Via Ânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trecho da Via Ânia em Altino.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com a Via Popília, também chamada de "Via Ânia".

Via Ânia (em latim: Via Annia) era uma estrada romana consular que atravessava a Gália Cisalpina e que ligava Atria a Aquileia, passando por Patávio e atravessando a quase inabitada região da lagoa através de Altino e Júlia Concórdia. A via teve um papel muito importante na romanização da região e era a principal ligação de Roma com a província nordestina de Nórica.

História[editar | editar código-fonte]

A Via Ânia foi construída pelo pretor Tito Ânio Rufo em 131 a.C.. Passando por trechos pantanosos no vale do baixo , calçadas ergueram a via pavimentada acima do nível do pântano. Já foram descobertos diversos pilares de pedra no caminho, um deles sobre o canal de Grassaga (1922) e outro sobre o antigo leito do Bidoggia. Algumas partes da estrada jamais caíram em desuso enquanto outras se perderam de tal forma que só foram precisamente identificadas com o advento da fotografia aérea, como foi o caso do trecho que atravessa a moderna San Donà di Piave. Entre Padua e Altino, diferentes trechos da estrada são citados nas fontes romanas, o que levou a uma discussão sobre em qual margem do rio Brenta a estrada estaria: dois postos de reabastecimento (em latim: mansiones) são conhecidos neste trecho, locais onde cavalos descansados e acomodações noturnas podiam ser encontrados.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Via Ânia