Terrestre do Samba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Terrestre do samba
Fundação 17 de outubro de 1958 (60 anos)
Cores verde branco e amarelo
Bairro Estiva
Presidente Benedito Bulhões
Carnavalesco Joadson Portela
Intérprete oficial Bob

Terrestre do Samba é uma das escolas de samba de São Luís (Maranhão). Fundada em 17 de outubro de 1958. Está localizada no Bairro da Estiva, Zona rural de São Luís. Por muitos anos, a Terrestre do Samba desfilou no extinto Grupo B (2ª divisão). Poucas vezes desfilou na 1ª divisão. No final dos anos 1980, ela deixou de existir. Mas, a partir do início da década de 2000, ela voltou a concorrer. Ainda, desfila com muitas dificuldades financeiras.

Em 2012, classificou-se em oitavo lugar.[1]

Em 2016 a escola surpreendeu ao apresentar um bonito desfile e conquistando o 6º lugar sendo esta sua melhor classificação.

Em 2018 homenageou o 50 anos do bairro anjo da guarda.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Márcio [2]
2016

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Musa Ref.
2014 Valéria Santos [2]
2016

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Terrestre do Samba
Ano Colocação Enredo Carnavalesco Ref
2008 8º lugar Sempre verde, sempre bela, terra que dá samba
2009 11º lugar Estiva, minha terra, meu torrão
2010 10º lugar A Terrestre enaltece São Luís, Capital da Cultura Brasileira
2011 9º lugar Fofão:nossa folia, nosso rei

Compositor:José Ferreira Mendes

[3]
2012 8º lugar São luís: uma cidade de símbolos [4]
2013 Não houve concurso [5]
2014 Rei ou de loucos, todos temos um pouco
2015 No Reino de Ula-lá o Fofão é Nosso Rei [6]
2016 O mundo é meu quintal [7]
2017 7º lugar O grito de alerta e o sonho de uma nova era”
2018 10°lugar Viva o Anjo da Guarda 50 anos de mistérios segredos e tradições

Referências

  1. «Favela é heptacampeã do Carnaval de São Luís». 22 de fevereiro de 2012. Consultado em 16 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 16 de julho de 2012 
  2. a b Andrson França e Paulo de Tarso Jr, para o Imirante (4 de março de 2014). «Carnaval 2014 - Flor do Samba brilha na avenida e sonha com título do Carnaval 2014». Consultado em 10 de agosto de 2016. 
  3. https://archive.is/UKGhw
  4. «Visite São Luís - Escolas de Samba e Blocos Organizados ditam o ritmo na Passarela do Samba». www.visitesaoluis.com. Consultado em 26 de junho de 2016. 
  5. «Escolas de samba e blocos anunciam que não vão mais desfilar em São Luís». 16 de janeiro de 2013. Consultado em 26 de junho de 2016. 
  6. diegoemir.com. «Favela do Samba é campeã do carnaval de São Luís». Consultado em 4 de julho de 2015.  Parâmetro desconhecido |Autor= ignorado (|autor=) sugerido (ajuda)
  7. [1]
Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.