Yuji Ide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Yuji Ide
Yuji Ide em 2008, na Super GT.
Informações pessoais
Nacionalidade Japão Japonesa
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2006
Equipes Super Aguri
GPs disputados 4
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP Grande Prêmio do Bahrein de 2006
Último GP Grande Prêmio de San Marino de 2006

Yuji Ide (井出 有治, Ide Yuji - Saitama, 21 de Janeiro de 1975) é um piloto japonês de automobilismo, Começou sua carreira no Kart em 1990. Disputou categorias como a F-Nippon a Formula 1, e atualmente corre pela Super GT.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Inicio da Carreira[editar | editar código-fonte]

Lola utilizada por Ide na F-Nippon em 2005.

Yuji ide começou a correr de kart aos 15 anos de idade, desde então disputou vários campeonatos nacionais no Japão, no ano 2000 ele correu o Macau Grand Prix na China, começando assim sua carreira profissional, em 2003 ingressou na Formula Nippon e a JCTC, foi vice-campeão duas vezes, quando se mudou para a frança para disputar a Formula 3, porem voltou no ano seguinte para o automobilismo japonês.


Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Em 2006, Ide (também conhecido por Strike-Man) foi confirmado como um piloto de Fórmula 1 na equipe Super Aguri, sendo companheiro de equipe do compatriota Takuma Sato, em 16 de janeiro na sede da equipe na Inglaterra.

Na primeira etapa, no GP do Bahrein, Ide largou em 21° lugar, a 02:859 segundos atrás de Takuma Sato. Na corrida Ide abandonou na volta 35 com problemas de motor.

Na segunda etapa, no GP da Malásia, Ide largou em 18° lugar, a 01:709 segundos atrás de Sato. Na corrida Ide abandonou na volta 33 com problemas no acelerador.

Na terceira etapa, no GP da Austrália, Ide largou em 22° e ultimo lugar do grid a 03:885 segundos atrás de Sato. Na corrida completou sua primeira corrida em 13° lugar, a três voltas do líder.

No ultimo GP de Ide na Formula 1, no GP de San Marino largou em ultimo a 01:673 atrás de Takuma Sato. Na corrida Ide colidiu seu carro com a Midland de Christijan Albers, fazendo o holandês sair da pista e capotar o carro. Ide abandonou a corrida na volta 23 com problemas de suspensão, devido ao acidente. Apos o acidente, Ide foi demitido da equipe e sua super-licença, documento que permite ao piloto participar da Fórmula 1, foi cassada pela FIA. Sendo assim, foi expulso da categoria. Acaba sendo substituído pelo francês Franck Montagny, que depois viria a ser substituido por outro japonês, Sakon Yamamoto. Assim Ide nunca mais participou de uma corrida de Formula 1.

Em 2007 retornou para a Formula Nippon e começou a correr também na Super Gt, em 2009 entrou para a Civic Racing organizada pela Honda. Desde 2015 Yuji Ide disputa a Super GT, uma das principais categorias automobilismo japonês.

Reconhecido no mundo da Fórmula 1 como o pior piloto da era moderna e ficou com a carreira

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Yuji Ide
Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.