Tzoco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tzoco
Nacionalidade Primeiro Império Búlgaro Império Búlgaro
Ocupação General

Tzoco (em grego medieval: Τζόκος; transl.: Tzókos; em búlgaro: Цок; transl.: Tsok), Tzico (Τζυκος, Tzykos) ou Tuco (Τουκος, Toukos) foi um dignitário sênio e oficial militar búlgaro do século IX, ativo sob os cãs Crum (r. 803–814) e Omurtague (r. 815–831).

Vida[editar | editar código-fonte]

Omortague assiste a execução do bispo Manuel. Iluminura do Escilitzes de Madri

Em 813, comandou a ala direita do exército, sob Bardanes e João, na expedição ao Império Bizantino conduzida por Crum. Foi usado por Omurtague em 815 ou 816 à perseguição aos cristãos. Aparece no Menológio de Basílio, onde é chamado cã por engano, e talvez numa pequena catequese de Teodoro Estudita, no qual seu nome não é citado. Segundo ambas as fontes, executou cristão na Bulgária, e segundo Estudita foram 14 mártires. Talvez em 819/920 é mencionado como um dos emissários enviados para concluir a paz com o Império Bizantino.[1]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Lilie, Ralph-Johannes; Ludwig, Claudia; Zielke, Beate et al. (2013). «#8542/corr. Tzokos». Prosopographie der mittelbyzantinischen Zeit Online. Berlim-Brandenburgische Akademie der Wissenschaften: Nach Vorarbeiten F. Winkelmanns erstellt