União da Pátria - Democratas-Cristãos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
União da Pátria - Democratas-Cristãos
Tėvynės sąjunga – Lietuvos krikščionys demokratai
Líder Gabrielius Landsbergis
Fundação 1993
Sede Vilnius,  Lituânia
Ideologia Democracia cristã
Conservadorismo
Conservadorismo liberal
Liberalismo económico
Nacionalismo lituano
Espectro político Centro-direita
Membros  (2010) 16.500
Cores Azul, Branco e Verde

A União da Pátria - Democratas-Cristãos (em lituano: Tėvynės sąjunga – Lietuvos krikščionys demokratai, TS-LKD) é um partido político de centro-direita da Lituânia. Actualmente, o partido tem 16.500 membros[1] e 31 membros no Seimas[2].

O TS-LKD é o principal partido de centro-direita do país, seguindo uma linha conservadora liberal[3] e democrata-cristã[4], além de defender o liberalismo económico[5], bem como, tendo elementos nacionalistas[6].

Embora, na década de 1990, o partido tenha liderado vários governos lituanos, recentemente, os democratas-cristãos têm sido relegados para a oposição[7].

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
1996 1.º 409 585
31,3 / 100,0
70 / 141
Governo
2000 4.º 126 850
8,6 / 100,0
Baixa22,7
9 / 141
Baixa61 Oposição
2004 3.º 176 409
14,8 / 100,0
Aumento6,2
25 / 141
Aumento16 Oposição
2008 1.º 243 823
19,7 / 100,0
Aumento4,9
45 / 141
Aumento20 Governo
2012 3.º 206 590
15,8 / 100,0
Baixa3,9
33 / 141
Baixa12 Oposição
2016 1.º 276 275
22,6 / 100,0
Aumento6,8
31 / 141
Baixa2 Oposição

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/-
2004 3.º 151 400
12,6 / 100,0
2 / 13
2009 1.º 147 756
26,2 / 100,0
Aumento13,6
4 / 12
Aumento2
2014 1.º 199 393
17,4 / 100,0
Baixa8,8
2 / 11
Baixa2

Referências

  1. «Daugiausiai nario mokesčio surinko socdemai - 643 tūkst. Lt». DELFI 
  2. «Lithuania farmers' party wins election». BBC News (em inglês). 24 de outubro de 2016 
  3. Vance, Charles; Paik, Yongsun (2006). Managing a Global Workforce: Challenges and Opportunities in International Human Resource Management (em inglês). [S.l.]: M.E. Sharpe. ISBN 9780765620163 
  4. Nordsieck, Wolfram. «Parties and Elections in Europe». parties-and-elections.eu. Consultado em 18 de setembro de 2017 
  5. Jungerstam-Mulders, Susanne (2006). Post-communist EU Member States: Parties and Party Systems (em inglês). [S.l.]: Ashgate Publishing, Ltd. ISBN 9780754647126 
  6. Ramet, Sabrina P. (18 de fevereiro de 2010). Central and Southeast European Politics since 1989 (em inglês). [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 9781139487504 
  7. «Lithuania 'dumps austerity party'». BBC News (em inglês). 15 de outubro de 2012