Vertanes I, o Parto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Vertanes I, o Parto
Católico de todos os armênios
Morte 341/342 em ?
Veneração por Igreja Apostólica Armênia
Gloriole.svg Portal dos Santos

Vertanes I, Vrtanes, Vratanes ou Vartanes I, o Parto (em armênio/arménio: Վրթանես Ա Պարթև; transl.: Vrtanes I Parthev) foi um católico de todos os armênios de 327/333 a 341/342. Vertanes foi o filho mais velho de São Gregório, o Iluminador[1] e sua esposa Miriam, e irmão de Aristácio I.[2]

Vertanes nasceu em Cesareia, na Capadócia, quando seu pai estava em exílio.[2] Foi educado e ordenado em Cesareia.[3] Casou-se e era pai de dois filhos, Iusice I e Gregório.[4] Sucedeu em 327[5] ou 333[6] seu irmão Aristácio I no trono catolicossal, que havia sucedido o pai deles[nt 1] e foi assassinado.[1] Foi dedicado a Cesareia.[8] Sua austeridade religiosa não foi apreciada por todos,[9] e escapou por pouco de uma tentativa de assassinato na igreja de Achtichat por membros da antiga casta religiosa pagã.[1] Morreu em 341[10] ou 342,[11] e seu filho Iusice o sucedeu.[9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Aristácio I
Católico de todos os armênios
327/333 a 341/342
Sucedido por
Iusice I

Notas

  1. Segundo Toumanoff, Aristácio é o coadjutor de seu pai e ele morreu um ano antes dele.[7]

Referências

  1. a b c Mahé 2007, p. 166
  2. a b Kurkjian 2008, p. 97
  3. Hasratyan 1996, p. 116
  4. Toumanoff 1990, p. 242-243
  5. Garsoian 2004, p. 85
  6. Grousset 1947, p. 128
  7. Toumanoff 1990, p. 242
  8. Garsoian 2004, p. 88
  9. a b Mahé 2007, p. 173
  10. Grousset 1947, p. 132
  11. Garsoian 1996, p. 239

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Garsoian, Nina (1996). L'Arménie et Byzance : histoire et culture (Paris: Publications de la Sorbonne). ISBN 9782859443009. 
  • Hasratyan, Mourad Hasratyan (1996). «Affinités architecturales arméno-byzantines au haut Moyen Âge : l'exemple des basiliques mononefs». In: Nina Garsoïan. L'Arménie et Byzance : histoire et culture (Paris: Publications de la Sorbonne). ISBN 9782859443009. 
  • Garsoian, Nina (2004). «The Aršakuni Dynasty (A.D. 12-[180?]-428)». In: Richard G. Hovannisian. Armenian People from Ancient to Modern Times, vol. I : The Dynastic Periods: From Antiquity to the Fourteenth Century Palgrave Macmillan [S.l.] ISBN 978-1-4039-6421-2. 
  • Grousset, René (1947). História da Armênia das origens à 1071 (Paris [s.n.]). 
  • Mahé, Jean-Pierre (2007). «Affirmation de l'Arménie chrétienne (vers 301-590)». In: Gérard Dédéyan. Histoire du peuple arménien (Tolosa: Éd. Privat). ISBN 978-2-7089-6874-5. 
  • Toumanoff, Cyril (1990). As dinastias do Cáucaso cristão: da Antiguidade ao século XIX: tabelas genealógicas e cronológicas (Roma [s.n.]).