Victor Riqueti de Mirabeau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Victor Riqueti de Mirabeau
Nome nativo Victor Riqueti de Mirabeau
Nascimento 5 de outubro de 1715
Pertuis
Morte 13 de julho de 1789 (73 anos)
Argenteuil
Cidadania Reino da França
Filho(s) Honoré Gabriel Riqueti de Mirabeau
Ocupação economista, filósofo, escritor, político
Prêmios Cavaleiro da Ordem Real e Militar de São Luís
Título marquês

Victor Riqueti, marquês de Mirabeau (Pertuis, Vaucluse, 5 de outubro de 1715 - Argenteuil, 13 de julho de 1789) foi um economista e filósofo francês.

O marquês de Mirabeau foi o primeiro de sua família a trocar a carreira militar pelas letras. Em 1743, seu casamento com Marie-Geneviève de Vassan, originária do Limousin, permite-lhe testar suas teorias agronômicas nas terras da esposa. Participou da escola dos fisiocratas, e, entre suas publicações, destacam-se l’Ami des hommes ou Traité sur la population (1756) e sobretudo Philosophie rurale ou économie générale et politique de l'agriculture, réduite à l'ordre immuable des lois physiques et morales qui assurent la prospérité des empires (1763).

Era pai do conde de Mirabeau e do visconde de Mirabeau, duas grandes figuras da Revolução Francesa. Membro da Academia de Marseille, da Academia de La Rochelle e da Acedemia de Montauban,[1] foi discípulo de Cantillon e de Quesnay.[2]

O marquês de Mirabeau foi um dos primeiros fisiocratas.[3] Seus trabalhos sobre finanças e economia política, matérias pouco difundidas à época, valeram-lhe adversários e aliados igualmente fervorosos.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • marcio alves L'amie des hommes ou traité sur le population (1756)
  • Theorie de l'impôt (1760)
  • Philosophie rurale (1763)
  • Lettre sur le commerce des grains (1768)

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.