártica entre a angra Mobiloil e a angra Revelle. O cabo está na extremidade leste de uma linha vinda do cabo Jeremy dividindo a Terra de Graham e a Terra de Palmer. Foi descoberto em dezembro de 1940 pelo United States Antarctic Service (Serviço Antártico dos Estados Unidos) (USAS) que o batizou com o nome de W.L.G. Joerg, um geógrafo e especialista polar. A seu pedido foi batizado pelo US-SCAN com o nome de Louis Agassiz, um naturalista e geólogo americano famoso internacionalmente de origem suíça, que propôs primeiro a teoria da glaciação continental (Études sur les Glaciers, Neuchatel, 1840).

 Este artigo incorpora material em domínio público de United States Geological Survey , documento "Cabo Agassiz" (conteúdo do Geographic Names Information System).

Ícone de esboço Este(a) artigo relacionado com a geografia da Antártida Ocidental (também conhecida como Antártida Menor) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.