Partido Verde (Suécia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Ambiental - Os Verdes
Miljöpartiet De Gröna
Presidente Gustav Fridolin
e Åsa Romson
Fundação 1981
Sede  Suécia
Pustegränd 1-3, Estocolmo
Ideologia Ecologismo
Social liberalismo
Feminismo
Eurocepticismo
Espectro político Centro a Centro-esquerda
Membros  (2014) 20.200
Afiliação internacional Global Verde
Afiliação europeia Partido Verde Europeu
Grupo no Parlamento Europeu Grupo dos Verdes/Aliança Livre Europeia
Parlamento da Suécia
25 / 349
Parlamento Europeu
4 / 20
Cores Verde
Site
www.mp.se
A liderança dupla do Partido Verde - Gustav Fridolin e Åsa Romson.

O Partido Ambiental - Os Verdes (Miljöpartiet de Gröna) é um partido político ecologista da Suécia, fundado em 1981, na esteira do Referendo sobre a energia nuclear em 1980.[1][2]
Tem uma liderança bicéfala e paritária, atualmente personalizada por Gustav Fridolin e Åsa Romson.[2]
A sua organização juvenil é a "Juventude Verde" (Grön Ungdom).

Nas eleições parlamentares de 2014 o partido recebeu 6.89% dos votos, conquistando 25 assentos.
O partido tem 4 assentos no Parlamento Europeu, depois das eleições parlamentares europeias de 2014.

Participa no Governo Löfven, desde 2014, um governo minoritário de coligação verde-vermelha reunindo o Partido Social-Democrata, de centro-esquerda, e o Partido Verde, ecologista. [3][4]

Filiações[editar | editar código-fonte]

O Partido Verde integra o Grupo dos Verdes/Aliança Livre Europeia na União Europeia, e a Global Verde na arena internacional.[5]

Resultados Eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Votos % +/- Deputados +/- Status
1982 91 787 1,7 (7.º)
0 / 349
Extra-parlamentar
1985 83 645 1,5 (7.º) Baixa0,2
0 / 349
Estável Extra-parlamentar
1988 296 935 5,5 (6.º) Aumento4,0
20 / 349
Aumento20 Oposição
1991 185 051 3,4 (8.º) Baixa2,1
0 / 349
Baixa20 Extra-parlamentar
1994 225 974 5,0 (6.º) Aumento1,6
18 / 349
Aumento18 Oposição
1998 236 699 4,5 (7.º) Baixa0,5
16 / 349
Baixa2 Oposição
2002 246 392 4,7 (7.º) Aumento0,2
17 / 349
Aumento1 Oposição
2006 291 121 5,2 (7.º) Aumento0,5
19 / 349
Aumento2 Oposição
2010 437 435 7,3 (3.º) Aumento2,1
25 / 349
Aumento6 Oposição
2014 429 275 7,0 (4.º) Baixa0,3
25 / 349
Estável Governo

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data Votos % +/- Deputados +/-
1995 462 092 17,2 (3.º)
4 / 22
1999 239 946 9,5 (5.º) Baixa7,7
2 / 22
Baixa2
2004 149 603 6,0 (7.º) Baixa3,5
1 / 19
Baixa1
2009 349 114 11,0 (4.º) Aumento5,0
2 / 18
2 / 20
Aumento1

Estável

2014 572 591 15,4 (2.º) Aumento4,4
4 / 20
Aumento2

Referências

  1. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Miljöpartiet». Norstedts första svenska ordbok (em sueco) (Estocolmo: Norstedts ordbok). p. 399. ISBN 91-7227-186-8. 
  2. a b «Miljöpartiet de Gröna». Vad varje svensk bör veta (em sueco) (Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB). 2004. p. 123. ISBN 91-0-010680-1.  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)
  3. Johanna Cardell. «Stefan Löfven är ny statsminister» (em sueco). Expressen. Consultado em 2 de outubro de 2014. 
  4. «Sveriges regering» (em sueco). Chancelaria do Governo da Suécia (Regeringskansliet). Consultado em 9 de fevereiro de 2016. 
  5. «Members» (em inglês). The Greens-European Free Alliance. Consultado em 12 de fevereiro de 2016. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]