Xianbei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pintura de uma tumba Xianbei escavada em 1982 na área de Zhao-yang (袁台子朝陽), ao lado do rio Daling, Liao-xi. Representação de um arqueiro Murong Xianbei. Antigo estado Yan (337-370).

Xianbei foi a maior e mais importante confederação tribal nomada da região estepe do norte da China, acima do rio Amur, durante os períodos da dinastia Jin (265-420) e dinastias do Norte (386-581).[1] Estabeleceram-se na atual Mongólia no século II — Manchúria, Mongólia Interior e leste da Mongólia, denominado Xianbei Shan, um termo histórico para a cadeia montanhosa do Grande Khingan — antes de migrarem para sul e oeste, nas zonas das atuais províncias chinesas de Shanxi, Shaanxi, Gansu, Qinghai, Hebei, Mongólia Interior e Liaoning. É provavel que alguns grupos xianbei tenham ocupado a antiga Heilongjiang a leste ou Hulun, a província imperial manchu, atualmente parte integrante das regiões de Khabarovsk e Amur do Extremo Oriente Russo.[2]

Antigos historiadores associam este povo como descendentes dos bárbaros Donghu do leste (東胡) e acreditam serem parentes do povo Wuhuan (烏桓). No entanto, existem vários conceitos sobre a sua filiação étnica e linguística. Enquanto alguns historiadores afirmam tratar-se de proto-mongóis, outros referem tratar-se de proto-turcos. Entre todas as tribos Xianbei aquela que maior êxito teve na governação foi Taγbač (rendição chinesa Tuoba 拓跋) que estabeleceu o domínio da dinastia Wei do Norte.[1][3]

Em finais do século III AEC, a poderosa confederação dos Xiongnu liderada pelo Chanyu Modu, subjugou os Hu do leste. Derrotados, os Xianbei migraram ainda mais para leste, para a região de Liaodong (遼東) e estabeleceram-se no sopé da montanha Xianbei (鮮卑山), a partir do qual o seu nome é derivado. Durante o reinado do Imperador Wu (漢武帝 r. 141-87 AEC), da dinastia Han (206 AEC-220 EC) que destruiu a confederação Xiongnu, os Hu do Leste foram forçados a reconhecer a soberania do império Han e obrigados a estabelecer-se mais a sul. Assim, os Xianbei migraram para a região do rio Siramuren.[1][4]

Referências

  1. a b c «Chinese History - Xianbei 鮮卑» (em inglês). chinaknowledge.de. 6 de abril de 2013. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  2. 鮮卑石室(嘎仙洞)祝詞Xianbei cave(Chinese Traditional Big5 code page) via Internet Archive
  3. Hao, Weimin (郝维民) and Qimudedaoerji (齐木德道尔吉), 2007, Neimenggu tong shi gang yao, Outline of Comprehensive History of Inner Mongolia 内蒙古通史纲要. Beijing (北京, Renmin chu ban she [People's Press] 人民出版社. p. 17).
  4. René Grousset (1885-1952) (1965, primeira edição: 1938). Payot, París, ed. PDFlink sem parâmetros%5b%5bCategoria:!Páginas com PDFlink sem parâmetros%5d%5d %5b%5bPortable document format|PDF%5d%5d «L'empire des steppes, Attila, Gengis-Khan, Tamerlan» Verifique valor |url= (ajuda) (PDF)  Verifique data em: |ano= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre a Mongólia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.