Tony Vidmar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tony Vidmar
Informações pessoais
Nome completo Anthony Vidmar
Data de nasc. 4 de julho de 1970 (46 anos)
Local de nasc. Adelaide,  Austrália
Altura 1,85 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Defensor
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1989-1995
1993
1995-1997
1997-2002
2002-2003
2003-2005
2005-2006
2006-2008
Adelaide City
Germinal Ekeren (emp.)
NAC Breda
Rangers
Middlesbrough
Cardiff City
NAC Breda
Central Coast
134 (15)
9 (1)
61 (4)
159 (11)
12 (0)
73 (2)
21 (0)
33 (0)
Seleção nacional
1990–1992
1991-2006
Flag of Australia.svg Austrália Sub-23
Flag of Australia.svg Austrália
18 (7)
76 (3)

Anthony "Tony" Vidmar (Adelaide, 4 de julho de 1970) é um ex-futebolista e treinador de futebol australiano.

Carreira[editar | editar código-fonte]

De origem eslovena, ele jogou na Austrália, Holanda, Escócia e País de Gales, até voltar à sua pátria.

Atuava como zagueiro e fez parte da seleção australiana, pela qual competiu nos Jogos Olímpicos de Verão de 1992 em Barcelona [1]. Foi o jogador com mais atuações na seleção de seu país (76 partidas). Seu irmão, Aurelio, também foi jogador de futebol.

Seleção[editar | editar código-fonte]

O corte repentino[editar | editar código-fonte]

Vidmar era dado como certo na Seleção Australiana que jogou a Copa do Mundo FIFA de 2006. No entanto, com a convocatória já definida, o zagueiro, que acabaria sofrendo fratura em algumas costelas, recebeu um duro golpe em sua carreira: durante exames, uma arritmia cardíaca foi detectada, inviabilizando sua permanência no grupo de 23 jogadores que foram à Alemanha. O também zagueiro Michael Beauchamp seria escolhido como seu substituto.

A situação de Vidmar ficou mais complicada depois que ele ter confirmado a presença de um coágulo de sangue em uma artéria. Foi aconselhado a parar, visto que sua situação "era fatal". Mas Vidmar continuou jogando normalmente, desta vez com menos intensidade para que ele não morresse em campo.

De volta à Austrália, Tony Vidmar assinou com o Central Coast, último clube de sua carreira, encerrada em fevereiro de 2008, aos 37 anos.

Referências

  1. «Elenco AUS'92 na Sports Reference». Consultado em 13 de fevereiro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]