The Philosophy of Andy Warhol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

The Philosophy of Andy Warhol (From A to B & Back Again) (traduzido livremente em português, A filosofia de Andy Warhol (De A a B e de volta)) é um livro escrito pelo artista estadounidense Andy Warhol (1928-1987)[1] . Foi publicado pela primeira vez por Harcourt Brace Jovanovich.

O livro é uma reunião de citações auto-ironizantes sobre o amor, a beleza, o trabalho, sexo, tempo, morte, economia, sucesso e arte, entre outros tópicos, pelo "Príncipe do Pop". Tem um prólogo e quinze capítulo, e por volta de 241 páginas.

História[editar | editar código-fonte]

Warhol assinou dois contratos de livro em 1974 com Harcourt, um para A Filosofia e outro para a biografia de Paulette Goddard, que foi escrita eventualmente.

A Filosofia foi escrita pela secretária de Warhol, Pat Hackett, e pelo editor da revista Interview Bob Colacello, como ghostwriters. Muito do material foi tirado de conversas que o próprio Warhol gravou entre ele, Colacello e Brigid Berlin.

Warhol promoveu o livro em setembro de 1975 em um tour por nove cidades dos Estados Unidos, seguindo paradas na Itália, França e Inglaterra.

Referências

  1. Warhol, Andy (1975). The Philosophy of Andy Warhol (From A to B & Back Again). Nova Iorque: Harcourt Brace Jovanovich. ISBN 0-15-189050-1

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bockris, Victor (1989). The Life and Death of Andy Warhol. New York: Bantam Books. ISBN 0-553-05708-1.
  • Warhol, Andy. The philosophy of Andy Warhol. Londres: Penguin Books, 2007.