Verdes Australianos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Verdes Australianos
Australian Greens
Líder Richard Di Natale
Fundação 1992
Sede Camberra,  Austrália
Ideologia Ecologismo
Ambientalismo
Liberalismo social
Social-democracia
Pacifismo
Espectro político Centro-esquerda a Esquerda
Afiliação internacional Global Verde
Câmara dos Representantes
1 / 150
Senado
9 / 76
Cores Verde

Os Verdes Australianos (em inglês: Australian Greens), normalmente conhecido como Os Verdes (em inglês: The Greens), é o partido político verde da Austrália.

O partido foi formado em 1992 e é hoje uma confederação de oito partidos do estado e do território. Além do ambientalismo, o partido cita quatro valores fundamentais: sustentabilidade ecológica, justiça social, democracia de base e paz e não violência[1].

A fundação do partido pode ser atribuído a várias origens - nomeadamente o movimento ambientalista inicial na Austrália e a formação do Grupo Unido da Tasmânia, um dos primeiros partidos verdes do mundo[2], mas também o movimento de desarmamento nuclear na Austrália Ocidental e secções de esquerda da zona industrial em Nova Gales do Sul. A coordenação entre grupos ambientalistas ocorreu na década de 1980 com vários protestos significativos. As principais pessoas envolvidas nessas campanhas eram Bob Brown e Christine Milne, que depois concorreram e ganharam assentos no Parlamento da Tasmânia e eventualmente formaram os Verdes da Tasmânia; Brown e Milne posteriormente se tornaram líderes do partido federal.

A nível federal, após as eleições federais australianas de 2016, os Verdes têm nove senadores e um membro na câmara baixa, 23 representantes eleitos em parlamentos estaduais e territoriais, mais de 100 deputados locais[3] e mais de 15 mil membros[4].

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Câmara dos Representantes[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
1993 5.º 196 702
1,9 / 100,0
0 / 147
Extra-parlamentar
1996 5.º 188 994
1,7 / 100,0
Baixa0,2
0 / 148
Estável Extra-parlamentar
1998 6.º 238 035
2,1 / 100,0
Aumento0,4
0 / 148
Estável Extra-parlamentar
2001 5.º 569 074
5,0 / 100,0
Aumento2,9
0 / 150
Estável Extra-parlamentar
2004 3.º 841 734
7,2 / 100,0
Aumento2,2
0 / 150
Estável Extra-parlamentar
2007 3.º 967 789
7,8 / 100,0
Aumento0,6
0 / 150
Estável Extra-parlamentar
2010 3.º 1 458 998
11,8 / 100,0
Aumento4,0
1 / 150
Aumento1 Apoio parlamentar
2013 4.º 1 116 918
8,7 / 100,0
Baixa3,1
1 / 150
Estável Oposição
2016 3.º 1 385 650
10,2 / 100,0
Aumento1,5
1 / 150
Estável Oposição

Referências

  1. developer@themonthly.com.au (2 de fevereiro de 2012). «The Australian Greens Party». The Monthly (em inglês) 
  2. «WHO WE ARE». Global Greens. 20 de abril de 2011 
  3. «Greens celebrate 40 years of movement». ABC News (em inglês). 23 de março de 2012 
  4. «Richard Di Natale dragging Greens towards reality». Financial Review (em inglês). 10 de janeiro de 2016