O Bicho-da-Seda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de The Silkworm)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Silkworm
O Bicho-da-Seda
Autor(es) J. K. Rowling, sob o pseudônimo de Robert Galbraith
Idioma inglês
País  Reino Unido
Gênero Romance policial
Série Cormoran Strike
Editora Sphere Books
(Little, Brown and Company)
Lançamento 19 de Junho de 2014
Páginas 454
ISBN 978-1-4087-0402-8
Edição portuguesa
Editora Editorial Presença
Lançamento 20 de janeiro de 2015
Páginas 496
ISBN 978-972-23-5447-9
Edição brasileira
Tradução Ryta Vinagre
Editora Rocco
Lançamento 1.º de novembro de 2014
Páginas 448
ISBN 978-85-325-2949-7
Cronologia
The Cuckoo's Calling
(2013)
Career of Evil
(2015)

O Bicho-da-Seda (em inglês, The Silkworm) é o segundo livro da série Cormoran Strike, escrita pela britânica J. K. Rowling, sob o pseudônimo de Robert Galbraith. O livro foi lançado no Reino Unido em junho de 2014, em novembro de 2014 no Brasil e em janeiro de 2015 em Portugal.

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Em 16 de fevereiro de 2014, a Hachette Group Book, editora que publica os livros da série no Reino Unido, divulgou o lançamento da continuação de The Cuckoo's Calling para junho do mesmo ano, juntamente com a capa e a sinopse do livro. Mesmo contando com vários personagens do primeiro livro (Cormoran, Robin, Matthew, Charlotte, etc.), The Silkworm apresenta uma trama independente, sendo que Strike já investiga outro caso, e os Landry provavelmente não serão vistos no decorrer da história.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O detetive Cormoran Strike retorna no novo mistério de Robert Galbraith, autor do best-seller internacional 'O Chamado do Cuco'. Quando o escritor Owen Quine desaparece, sua esposa vai a procura de Strike. De início, a Sra. Quine pensa que seu marido apenas se afastou por conta própria, por uns dias — como já tinha feito antes — e ela pede a Strike para que o encontre e o traga para casa. Mas conforme Strike investiga o caso, se torna claro que há mais no desaparecimento de Owen do que sua mulher pensa. O escritor havia terminado um manuscrito contendo descrições venenosas de quase todos que conhecia. Se o livro fosse publicado, poderia arruinar vidas: o que significa que existiam várias pessoas que poderiam querer silenciá-lo. Quando Quine é encontrado brutalmente assassinado em circunstâncias bizarras, a investigação se torna uma corrida contra o tempo para entender a motivação de um assassino impiedoso, um assassino como Strike nunca havia visto antes.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Principais[editar | editar código-fonte]

  • Cormoran Strike - um veterano da guerra no Afeganistão, que recebeu alta depois de perder metade de sua perna em um ataque a bomba. Ele é uma pequena celebridade, graças em parte ao seu pai famoso astro do rock e sua resolução de um assassinato de alto perfil.
  • Robin Ellacott - uma assistente e secretário da greve que há muito tempo abrigou um fascínio secreto com o mundo das investigações criminais. Agora assumir um papel em tempo integral dentro da agência Strike, ela aspira a se tornar um investigador em seu próprio direito.

Secundários[editar | editar código-fonte]

