X-Wife

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
X-Wife
Informação geral
Origem Porto
País  Portugal
Gênero(s) Rock
Indie rock
Pós-punk
Eletrônica
Período em atividade 2002 - atualmente
Gravadora(s) Afirma
Integrantes João Vieira
Fernando Sousa
Rui Maia
Página oficial Site Oficial

X-Wife é uma banda portuguesa de indie rock e pós-punk. É constituída por João Vieira (Dj Kitten) (voz/guitarra), Fernando Sousa (baixo) e Rui Maia (sintetizadores/teclas).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascidos no Porto, no início do século XXI, os X-Wife começaram a mostrar-se ao público português através do EP "Rockin'Rio/Eno/We Are". João Vieira (DJ Kitten), Rui Maia e Fernando Sousa dão corpo ao trio da invicta, catalogado inicialmente como dono de uma sonoridade electro/punk alternativo. Os X-Wife foram chegando a um público cada vez mais diverso, tendo para tal muito contribuído o álbum de estreia "Feeding The Machine", editado no início de 2004. Comparados a nomes como os Strokes ou os Rapture, os X-Wife já apontaram no currículo passagens por diversos festivais. Dois anos passados sobre "Feeding the Machine", o colectivo do Porto lançou "Side Effects", um novo longa duração, tendo ainda assegurado a edição dos dois registos em Espanha e nos EUA.

Em 2007 regressam ao Super Bock Super Rock, depois de uma primeira passagem em 2004, para se estrearem no palco principal do festival, isto já depois de várias actuações em alguns dos muitos palcos do South By Southwest em Austin, Texas, junto a David Fonseca e aos You Should Go Ahead. Um ano depois, o trio toca pela primeira vez no palco Heineken no festival de Paredes de Coura, antecedendo o lançamento do terceiro disco "Are You Ready For The Blackout?", no mês de Setembro. O novo registo é apresentado pelo single 'On The Radio', que conta com a participação de Raquel Ralha dos WrayGunn.

Em 2011 regressam com um novo álbum de originais com o nome "Infectious Affectional".

Depois de uma pausa de quase três anos – que viu João Vieira e Rui Maia editar álbuns de estreia com White Haus e Mirror People, e Fernando Sousa juntar-se aos Best Youth, There Must Be a Place e PZ – os X-Wife, agora com 13 anos de carreira, e acompanhados na bateria pelo parceiro dos últimos anos Nuno Sarafa, regressam em grande forma e não deixam nada ao acaso.

O novo single “Movin’ up”, produzido pela banda, mostra-nos uns energéticos X-Wife, que souberam aproveitar muito bem as suas recentes experiências paralelas. Um som mais rico e orgânico, que segue as tendências de “Infectious Affectional”, mas complementa-as com novos elementos e com músicos convidados.

Os X-Wife são a banda portuguesa presente na banda sonora do jogo de culto EA SPORTS FIFA 16. O tema Movin’ Up foi escolhido para o jogo e está ao lado de temas de reconhecidas bandas e artistas internacionais, como Bastille, Beck, Foals, Icona Pop e Unknown Mortal Orchestra.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Portugal.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.