Totò contro Maciste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, cine e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Totò contro Maciste
No Brasil Totó contra Maciste
 Itália
1962 •  cor •  90 min 
Realização Fernando Cerchio
Argumento Ottavio Poggi
Elenco Totò
Nino Taranto
Género comédia histórica
Idioma italiano
Página no IMDb (em inglês)

Totò contro Maciste (bra Totó contra Maciste[1]) é um filme italiano de 1962, do gênero comédia histórica, dirigido por Fernando Cerchio.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Totokamen é um artista que se exibe por todo o Egipto, assistido pelo seu empresário, Tarantenkamen. Aproveitando-se de truques baratos, Totokamen pretende ser filho do deus Amon. O faraó, entretando, enfrenta a traição de Maciste, que decidiu desencadear uma revolta com a ajuda dos assírios. Para lidar com a emergência, um ministro que assistira a um espéctaculo de Totokamen, está convencido que o homem é mesmo um semi-deus, e decide apresentá-lo ao faraó, como o homem que pode resolver a situação.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Egas Muniz (4 de janeiro de 1962). «Ribalta». Correio Paulistano. São Paulo. p. 9. Consultado em 30 de maio de 2019 
  2. «Totò contro Maciste». Itália: MyMovies. Consultado em 30 de maio de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme do cinema italiano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia tem os portais: