VATSIM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

VATSIM é o acrônimo de Virtual Air Traffic Simulation Network, ou Rede de Simulação de Tráfego Aéreo Virtual. É uma organização sem fins lucrativos que opera e mantém uma rede de computadores que permite a qualquer pessoa munida de um computador e um conjunto específico de softwares conectar-se em rede com outras pessoas que simulam, em ambiente virtual, o controle de tráfego aéreo e a simulação de voo.

Objetivo[editar | editar código-fonte]

O objetivo da VATSIM é tornar a simulação o mais próxima possível dos procedimentos reais usados na aviação, incluindo procedimentos realísticos padronizados e fraseologia de rádio. Tal objetivo tornou a VATSIM um auxílio ao treinamento de estudantes da aviação que não possuem experiência na comunicação por rádio com o controle de tráfego aéreo, assim como pilotos privados e comerciais buscando melhorar suas habilidades, especialmente em comunicação por rádio.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Nos anos 90, a evolução da Internet e simuladores de voo modernos permitiram que os usuários voassem juntos usando funções multi-jogador dos simuladores. Em 1997, a primeira versão do SquawkBox foi criada na forma de um add-on para o Microsoft Flight Simulator 95, aumentando os recursos multi-jogador para permitir que uma grande quantidade de jogadores se conectasse ao jogo. ProController, um programa simulador de radar, foi criado no mesmo ano, e a rede SATCO foi formada pela crescente comunidade de entusiastas da aviação. Em dezembro de 1998, um grupo se separou da SATCO em razão de discordâncias, formando a IVAO. A VATSIM foi então oficialmente criada em julho de 2001, substituindo de fato a SATCO.[2] Em 2006, a VATSIM foi abordada numa reportagem de primeira página do Wall Street Journal.[3]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

A estrutura da VATSIM é semelhante a organizações equivalentes do mundo real. Ela é dividida em sete regiões:

  • Africa/Oriente Médio
  • Ásia
  • América Central/México/Caribe
  • Europa
  • América do Norte
  • Oceania
  • América do Sul

Tais regiões são respectivamente divididas nas chamadas Divisões, que abrangem o território de um ou mais países. As Divisões, por sua vez, são divididas em:

[4]

Software[editar | editar código-fonte]

A VATSIM é suportada pelo que é descrito como um software incrivelmente complexo e robusto, que permite a operação da rede..[5] Os usuários precisam de plugins próprios (como o SquawkBox ou o FSInn) para simuladores de voo (como o Microsoft Flight Simulator ou o X-Plane) para se conectar como pilotos, ou aplicações de simulação de radar (como o ASRC, o VRC ou o Euroscope) para se conectar como controlador de voo. Os aplicativos específicos da VATSIM são disponibilizados gratuitamente, e fornecidos pela própria rede.

O serviço de rede é fornecido por servidores operando com software proprietário localizados ao redor do mundo. Todos os servidores são interligados de forma que os usuários podem ver um ao outro na rede, independentemente do servidor ao qual cada um se conectou.

Existem também outras ferramentas disponíveis que não são essenciais para o uso da rede, mas que podem fornecer informações úteis.

Associação e treinamento[editar | editar código-fonte]

Usuários devem associar-se à organização como membros antes que possam conectar-se à rede. A associação é gratuita. Membros devem ter pelo menos 13 anos de idade. Não há taxas de uso para conexão à rede VATSIM.

A rede afirma possuir pouco menos de 130 mil usuários registrados, dos quais mais de 10 mil são classificados como ativos, em dezembro de 2006.[6] Em 2005, El Al, uma companhia aérea israelense, exigiu que mais de 700 dos seus novos pilotos passassem por uma simulação em computador que foi organizada pelos membros da VATSIM para fornecer treino realístico para seus pilotos.[7] [8]

Eventos[editar | editar código-fonte]

A rede VATSIM é aberta 24 horas por dia, e a indisponibilidade da rede é extremamente rara; pilotos e controladores são livres para se conectar e voar ou controlar em qualquer lugar no mundo a qualquer hora (sujeito a restrições de qualificação no caso de controladores). No entanto, a rede e centros de controle locais organizam eventos regularmente, para incentivar pilotos e controladores a trabalharem em conjunto em vários lugares do mundo, normalmente várias vezes por semana. Nos eventos mais populares, os níveis de tráfego são comparáveis àqueles dos mesmos locais na vida real.[carece de fontes?]

VATSIM e MITRE[editar | editar código-fonte]

Em 12 de Janeiro de 2008, após um longo período de planejamento e negociação, a VATSIM recebeu um grande evento de simulação como parte de uma colaboração com o Center for Advanced Aviation System Development (CAASD) (do inglês: Centro para o Desenvolvimento de Sistemas Avançados de Aviação) da MITRE Corporation para avaliar a viabilidade da VATSIM como plataforma para certas categorias de simulações de tráfego aéreo real. Cerca de 500 pilotos da VATSIM e dezenas de controladores de voo participaram no evento. Os pilotos voaram rotas previamente planejadas pela MITRE para simular níveis de tráfego aéreo reais dos aeroportos O'Hare em Chicago e Midway durante um período de várias horas, com aterrissagens e decolagens sendo separadas por apenas 2 minutos. Alguns objetivos desse primeiro evento cooperativo incluíram o teste de capacidade de carga da infraestrutura da rede da VATSIM e a avaliação das habilidades de pilotos e controladores de voo filiados à VATSIM. A análise detalhada do evento ainda estava sendo realizada no início de 2008.[9]

Administração[editar | editar código-fonte]

A VATSIM é governada por um conselho auto-indicativo de diretores o BoG (Board of Governors) e um comitê executivo para as regiões. O presidente atual ([2010]) da VATSIM é David Klain. A administração e operação cotidiana é inteiramente apoiada e realizada por voluntários, doações e patrocínio, e a organização é comprometida a manter os números atuais de membros e participação na aviação virtual na rede gratuitamente.[carece de fontes?]

Referências

  1. Maharg, Paul. Transforming Legal Education. [S.l.]: Ashgate Publishing, 2007. 165 p. ISBN 0754649709
  2. Terdiman, Daniel. "Into the wild blue virtual yonder", CNET News.com, 2006-12-16. Página visitada em 2008-04-29. “It formed in 2001 when internal politics in a precursor network, SATCO, caused a rupture that resulted in two rival networks: VatSim … and IVAO”
  3. Sanders, Peter. "In Imaginary Skies, Would-Be Controllers Guide Pretend Pilots", Wall Street Journal, 2006. Página visitada em 2008-04-29. (em English)
  4. Galvin, John. "Always a Dull Moment", Wired, 2003-03. Página visitada em 2008-04-14. (em English)
  5. Kimbrough, Steven O.; D. J. Wu. Formal Modelling In Electronic Commerce. [S.l.]: Birkhäuser, 2004. 17 p. ISBN 3540214313
  6. Terdiman, Daniel. "Into the wild blue virtual yonder", CNET News.com, 2006-12-16. Página visitada em 2008-04-29. (em English) “..the network has had just under 130,000 accounts registered, and has more than 10,000 active users…”
  7. Sanders, Peter. "In Imaginary Skies, Would-Be Controllers Guide Pretend Pilots", TecTrends, 2006. Página visitada em 2008-04-29. (em English) “In 2005, El Al, the Israeli airline, required more than 700 of its new pilots to go through a personal computer simulation that was hosted by the members of VATSIM”
  8. Margulius, David. "Tech jobs take stress to whole new levels", InfoWorld, 2006-05-26. Página visitada em 2008-04-29. (em English) “…is so realistic that some commercial airlines are starting to use it to train [their] pilots…”
  9. MITRE Corporation (12 de janeiro de 2008). VATSIM - Virtual Air Traffic Simulation Network.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Microsoft Flight Simulator IVAO

Ligações externas[editar | editar código-fonte]