The Violent Men

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde julho de 2015).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
The Violent Men
No Brasil Um Pecado em Cada Alma
Em Portugal Homens Violentos
 Estados Unidos
1955 •  cor •  
Direção Rudolph Maté
Produção Lewis J. Rachmil
Roteiro Harry Kleiner
Baseado em
  • Smoky Valley, de
  • Donald Hamilton
Elenco
Gênero
Música
  • Max Steiner
  • (compositor)
  • M. W. Stoloff
  • Murray Cutter
  • (regência)
Cinematografia
  • W. Howard Greene
  • Burnett Guffey
Direção de arte Carl Anderson
Figurino Jean Louis
Edição Jerome Thoms
Companhia(s) produtora(s) Walden Media
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos26 de janeiro de 1955
Idioma inglês
Orçamento US$ 1,95 milhão[1]
Página no IMDb (em inglês)

The Violent Men (bra: Um Pecado em Cada Alma[2]; prt: Homens Violentos[3]) é um filme estadunidense de 1955, dos géneros faroeste e drama, realizado por Rudolph Maté para a Columbia Pictures, com argumento de Harry Kleiner baseado no romance Smoky Valley, de Donald Hamilton.[4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

John Parrish é proprietário de um rancho e ex-oficial das tropas confederadas do Exército, e está a pensar em vender o seu negócio ao proprietário do Rancho Âncora, Lew Wilkison, e mudar-se para longe com a sua noiva. Contudo, o baixo preço oferecido por Lee Wilkenson, proprietário do Anchor Ranch, fá-lo hesitar. Mas acontecem graves problemas! Na zona do Rancho da Âncora, existem ataques, mortes e cenas de extrema violência encomendadas por Martha, esposa de Lew, que mantém uma ligação adúltera com o cunhado, Cole, pois odeia o marido devido à sua deficiência motora. Este, por sua vez, engana-a com uma rapariga mexicana da cidade, que o adora, mas que ele menospreza. Martha odeia tanto o marido que faz com que todas as violências aplicadas às pessoas do Rancho da Âncora sejam atribuídas a Lew, quando este não sabe de nada do que está a acontecer. Quando um dos seus homens é morto de uma maneira cobarde, às ordens de Martha e Cole, que querem afastar Parrish do Rancho e ficar ambos senhores de toda a terra, Parrish fica revoltado, e decide ficar no Rancho da Âncora, não para fazer negócios, mas para lutar e vingar-se.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. 'The Top Box-Office Hits of 1955', Variety Weekly, January 25, 1956
  2. «Um Pecado em Cada Alma». Brasil: CinePlayers. Consultado em 25 de outubro de 2019 
  3. «Homens Violentos». Portugal: DVDPT. Consultado em 25 de outubro de 2019 
  4. «The Violent Men (1955)». American Film Institute. Consultado em 25 de outubro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme de faroeste é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.