Grande Prêmio da Hungria de 2008

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio da Hungria de F-1 2008
Circuit Hungaroring.png
Grande Prêmio da Hungria de 2008.
Detalhes da corrida
Data 3 de Agosto de 2008
Local Hungaroring, Budapeste, Hungria
Total 70 voltas / 306.66 km
Pole
Piloto
Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes
Tempo 1:20.899
Volta mais rápida
Piloto
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari
Tempo 1:21.195 (na volta 62)
Pódio
Primeiro
Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes
Segundo
Alemanha Timo Glock Toyota
Terceiro
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari

O Grande Prêmio da Hungria de 2008 foi a décima primeira corrida da temporada de 2008 da Fórmula 1. Teve como vencedor Heikki Kovalainen da McLaren-Mercedes. Este GP ficou marcado pelo abandono de Felipe Massa há 3 voltas de vencer a corrida, devido a um problema no motor, depois de largar em terceiro e ultrapassar Hamilton e Kovalainen na primeira curva.

Clasificação[editar | editar código-fonte]

Pos No nome Construtor Parte 1 Parte 2 Parte 3 Grid
1 22 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:19.376 1:19.473 1:20.899 1
2 23 Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 1:19.945 1:19.480 1:21.140 2
3 2 Brasil Felipe Massa Ferrari 1:19.578 1:19.068 1:21.191 3
4 4 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 1:20.053 1:19.776 1:21.281 4
5 12 Alemanha Timo Glock Toyota 1:19.980 1:19.246 1:21.326 5
6 1 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 1:20.006 1:19.546 1:21.516 6
7 5 Espanha Fernando Alonso Renault 1:20.229 1:19.816 1:21.698 7
8 10 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 1:20.073 1:20.046 1:21.732 8
9 11 Itália Jarno Trulli Toyota 1:19.942 1:19.486 1:21.767 9
10 6 Brasil Nelson Piquet Jr. Renault 1:20.583 1:20.131 1:22.371 10
11 15 Alemanha Sebastian Vettel Toro Rosso-Ferrari 1:20.157 1:20.144 11
12 16 Reino Unido Jenson Button Honda 1:20.888 1:20.332 12
13 9 Reino Unido David Coulthard Red Bull-Renault 1:20.505 1:20.502 13
14 14 França Sébastien Bourdais Toro Rosso-Ferrari 1:20.640 1:20.963 19[1]
15 7 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 1:20.748 sem tempo 14
16 3 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 1:21.045 15
17 8 Japão Kazuki Nakajima Williams-Toyota 1:21.085 16
18 17 Brasil Rubens Barrichello Honda 1:21.332 17
19 21 Itália Giancarlo Fisichella Force India-Ferrari 1:21.670 18
20 20 Alemanha Adrian Sutil Force India-Ferrari 1:22.113 20

Corrida[editar | editar código-fonte]

Felipe Massa lamentando a quebra de seu motor faltando três voltas para o fim da corrida.
Pos No Piloto Construtor Voltas Tempo/Saída Grid Pontos
1 23 Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 70 1:37:27.067 2 10
2 12 Alemanha Timo Glock Toyota 70 +11.061 5 8
3 1 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 70 +16.856 6 6
4 5 Espanha Fernando Alonso Renault 70 +21.614 7 5
5 22 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 70 +23.048 1 4
6 6 Brasil Nelson Piquet Jr. Renault 70 +32.298 10 3
7 11 Itália Jarno Trulli Toyota 70 +36.449 9 2
8 4 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 70 +48.321 4 1
9 10 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 70 +58.834 8
10 3 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 70 +1:07.709 15
11 9 Reino Unido David Coulthard Red Bull-Renault 70 +1:10.407 13
12 16 Reino Unido Jenson Button Honda 69 +1 volta 12
13 8 Japão Kazuki Nakajima Williams-Toyota 69 +1 volta 16
14 7 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 69 +1 volta 14
15 21 Itália Giancarlo Fisichella Force India-Ferrari 69 +1 volta 18
16 17 Brasil Rubens Barrichello Honda 68 +2 voltas 17
17 2 Brasil Felipe Massa Ferrari 67 Motor 3
18 14 França Sébastien Bourdais Toro Rosso-Ferrari 67 +3 voltas 19
Ret 20 Alemanha Adrian Sutil Force India-Ferrari 62 Pneus/Freios 20
Ret 15 Alemanha Sebastian Vettel Toro Rosso-Ferrari 22 Batida 11

Voltas de Liderança[editar | editar código-fonte]

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

  • Primeira vitória de Heikki Kovalainen
  • Kovalainen foi o 100º piloto a vencer um Grande Prêmio de Fórmula 1.[2]
  • Primeiro Pódio de Timo Glock
  • Primeira e única corrida que Rubens Barrichello terminou na última posição em sua longa carreira na F1.

Detalhes: Todos que abandonaram estavam a sua frente quando do ocorrido. Ao fim da corrida a equipe Honda pediu desculpas a ele através do rádio pelo resultado.

Corrida com diversos problemas durante o reabastecimento. Mecânicos precisaram usar extintores para apagar princípios de incêndios nos dois pits de Bourdais e em um de Barrichello. Kubica também teve problemas, mas sem fogo.

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Observe que somente as cinco primeiras posições estão incluídas na tabela.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Bourdais é punido com a perda de cinco posições». Autosport.com. 2 de agosto de 2008. Consultado em 2 de agosto de 2008 
  2. «Kovalainen vence o GP da Hungria». autosport.com. 3 de agosto de 2008. Consultado em 3 de agosto de 2008 

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Prova Anterior:
Grande Prêmio da Alemanha de 2008
Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1
Temporada 2008
Próxima Prova:
Grande Prêmio da Europa de 2008

Prova Anterior:
Grande Prêmio da Hungria de 2007
Grande Prêmio da Hungria Próxima Prova:
Grande Prêmio da Hungria de 2009