Grande Prêmio da Itália de 2008

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Grande Prêmio da Itália
de Fórmula 1 de 2008
Monza track map.svg
73º GP da Itália realizado em Monza
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 14 de setembro de 2008
Nome oficial LXXIX Gran Premio Santander d'Italia[1][nota 1]
Local Autódromo Nacional de Monza, Monza, Monza e Brianza, Lombardia, Itália
Percurso 5.793 km
Total 53 voltas / 307.029 km
Condições do tempo Chuva forte, seco no final
Pole
Piloto
Alemanha Sebastian Vettel Toro Rosso-Ferrari
Tempo 1:37.555
Volta mais rápida
Piloto
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari
Tempo 1:28.047 (na volta 53)
Pódio
Primeiro
Alemanha Sebastian Vettel Toro Rosso-Ferrari
Segundo
Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes
Terceiro
Polónia Robert Kubica BMW Sauber

Resultados do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 realizado em Monza em 14 de setembro de 2008. Décima quarta etapa do campeonato, foi vencido pelo alemão Sebastian Vettel, da Toro Rosso-Ferrari, com Heikki Kovalainen em segundo pela McLaren-Mercedes e Robert Kubica em terceiro pela BMW Sauber.[2][3][nota 2]

Resumo[editar | editar código-fonte]

No sábado, Sebastian Vettel conquistou a primeira pole position de sua carreira, bem como a única de sua equipe, a Toro Rosso.[4]

Robert Kubica voltou aos pódios da F1 com uma boa corrida combinada com uma estratégia audaciosa. Ele juntamente com Fernando Alonso e alguns outros que se deram bem, optaram por uma só parada na corrida e garantiram pontos importantes. Os pontos de Kubica ajudaram a se distanciar de Kimi Räikkönen no Mundial de Pilotos abrindo então 7 pontos para o campeão mundial, e os de Alonso fizeram a Renault ultrapassar a Toyota, assumindo assim a quarta posição no Mundial de Construtores.

Felipe Massa não teve uma corrida muito boa, chegou de onde largou (sexta posição) e não conseguiu muitas façanhas, e o pior lançou mão do motor coringa por causa de um problema apresentado no sábado, além disso a Ferrari demonstrou que não conseguiu resolver o problema de aderência dos pneus em pistas com baixa temperatura. Já Lewis Hamilton optou pela estratégia de uma parada, chegando a lutar pela vitória. Porém a pista foi secando e como os demais pilotos, teve que fazer uma nova parada para trocar os pneus de chuva pelos intermediários, decretando assim o sétimo lugar.

Esse foi o pódio mais jovem na Fórmula 1 (o último de Heikki Kovalainen) com média de 23 anos. Nele, depois de tocar o hino da Alemanha (para Vettel), foi tocado o hino da Itália (para a equipe Toro Rosso) e Vettel repetiu os gestos de Michael Schumacher nos tempos na Ferrari.

Classificação da prova[editar | editar código-fonte]

Treinos classificatórios[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Grid
1 15 Alemanha Sebastian Vettel Toro Rosso-Ferrari 1:35.464 1:35.837 1:37.555 1
2 23 Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 1:35.214 1:35.843 1:37.631 2
3 10 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 1:36.001 1:36.306 1:38.117 3
4 14 França Sébastien Bourdais Toro Rosso-Ferrari 1:35.543 1:36.175 1:38.445 4
5 7 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 1:35.485 1:35.898 1:38.767 5
6 2 Brasil Felipe Massa Ferrari 1:35.536 1:36.676 1:38.894 6
7 11 Itália Jarno Trulli Toyota 1:35.906 1:36.008 1:39.152 7
8 5 Espanha Fernando Alonso Renault 1:36.297 1:36.518 1:39.751 8
9 12 Alemanha Timo Glock Toyota 1:35.737 1:36.525 1:39.787 9
10 3 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 1:35.709 1:36.626 1:39.906 10
11 4 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 1:35.553 1:36.697 11
12 21 Itália Giancarlo Fisichella Force India-Ferrari 1:36.280 1:36.698 12
13 9 Reino Unido David Coulthard Red Bull-Renault 1:36.485 1:37.284 13
14 1 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 1:35.965 1:37.522 14
15 22 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:35.394 1:39.265 15
16 17 Brasil Rubens Barrichello Honda 1:36.510 16
17 6 Brasil Nelson Piquet Jr. Renault 1:36.630 17
18 8 Japão Kazuki Nakajima Williams-Toyota 1:36.653 18
19 16 Reino Unido Jenson Button Honda 1:37.006 19
20 20 Alemanha Adrian Sutil Force India-Ferrari 1:37.417 20
Fonte:[5]

