Takuma Sato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Takuma Sato
Takuma Sato 2012 WEC Fuji.jpg
Takuma Sato 2012 WEC Fuji
Informações pessoais
Nome completo Takuma Sato
Nacionalidade Japão Japonês
Nascimento 28 de janeiro de 1977 (40 anos)
Tóquio
Registros na Fórmula 1
Temporadas 20022008
Equipes 3 (Jordan, BAR, Super Aguri)
GPs disputados 91 (90 largadas)
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 1
Pontos 44
Primeiro GP GP da Austrália de 2002
Último GP GP da Espanha de 2008
Registros na FIA Fórmula E
Temporadas 2014-15
Equipes Team Aguri
ePrix's 1
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 2
Pole positions 0
Primeiro ePrix EPrix de Pequim de 2014
Último ePrix EPrix de Pequim de 2014
Registros na IndyCar Series
Temporadas 2010 -
Equipes 4 (KV Racing, Rahal Letterman Lanigan Racing, A. J. Foyt Enterprises, Andretti Autosport)
Corridas 125
Títulos 0
Vitórias 2
Pódios 6
Pontos 2189
Pole positions 5
Primeira corrida São Paulo, 2010
Última corrida 500 Milhas de Indianápolis de 2017

Takuma Sato (佐藤 琢磨, Satō Takuma?, Tóquio, 28 de Janeiro de 1977) é um piloto japonês de automobilismo.

Sato correu de 2002 a 2008 na Fórmula 1, sendo o segundo piloto japonês com mais pontos nesta categoria, atrás apenas de Kamui Kobayashi. Também foi o segundo piloto nipônico a subir no pódio na Fórmula 1.

Desde 2010 corre na Formula Indy. Em 2013, ao vencer o GP de Long Beach (a corrida de rua de maior prestígio dos Estados Unidos), tornou-se o primeiro piloto japonês a conquistar uma vitória na categoria[1]. Em 2017, aos 40 anos, venceu a 101ª edição da tradicional prova das 500 Milhas de Indianápolis, tornando-se o primeiro piloto asiático a vencer tal prova, e conquistando o maior feito individual de um piloto nipônico sobre quatro rodas.[2] Ele já havia flertado com a vitória nas 500 Milhas em 2012: na última volta, tentou passar Dario Franchitti por dentro na curva 1. Rodou, bateu, e deixou a vitória nas mãos do escocês.[2]

Por fim, Sato é o único piloto asiático que já chegou ao pódio tanto na Formula 1 quanto na Formula Indy.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sato comemorando o primeiro pódio conquistado no Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2004.

Em 2001, a Honda o levou à F-1, como piloto de testes da BAR.[2] Neste ano, Takuma Sato também disputou o campeonato da Fórmula 3 inglesa, quebrando o recorde de vitórias. Foi o primeiro em 12 das 13 corridas. Venceu também a Marlboro Masters da F3, em Zandvoort, e a corrida internacional que antecedeu o GP da Grã Bretanha.[3]

Sato faria sua primeira corrida oficial na Fórmula 1 no ano seguinte, pela equipe Jordan, tendo como ponto alto o quinto lugar no GP do Japão - na época, apenas seis pontuavam.[2]

Em 2003, tornou a ser piloto de testes na BAR, mas entrou no lugar de Jacques Villeneuve em Suzuka e terminou em sexto.[2]

Em 2004 e 2005, correu pela BAR. Em 2004, foi ao pódio pela primeira e única vez na F-1, quando chegou em terceiro lugar no Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2004, disputado no circuito misto de Indianapolis.[2] Este foi o segundo pódio da história conquistado por um piloto japonês na Fórmula 1

Em 2005, não conseguiu resultados muito convincentes para a equipe por seu carro acabar batendo em grandes prêmios e pelo seu carro no ano de 2005 ter se tornado muito inferior aos demais do grid, mesmo assim foi muito inferior ao seu companheiro de equipe. O que o fez perder o lugar para o brasileiro Rubens Barrichello na nova equipe Honda, em 2006.

Em 2006 passou a competir pela equipe japonesa Super Aguri. Seu melhor resultado foi um sexto lugar no GP do Canadá em 2007 quando ultrapassou Fernando Alonso, que estava com problemas hidráulicos e não conseguiu segurar a posição. Deixou a categoria em 2008, após o fim da equipe, no GP da Espanha.

IndyCar[editar | editar código-fonte]

Disputou de forma integral a temporada 2010 da IndyCar Series na equipe KV Racing com o carro # 5, com o patrocínio da Lotus Cars. Sato não fez uma boa temporada, tendo conquistado a 21º posição no campeonato geral com 214 pontos, muitas batidas e poucas provas concluídas.

Em 2013, Sato conquistou a primeira vitória de um japonês na Indy no GP de Long Beach pela tradicional equipe AJ Foyt chegando até liderar o campeonato na São Paulo Indy 300 foi presenteado por Bia Figueiredo com uma camisa do Sport Club Corinthians.[1]

Fórmula E[editar | editar código-fonte]

