Vifredo I de Barcelona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vifredo I de Barcelona
Nascimento 841
Girona (Condado de Barcelona)
Morte 11 de agosto de 897
la Valldora (Condado de Barcelona)
Sepultamento Mosteiro de Santa Maria de Ripoll
Progenitores
Cônjuge Guinidilda
Filho(s) Miro II de Cerdanha, Sunifredo II de Urgel, Ema de Barcelona, Radulfo de Barcelona, Cixilona de Barcelona, Ermessenda de Barcelona, Suniário I de Barcelona, Vifredo II Borrell
Irmão(s) Miro the Elder, Radulf, Count of Besalú, Quíxol
Ocupação conde
Título conde, conde de Barcelona, count of Cerdagne, count of Conflent
Causa da morte morto em combate
Estátua em Madrid (L.S. Carmona, 1750-53).

Vifredo I de Barcelona também conhecido como Wilfredo, Vilfredo, Guifredo ou Guilfredo "o Cabeludo"[1] (83021 de Agosto de 897) foi conde de Barcelona desde 878 até 897, ano da sua morte.

Relações Familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Sunifredo de Narbona, conde de Barcelona, Urgel e Girona (785849) e de Ermesinda de Carcassonne, filha de Rogério I de Carcassonne, conde de Carcassonne e de Adelaide de Ruergue. Casou em 877 com Guinilda de Barcelona filha de Sunifredo de Barcelona, visconde de Barcelona de quem teve:

  1. Rodolfo de Barcelona, (870 ou 885940), foi o 34º Bispo de Urgel de 914 a 940 e abade no Mosteiro de Santa Maria de Ripoll.
  2. Vifredo II Borrell (874 - 911), conde de Barcelona (860911) casado com Gersende de Toulouse.
  3. Suniário I, (890 - 15 de Outubro de 950) conde de Barcelona, Ausone e Girona, casado por duas vezes, a 1ª com Aimildis de Gevaudan e a 2ª com Riquilda de Ruergue (905 - 955) filha de Ermengol I de Roergue e de Adelaida.
  4. Sunifredo II de urgel (c. 880 - 948), conde de Urgel (870948) casado com Adelaide de Ruergue (880 -?), filha de Armengol de Ruergue e Tolosa.
  5. Gunilda de Barcelona (c. 870 — 923 ou 926) casada com Raimundo II de Tolosa e Ruergue (870 - 923), conde de Tolosa e de Ruergue.
  6. Miro II de Cerdanha (c. 878 – 927), conde de Barcelona, Berga e Besalú casado com Casou com Ava de Ribagorça (c. - 962), filha de Raimundo II de Ribagorça, conde de Ribagorça
  7. Ema de Barcelona (880 - 942) abadessa no Mosteiro de São João das Abadessas.
  8. Ermesinda de Barcelona (? — 925)
  9. Cixilona de Barcelona (?- 945), abadessa do Mosteiro de Santa Maria do Caminho, fundado por sua irmã Emma.
  10. Riquilda de Barcelona.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Actas do 17º Congresso Internacional de Ciências Genealógica e Heráldica, Instituto Português de Heráldica, Lisboa, 1986. pg. 317 Tab. V.

Referências

  1. Guifré el Pilós em Catalão. na obra Gesta Comitum Barcinonensium onde é denominado Guiffredus Pilosus, and other early medieavl Latin spellings are Vuifredus, Wifredus, and Guifredus. The Crónica de San Juan de la Peña calls him Guiffré Pelloso.