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 15 Alemanha Sebastian Vettel Toro Rosso-Ferrari 53 1:26:47.494 1 10
2 23 Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 53 + 12.512 2 8
3 4 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 53 + 20.471 11 6
4 5 Espanha Fernando Alonso Renault 53 + 23.903 8 5
5 3 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 53 + 27.748 10 4
6 2 Brasil Felipe Massa Ferrari 53 + 28.816 6 3
7 22 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 53 + 29.912 15 2
8 10 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 53 + 32.048 3 1
9 1 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 53 + 39.468 14
10 6 Brasil Nelson Piquet Jr. Renault 53 + 54.445 17
11 12 Alemanha Timo Glock Toyota 53 + 58.888 9
12 8 Japão Kazuki Nakajima Williams-Toyota 53 + 1:02.015 18 [nota 3]
13 11 Itália Jarno Trulli Toyota 53 + 1:05.954 7
14 7 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 53 + 1:08.635 5
15 16 Reino Unido Jenson Button Honda 53 + 1:13.370 19 [nota 3]
16 9 Reino Unido David Coulthard Red Bull-Renault 52 + 1 volta 13
17 17 Brasil Rubens Barrichello Honda 52 + 1 volta 16
18 14 França Sébastien Bourdais Toro Rosso-Ferrari 52 + 1 volta 4 [nota 3]
19 20 Alemanha Adrian Sutil Force India-Ferrari 51 + 2 voltas 20
Ret 21 Itália Giancarlo Fisichella Force India-Ferrari 11 Acidente 12
Fonte:[2]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas.

Notas

  1. Em 1950 seria realizado o vigésimo "Grande Prêmio da Itália", mas o mesmo foi erroneamente creditado como o vigésimo primeiro e por esta razão a numeração oficial do evento contém uma prova a mais que as efetivamente realizadas.
  2. Voltas na liderança: Sebastian Vettel 49 voltas (1-18; 23-53), Heikki Kovalainen 4 voltas (19-22).
  3. a b c Sébastien Bourdais, Kazuki Nakajima e Jenson Button largaram do pit lane.

Referências

  1. a b c «2008 Italian GP – championships (em inglês) no Chicane F1». Consultado em 6 de setembro de 2021 
  2. a b «Formula 1™ Gran Premio Santander d'Italia 2008 - race result» (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  3. Fred Sabino (14 de setembro de 2018). «Primeira vitória de Sebastian Vettel na Fórmula 1 completa uma década». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 6 de setembro de 2021 
  4. Fred Sabino (9 de julho de 2020). «Dez mais: os pilotos que tiveram maior intervalo entre a primeira e a última vitórias na F1». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 9 de julho de 2020 
  5. «Formula 1™ Gran Premio Santander d'Italia 2008 - qualifying» (em inglês). Consultado em 6 de setembro de 2021 

Precedido por
Grande Prêmio da Bélgica de 2008
Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 2008
Sucedido por
Grande Prêmio de Singapura de 2008
Precedido por
Grande Prêmio da Itália de 2007
Grande Prêmio da Itália
78ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Itália de 2009