Vilma Guimarães Rosa Reeves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vilma Guimarães Rosa Reeves
Em Brasília, Vilma Guimarães Rosa Reeves, filha do escritor Guimarães Rosa, participa de homenagem ao centenário de nascimento do escritor.
Nascimento 5 de Junho de 1931
Itaguara
Nacionalidade Brasil brasileira
Ocupação escritora

Vilma Guimarães Rosa Reeves (Itaguara,[1] 5 de Junho de 1931) é uma escritora brasileira, filha de João Guimarães Rosa. Vilma estudou no Rio de Janeiro, e completou seus estudos superiores na Universidade Sorbonne e na Aliança Francesa, em Paris, onde viveu durante alguns anos.[2] É casada com Peter Quiney Reeves, e mãe de Laura Beatriz e João Emilio, de seu primeiro casamento; é avó de Alice.[2]

Obras[2][editar | editar código-fonte]

  • Acontecências (1967)
  • Setestórias (1970)
  • Por que não? (1972) (Prêmio Afonso Arinos, da Academia Brasileira de Letras)
  • Serendipity (1974)
  • Carisma (1978)
  • Clique! (1981)
  • Relembramentos: João Guimarães Rosa, Meu Pai (Memórias Biográficas) (1983) (Prêmios "Joaquim Nabuco", da Academia Brasileira de Letras e "Ensaio Biográfico", do PEN Clube do Brasil)
  • As Visionárias (1983)
  • Mistérios do Existir (1999) (Menção Honrosa do Prêmio Ma1ba Tahan, da Academia Carioca de Letras e União Brasileira de Escritores).

Notas e referências

  1. O pai Guimarães Rosa havia aberto uma clínica médica na cidade, logo após ter se formado em Medicina, em Belo Horizonte.
  2. a b c Todas as obras citadas e seus prêmios em Guimarães Rosa, Centenário de Nascimento, notícia em Fundação Astrojildo Pereira (acesso: 29 de Junho de 2008)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]