Em 2014, durante as férias da Fórmula Indy Sato passou a disputar a Fórmula E pela equipe Amlin Aguri.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe Chassi Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Classificação Pontos
2002 DHL Jordan Honda Jordan EJ12 Honda RA002E 3.0 V10 AUS
Ret
MAL
9
BRA
9
SMR
Ret
ESP
Ret
AUT
Ret
MON
Ret
CAN
10
EUR
16
GBR
Ret
FRA
Ret
GER
8
HUN
10
BEL
11
ITA
12
USA
11
JPN
5
15º 2
2003 Lucky Strike BAR Honda BAR 005 Honda RA003E 3.0 V10 AUS
MAL
BRA
SMR
ESP
AUT
MON
CAN
EUR
FRA
GBR
GER
HUN
ITA
USA
JPN
6
18º 3
2004 Lucky Strike BAR Honda BAR 006 Honda RA004E 3.0 V10 AUS
9
MAL
15
BHR
5
SMR
16
ESP
5
MON
Ret
EUR
Ret
CAN
Ret
USA
3
FRA
Ret
GBR
11
GER
8
HUN
6
BEL
Ret
ITA
4
CHN
6
JPN
4
BRA
6
34
2005 Lucky Strike BAR Honda BAR 007 Honda RA005E 3.0 V10 AUS
14
MAL
PO
BHR
Ret
SMR
DSQ
ESP
MON
EUR
12
CAN
Ret
USA
DNS
FRA
11
GBR
16
GER
12
HUN
8
TUR
9
ITA
16
BEL
Ret
BRA
10
JPN
DSQ
CHN
Ret
23º 1
2006 Super Aguri F1 Team Super Aguri SA05 Honda RA806E 2.4 V8 BHR
18
MAL
14
AUS
12
SMR
Ret
EUR
Ret
ESP
17
MON
Ret
GBR
17
CAN
15
USA
Ret
FRA
Ret
23º 0
Super Aguri SA06 Honda RA806E 2.4 V8 GER
Ret
HUN
13
TUR
NC
ITA
16
CHN
DSQ
JPN
15
BRA
10
2007 Super Aguri F1 Super Aguri SA07 Honda RA807E 2.4 V8 AUS
12
MAL
13
BHR
Ret
ESP
8
MON
17
CAN
6
USA
Ret
FRA
16
GBR
14
EUR
Ret
HUN
15
TUR
18
ITA
16
BEL
15
JPN
15
CHN
14
BRA
12
17º 4
2008 Super Aguri F1 Super Aguri SA08 Honda RA808E 2.4 V8 AUS
Ret
MAL
16
BHR
17
ESP
13
TUR
DNP
MON
CAN
FRA
GBR
GER
HUN
EUR
BEL
ITA
SIN
CHN
JPN
BRA
21º 0

IndyCar Series[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe Chassi Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Rank Pontos
2010 KV Racing Technology Dallara IR-05 Honda SAO
22
STP
22
ALA
25
LBH
18
KAN
24
INDY
20
TXS
25
IOW
19
WGL
15
TOR
25
EDM
9
MDO
25
SNM
18
CHI
26
KTY
27
MOT
12
HMS
18
21º 214
2011 KV Racing Technology – Lotus STP
5
ALA
17
LBH
21
SAO
8
INDY
33
TXS
5
TXS
12
MIL
8
IOW
19
TOR
20
EDM
21
MDO
4
NHM
7
SNM
18
BAL
18
MOT
10
KTY
15
LVS1
C
13º 282
2012 Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara DW12 STP
22
ALA
24
LBH
8
SAO
3
INDY
17
DET
20
TXS
22
MIL
20
IOW
12
TOR
9
EDM
2
MDO
13
SNM
27
BAL
21
FON
7
14º 281
2013 A. J. Foyt Enterprises STP
8
ALA
14
LBH
1
SAO
2
INDY
13
DET
19
DET
23
TXS
11
MIL
7
IOW
23
POC
22
TOR
24
TOR
20
MDO
22
SNM
23
BAL
24
HOU
17
HOU
14
FON
17
17º 322
2014 STP
7
LBH
22
ALA
13
IMS
9
INDY
19
DET
18
DET
18
TXS
18
HOU
22
HOU
19
POC
21
IOW
22
TOR
23
TOR
5
MDO
18
MIL
15
SNM
4
FON
6
18º 350
2015 STP
13
NLA
22
LBH
18
ALA
17
IMS
9
INDY
13
DET
11
DET
2
TXS
16
TOR
10
FON
18
MIL
14
IOW
19
MDO
24
POC
6
SNM
8
14º 323
2016 STP
6
PHX
15
LBH
5
ALA
13
IMS
18
INDY
26
DET
11
DET
10
RDA
17
IOW
11
TOR
5
MDO
9
POC
22
TXS
20
WGL
17
SNM
14
17º 320
2017 Andretti Autosport STP
5
LBH
18
ALA
9
PHX
16
IMS
12
INDY
1
DET
DET
TEX
ROA
IOW
TOR
MDO
POC
GMP
WGL
SNM
10º* 97*

Resultados da 500 Milhas de Indianápolis[editar | editar código-fonte]

Ano Chassi Motor Classificação Resultado Equipe/time
2010 Dallara Honda 31 20 KV Racing Technology
2011 Dallara Honda 10 33 KV Racing Technology – Lotus
2012 Dallara Honda 19 17 Rahal Letterman Lanigan Racing
2013 Dallara Honda 18 13 A. J. Foyt Enterprises
2014 Dallara Honda 23 19 A. J. Foyt Enterprises
2015 Dallara Honda 24 13 A. J. Foyt Enterprises
2016 Dallara Honda 12 26 A. J. Foyt Enterprises
2017 Dallara Honda 4 1 Andretti Autosport
  • *Temporada em andamento.

Referências

  1. a b grandepremio.com.br/ Primeiro vencedor japonês da Indy, Sato atribui mérito da vitória à equipe: "Simplesmente fantástico"
  2. a b c d e f espn.uol.com.br/ De "mais um japonês ruim da F-1" a vencedor da Indy 500: a trajetória de Takuma Sato
  3. enciclopediaf1.com.br/ Takuma Sato: Biografia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Takuma Sato
F1 chequered flag.svg Este artigo sobre um(a) automobilista, integrado ao Projeto Automobilismo, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.