Grande Prêmio da Hungria de 2002

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Grande Prêmio da Hungria
de Fórmula 1 de 2002
Circuit Hungaroring1999.png
Décimo sétimo GP da Hungria em Hungaroring
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 18 de agosto de 2002
Nome oficial XVIII Marlboro Magyar Nagydíj
Local Hungaroring, Mogyoród, Condado de Peste, Hungria
Percurso 3.975 km
Total 77 voltas / 306.075 km
Condições do tempo Quente, ensolarado, parcialmente nublado, ar 28 °C
Pole
Piloto
Brasil Rubens Barrichello Ferrari
Tempo 1:13.333
Volta mais rápida
Piloto
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Tempo 1:16.207 (na volta 72)
Pódio
Primeiro
Brasil Rubens Barrichello Ferrari
Segundo
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Terceiro
Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW

Resultados do Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1 (oficialmente XVIII Marlboro Magyar Nagydíj) realizado em Hungaroring em 18 de agosto de 2002. Décima terceira etapa da temporada, foi vencido pelo brasileiro Rubens Barrichello, que subiu ao pódio junto a Michael Schumacher numa dobradinha da Ferrari, com Ralf Schumacher em terceiro pela Williams-BMW.[1][2][nota 1]

Resumo[editar | editar código-fonte]

  • Primeira corrida de Anthony Davidson. O inglês, piloto de testes da BAR, foi contratado pela Minardi para o lugar do malaio Alex Yoong, afastado por deficiência técnica.
  • Ferrari conquista o quarto título consecutivo no mundial de construtores.

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 2 Brasil Rubens Barrichello Ferrari 77 1:41:49.001 1 10
2 1 Alemanha Michael Schumacher Ferrari 77 + 0.434 2 6
3 5 Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW 77 + 13.356 3 4
4 4 Finlândia Kimi Räikkönen McLaren-Mercedes 77 + 29.479 11 3
5 3 Reino Unido David Coulthard McLaren-Mercedes 77 + 37.800 10 2
6 9 Itália Giancarlo Fisichella Jordan-Honda 77 + 1:08.804 5 1
7 8 Brasil Felipe Massa Sauber-Petronas 77 + 1:13.612 7
8 14 Itália Jarno Trulli Renault 76 + 1 volta 6
9 7 Alemanha Nick Heidfeld Sauber-Petronas 76 + 1 volta 8
10 10 Japão Takuma Sato Jordan-Honda 76 + 1 volta 14
11 6 Colômbia Juan Pablo Montoya Williams-BMW 76 + 1 volta 4
12 12 França Olivier Panis BAR-Honda 76 + 1 volta 12
13 17 Espanha Pedro de La Rosa Jaguar-Cosworth 75 + 2 voltas 15
14 25 Reino Unido Allan McNish Toyota 75 + 2 voltas 18
15 24 Finlândia Mika Salo Toyota 75 + 2 voltas 17
16 23 Austrália Mark Webber Minardi-Asiatech 75 + 2 voltas 19
Ret 22 Reino Unido Anthony Davidson Minardi-Asiatech 58 Spun off 20
Ret 15 Reino Unido Jenson Button Renault 30 Spun off 9
Ret 16 Reino Unido Eddie Irvine Jaguar-Cosworth 23 Motor 16
Ret 11 Canadá Jacques Villeneuve BAR-Honda 20 Transmissão 13
Fonte:[1]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas e os campeões da temporada surgem grafados em negrito.

Notas

  1. Voltas na liderança: Rubens Barrichello 76 voltas (1-32; 34-77), Ralf Schumacher 1 volta (33).

Referências

  1. a b «Marlboro Magyar Nagydíj 2002 - race result» (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  2. Livio Oricchio (19 de agosto de 2002). «Rubinho vence. Ferrari é campeã dos construtores. Esporte – pág. E-6». acervo.estadao.com.br. O Estado de S. Paulo. Consultado em 24 de junho de 2020 
  3. a b «Hungarian GP, 2002 (em inglês) no grandprix.com». Consultado em 24 de junho de 2020 

Precedido por
Grande Prêmio da Alemanha de 2002
Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 2002
Sucedido por
Grande Prêmio da Bélgica de 2002
Precedido por
Grande Prêmio da Hungria de 2001
Grande Prêmio da Hungria
18ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Hungria de 2003