The Outfield

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Dezembro de 2008). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Outfield
Tony Lewis do The Outfield em 1986
Informação geral
Origem Manchester, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Pop rock[1]
Power pop[2]
New wave[3]
Período em atividade 1984 - 2011
Gravadora(s) MCA Records
Columbia Records
Sidewinder Records
Sony Music
Integrantes Tony Lewis
Alan Jackman
Ex-integrantes John Spinks †
Paul Reed
Simon Dawson
Grahame Leslie
Reg Webb †
Página oficial Site Oficial

The Outfield foi uma banda britânica de pop rock provinda de Londres (Inglaterra).[4] Em 1985, lançaram seu primeiro álbum Play Deep, que atingiu o posto de disco triplo de platina nos Estados Unidos. Suas músicas de maior sucesso, inclusive tocadas até hoje[quando?] em muitas rádios são "Your Love" e "All the Love in the World"; a primeira foi recentemente[quando?] regravada pela cantora norte-americana Katy Perry. A banda continuou a gravar até o início da década de 90, tendo havido uma pausa em suas atividades nas proximidades da metade da década. Voltaram a fazer shows em 1998, e lançaram 2 álbuns ao vivo via Web site. O último álbum da banda, Replay, foi lançado em 2011. Eles tiveram uma experiência incomum para uma banda britânica em que eles desfrutaram de sucesso comercial nos EUA, mas nunca em sua terra natal. A banda começou a gravar em meados da década de 1980,[5] lançou seu primeiro álbum, Play Deep , em 1985, através de Columbia Records.

História[editar | editar código-fonte]

The Outfield formou-se em Londres, tendo inicialmente usado o nome de The Baseball Boys, sendo o trio, Tony Lewis (baixista e vocalista), o guitarrista/tecladista e compositor John Spinks, e o baterista Alan Jackman. Tocando nos arredores de Londres e gravando suas primeiras demos, chamaram a atenção da Columbia/CBS Records, com quem a banda assinou contrato, logo após, em 1984.

Começaram a trabalhar em seu álbum de estreia, Play Deep, que foi lançado em 1985 e foi sucesso absoluto, ganhando disco triplo de platina e alcançando o 9°. lugar nos principais álbuns dos Estados Unidos. Este disco contém o single Top 10 Your Love. Para divulgar o álbum, a banda saiu em turnê mundial, abrindo shows para a banda Journey e Starship.

Em 1987 a banda lançou seu segundo álbum, Bangin'; que apesar de não ter tido o mesmo sucesso que seu álbum de estreia teve, produziu 2 hits, "Since You've Been Gone" e "No Surrender". Após isso, fizeram uma turnê abrindo para o Night Ranger.

Seu terceiro álbum, Voices of Babylon, lançado em 1989, teve uma mudança de estilo, e foi mais cuidadosamente produzido do que seus antecessores. Rendeu um single de mesmo nome, mas o sucesso comercial da banda estava aos poucos escorregando. Jackman deixou a banda após a gravação deste disco, mas Luke Landin foi chamado para tocar bateria na turnê de Voices Of Babylon.

Spinks e Lewis, agora oficialmente em dupla, começaram as gravações de Diamond Days pela MCA. Um novo baterista foi contratado, Simon Dawson e deu uma cara mais eletrônica para o som. Diamond Days rendeu um dos maiores hits da banda, "For You".

A banda teve um breve sucesso com algumas das músicas. A faixa "One Hot Country" foi parte da trilha sonora do filme "If Looks Could Kill" A banda deu sequência aos álbuns com Rockeye. O single deste, "Winning It All", tornou-se frequente em eventos esportivos e fez parte da trilha sonora do filme The Mighty Ducks. Simon Dawson se envolveu diretamente com a sonoridade da banda e veio a tornar-se membro oficial.

The Outfield acabou tendo uma pausa nas atividades, na metade dos anos 90, por causa da mudança das tendências musicais da época. Bandas como Nirvana e Pearl Jam, dificultaram o sucesso de bandas com características mais melódicas. Voltaram, então, para seu local de origem e passaram a fazer pequenos concertos. Infelizmente seu reconhecimento e sucesso também estavam em baixa, inclusive na Inglaterra. Não obstante, a banda voltou às gravações para lançar um material exclusivo para seu fã-clube, It ain't over e então, saíram em turnê.

Logo após, em 1999, lançaram Extra Innings, uma coletânea de várias músicas lançadas nos anos 90 e mais quatro músicas novas escritas em 1998.

No início dos anos 2000 a banda editou duas coleções ao vivo, pelo seu website oficial: Live in Brazil e The Outfield Live. Em março de 2006, lançaram Any Time Now, seu novo álbum de estúdio.

O Guitarrista John Spinks, faleceu no dia 9 de julho de 2014, em decorrência de um câncer no fígado.[6]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Música EUA Top 100 EUA - MRT Reino Unido Álbum
1985 "Say It Isn't So" - 18 - Play Deep
1986 "Your Love" 6 7 83 Play Deep
1986 "All The Love In The World" 19 14 96 Play Deep
1986 "Everytime You Cry" 66 20 - Play Deep
1987 "Since You've Been Gone" 31 11 - Bangin'
1987 "Bangin' On My Heart" 40 - Bangin'
1989 "Voices Of Babylon" 25 2 78 Voices Of Babylon
1989 "My Paradise" 72 34 - Voices Of Babylon
1990 "For You" 21 13 - Diamond Days
1992 "Closer To Me" 43 - - Rockeye

Referências

  1. Daniel Nester (1 de dezembro de 2009). «Josie Reconsidered: Notes on The Outfield's "Your Love"». Coldfrontmag.com. Consultado em 16 de outubro de 2018 
  2. Murray, Noel. «A beginners' guide to the heyday of power-pop, 1972–1986». The A.V. Club. Consultado em 16 de outubro de 2018 
  3. «The Outfield». Rhapsody.com. 14 de novembro de 2013. Consultado em 16 de outubro de 2018 
  4. «John Spinks dies aged 60». Billboard. Consultado em 16 de outubro de 2018 
  5. Proefrock, Stacia. «The Outfield – Biography». All Music Guide. Consultado em 16 de outubro de 2018 
  6. «Morre o guitarrista John Spinks, da banda The Outfield - 10/07/2014 - Ilustrada - Folha de S.Paulo». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 14 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]