O manuscrito Bombyx Mori
  • Owen Quine - um autor uma vez saudado como um escritor de vanguarda e um dos primeiros "rebeldes literários". Ele passou décadas tentando recriar o sucesso de seu primeiro romance, O pecado de Hobart, sem sucesso. Ele é considerado como narcisista e inseguro no extremo, e apenas tolerada por causa da sombra do potencial inexplorado em suas obras.
    • Quine aparece no Bombyx Mori como Bombyx, um autor aspirante cujo gênio é indiscutível, desvalorizado e sem fundamento, levando-o a procurar os seus ídolos, mas descobre que eles só querem usá-lo e abusar dele antes de comê-lo vivo.
  • Leonora Quine - esposa de Quine, que se torna o principal suspeito de seu assassinato. Ela gasta quase todo seu tempo cuidando de sua filha intelectualmente deficientes, Orlando.
    • Leonora aparece como Succuba, um demônio no corpo de uma mulher horrorosa que detém Bombyx em cativeiro e estupra-lo repetidamente.
  • Kathryn Kent - namorada de Quine e autor de "fantasia erótica" que tem sido quase sempre rejeitada pela comunidade de publicação de Londres.
    • Kathryn aparece como Harpia, uma bela mulher com uma deformidade hediondo, implícita para ser uma metáfora bruto e cruel de câncer de mama.
  • Pippa Midgley - uma mulher transexual submetidos a terapia antes da cirurgia de mudança de sexo. Ela torna-se encantado com Quine depois de tomar um curso de escrita criativa, ele ensinou; Quine, por sua vez, foi inspirado por sua história pessoal, uma vez que se encaixava com seu romance original.
    • Aparece como Epicoene, um escravo de Harpy, que busca escapar de suas garras com Bombyx. Bombyx responde positivamente até que ela "canta", ou revela seu status transgender para ele, o que ele acha horrível.
  • Elizabeth Tassel - uma escritora fracassada que se tornou um agente literário. Ela vive e trabalha na franja da comunidade literária de Londres, que ela se ressente profundamente e expressa por assédio moral sua equipe.
    • Tassel aparece como The Tick, uma mulher parasitária que cultiva o talento de Bombyx a sanguessuga fora dele.
  • Jerry Waldegrave - editor longanimidade de Quine, que é uma das poucas pessoas dispostas a tolerá-lo. Sua reputação está arruinada pelo comportamento de Quine, levando à quebra de seu casamento e sua volta ao alcoolismo.
    • Ele aparece como The Cutter, uma criatura troll como chifres que destrói impiedosamente o trabalho de Bombyx. Ele carrega um saco ensanguentado implícita de transportar um feto abortado, e tenta afogar outras criaturas.
  • Michael Fancourt - um dos rebeldes literárias originais, que passou a se tornar um autor best-seller. Ele mantém a literatura é uma forma de arte, e que a arte só pode ser considerado como muito quando se provoca discussão social; no entanto, isso é pouco mais que uma desculpa para suas opiniões profundamente misóginas.
    • Ele aparece como vaidoso, um autor famoso e ídolo de Bombyx. Ele é revelado para ser um charlatão, torturar sua esposa Efígie para abastecer sua própria criatividade e passando seu tormento fora como arte.
  • Daniel Chard - o presidente da Roper Chard, uma editora de Londres especializado em literatura moderna. Ele não tem as habilidades sociais e está implicada ser um homossexual latente.
    • Aparece como Phallus Impudicus, um homem que mata escritores para roubar seu talento, violando seus cadáveres com seu pênis doente.
Outros Personagens
  • Richard Anstis - um detetive da Polícia Metropolitana, que estava envolvido no incidente, que custou golpear a perna. Strike considera-o um investigador capaz, mas com falta de imaginação.
  • Matthew Cunliffe - noivo de Robin, que desaprova seu trabalho com Strike.
  • Orlando Quine - filha intelectualmente deficiente de Quine. Ela é a única pessoa na vida de Quine que não aparece no manuscrito Bombyx Mori, e fica implícito que ela é a única pessoa que ele realmente se preocupa com ele.
  • Lucy - irmã de Strike por parte de sua mãe, e o único membro de sua família que ele tem qualquer contacto regular com. Apesar de ser sua irmã mais nova, ela tende a mãe dele, encorajando-o a se estabelecer e começar uma família, para grande consternação da Strike.
  • Alexander "Al" Rokeby - irmão de Strike no lado de seu pai, e o único membro do lado do pai da família que ele tem qualquer contato com.
  • Nina Lascelles - uma editora júnior em Roper Chard que ajuda a Strike adquirir o manuscrito Bombyx Mori. Ela se encanta com ele e persegue um relacionamento romântico com ele, o que não é recíproco.
  • Joe Norte - um escritor americano e amigo de Quine e Fancourt. Ele morreu de AIDS ao escrever sobre suas experiências que vivem com a doença. Depois de ficar abandonada por 20 anos, a casa onde morreu Norte tornou-se a cena do assassinato de Quine.
  • Christian Fisher - o editor de uma editora de nicho que vaza do manuscrito Bombyx Mori.
  • Dominic Culpepper - um jornalista de tablóide oportunista que contrata Strike para encontrar evidências de irregularidades entre os ricos e poderosos. Ele expressa surpresa que Strike não recorrer ao telefone-hacking para adquirir evidência.
  • Charlotte Ross - É ​​on-again, off-again antiga paixão de Strike. Depois da ruptura de seu relacionamento, ela tornou-se comprometida com outro homem, mas continua a insultar Strike de longe.

Adaptação[editar | editar código-fonte]

Em 10 de dezembro de 2014, foi anunciado que o o livro de "Cormoran Strike" deve ser adaptado como uma série de televisão para BBC One, começando com The Cuckoo's Calling ("O Chamado do Cuco"). Rowling mesmo fará o roteiro e também irá colaborar no projeto. O números de episódios foram decididos dois anos mais tarde; apenas 7, ao total.[1][2]

O site especializado em produção de TV, cinema e comerciais The Knowledge afirma que as gravações de Cormoran Strike irão se iniciar em Londres no outono britânico, que vai de setembro a novembro de 2016.

De acordo com o site, a série, baseada nos romances de J.K. Rowling (escritos sob o pseudônimo de Robert Galbraith), terá sete episódios de sessenta minutos cada, que cobrirão os três primeiros livros – e os únicos lançados – sobre o detetive Cormoran Strike e sua assistente, Robin. No entanto, isso acaba levantando a questão se, na verdade, será somente uma minissérie, ou se, como Sherlock, ela terá temporadas esporádicas.

Sarah Phelps, que adaptou Morte Súbita para a televisão, também será responsável pela adaptação de O Chamado do Cuco, enquanto que Ben Richards terá a tarefa de adaptar O Bicho-da-Seda. Vocação Para o Mal ainda não tem um(a) roteirista.

Com a aproximação das filmagens, é de se esperar que, muito logo, teremos os atores que irão fazer parte do elenco! Talvez com um anúncio oficial da BBC também teremos esclarecimentos sobre a confusão da duração.

A série é produzida pela Brontë Film and Television, produtora independente fundada por Rowling e seu agente, Neil Blair. Ambos servirão como produtores-executivos ao lado de Ruth Kenley-Letts e Lucy Richer. A direção é de Julian Farino.

Após a confirmação de que Tom Burke e Holliday Grainger estrelariam juntos em "Cormoran Strike" (novo nome para The Cormoran Strike Mysteries e The Strike Series), as primeiras imagens da série foram divulgadas nas redes sociais.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências