Tim Cahill

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tim Cahill
Tim Cahill-31.03.09.jpg
Cahill na Seleção da Austrália, em 2009
Informações pessoais
Nome completo Timothy Filiga "Tim" Cahill
Data de nasc. 6 de dezembro de 1979 (37 anos)
Local de nasc. Sydney,  Austrália
Altura 1.78 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Melbourne City
Número 17
Posição Meio-campo
Clubes de juventude
1995–1997
1997
1997–1998
Austrália Sydney Olympic
Austrália Sydney United
Inglaterra Millwall
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1998–2004
2004–2012
2012–2014
2015–2016
2016
2016–
Inglaterra Millwall
Inglaterra Everton
Estados Unidos New York Red Bulls
China Shanghai Shenhua
China Hangzhou Greentown
Austrália Melbourne City
0217 000(52)
0226 000(56)
0062 000(14)
0028 000(11)
0017 0000(4)
0022 000(11)
Seleção nacional3
1994
2004
2004–
Samoa Samoa Sub-20
Flag of Australia.svg Austrália Sub-23
Flag of Australia.svg Austrália
0002 0000(0)
0003 0000(1)
0100 000(48)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 23 de abril de 2017.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 25 de junho de 2017.

Timothy Filiga "Tim" Cahill (Sydney, 6 de Dezembro, 1979) é um futebolista Australiano. Atua como meio-campo sendo conhecido como uma das maiores estrelas do futebol do seu país.

Atualmente joga no Melbourne City e faz parte da Seleção Australiana. É conhecido por sua habilidade no cabeceio, apesar de sua "baixa" estatura.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Nascido em jubileu Sydney, possui ascendência samoana por parte de mãe e por parte de pai tem origens irlandesas; tendo inclusive antes de debutar pela Austrália, expressado desejo em atuar pela Irlanda na Copa do Mundo de 2002, o que não foi permitido pela FIFA pois de acordo com as regras vigentes até então ele só poderia defender a Seleção Samoana de Futebol, pois já havia disputado um campeonato sub-17 quando tinha apenas 14 anos pela mesma[1].

Em 2004 a FIFA alterou seus regulamentos, permitindo que jogadores que atuaram em seleções de base quando jovens pudessem atuar por outra seleção nacional adulta. Sendo assim, Cahill estreou pela Austrália contra a África do Sul em 2004[2].

Seu irmão mais novo, Chris Cahill, atua pela Seleção de Samoa. Também possui três primos que são jogadores neo-zelandezes de rugby: Ben Roberts, Joe Stanley e Jeremy Stanley.

Millwall[editar | editar código-fonte]

Em 1997 Cahill viaja para a Inglaterra onde assina um contrato com o Millwall Football Club, estreando profissionalmente em 22 de maio de 1998. Na temporada 2003-2004, liderou o Millwall na FA Cup onde pela primeira vez na história o clube chegou à esta final (posteriormente seriam derrotados pelo Manchester United ficando com o vice-campeonato).

Everton[editar | editar código-fonte]

Tim Cahill no Everton em Abril de 2009

Antes do início da temporada 2004-2005 transfere-se para o Everton por £1.5 milhão[3]. Alcançou rápido sucesso logo em sua primeira temporada, sendo o artilheiro do time e jogador preferido dos fans. Em decorrência de suas boas performances seu contrato foi estendido e seu salário aumentado para a temporada 2005-2006[4].

Em outubro de 2006, Cahill foi relacionado entre os 50 nomes da Ballon d'Or, tendo sido o único futebolista da Oceania ou da ásia relacionado e o primeiro do Everton FC em 18 anos[5].

Pelo Everton, obteve outro vice-campeonato da FA Cup, na temporada 2008/09.

Devido à sua importância, em 18 de maio de 2010, assinou mais uma renovação de contrato, garantindo assim sua permanência no Everton FC por mais quatro anos.

New York Red Bulls[editar | editar código-fonte]

Cahill no New York Red Bulls, em Maio de 2013

Em Julho de 2012 Cahill assinou contrato com o New York Red Bulls, da Major League Soccer por aproximadamente £1 milhão.[6] No clube tem atuado no time titular sendo um dos principais nomes do time ao lado de Thierry Henry. Nesse mesmo ano conquistou o título da MLS Supporters' Shield.

Shanghai Shenhua[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de fevereiro de 2015, Tim Cahill acertou com o Shanghai Shenhua, contrato válido por 1 ano.

Seleção Australiana[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Australiana, conquistou a Taça das Nações da OFC, em 2004. Disputou o Mundial de 2006 (na qual a Austrália foi eliminada nas oitavas-de-final) brilhando especialmente na estreia contra o Japão, marcando ao final da partida dois golos na vitória de virada por 3 - 1 dos Socceroos; após a partida foi eleito o homem do jogo. Alcançou o grande mérito de ter sido o responsável por anotar o primeiro golo australiano em copas do mundo e também o primeiro australiano da história e ser eleito homem do jogo em um Mundial[7].

Disputou também o Mundialde 2010, onde foi injustamente expulso no primeiro jogo contra a Alemanha[8], o que o impediu de jogar o segundo jogo contra Gana.

Na última partida do grupo contra a Sérvia ele marcou um dos gols da vitória australiana, que no entanto fora insuficiente para classificar a equipa para a segunda fase[9].

Ele totaliza um número de cinco golos marcados em três copas do mundo disputadas. (2006, 2010 e 2014)

Disputou também três Taças da Ásia: 2007, 2011 e 2015, tendo obtido o vice-campeonato em 2011 e campeão da de 2015.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Internacionais[editar | editar código-fonte]

Flag of Australia.svg Austrália

Nacionais[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos New York Red Bulls

Millwall

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Internacionais[editar | editar código-fonte]

Flag of Australia.svg Austrália

Nacionais[editar | editar código-fonte]

Inglaterra Millwall

Inglaterra Everton

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]