Graham Hill

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Graham Hill
HillGraham1969Aug.jpg
Graham Hill no Grande Prêmio da Alemanha de 1969
Informações pessoais
Nome completo Norman Graham Hill
Nacionalidade Reino Unido britânico
Nascimento 15 de fevereiro de 1929
Hampstead, Grande Londres
Morte 29 de novembro de 1975 (46 anos)
Arkley, Grande Londres
Registros na Fórmula 1
Temporadas 1958-1975
Equipes 4 (Lotus, BRM, Brabham e Hill)
GPs disputados 179 (176 largadas)
Títulos 2 (1962 e 1968)
Vitórias 14
Pódios 36
Pontos 289 (270)1
Pole positions 13
Voltas mais rápidas 10
Primeiro GP Mónaco GP de Mônaco de 1958
Primeira vitória Países Baixos GP da Holanda de 1962
Última vitória Mónaco GP de Mônaco de 1969
Último GP Brasil GP do Brasil de 1975

Norman Graham Hill ou mais conhecido no automobilismo como Graham Hill (Hampstead, 15 de fevereiro de 192929 de novembro de 1975) foi um piloto britânico nascido na Inglaterra bicampeão mundial de Fórmula 1 em 1962 e 1968. Ele esteve na categoria por 18 temporadas entre 1958 e 1975, foi também dono de equipe. Ele é o único piloto a vencer a Tríplice Coroa do Automobilismo24 horas de Le Mans(em 1972), 500 milhas de Indianápolis(em 1966) e Grande Prêmio de Mônaco(em 1963, 1964, 1965, 1968 e 1969).[1][2]

Hill e seu filho Damon são os únicos pai e filho a ter ganho o Campeonato Mundial de Fórmula 1. Neto do Hill, Josh Hill, filho de Damon, também fez sua carreira através das categorias e aposentou-se na Fórmula 3 em 2013 com a idade de 22 anos.

Ele recebeu o apelido de Mr. Mônaco, em função das cinco vitórias em Monte Carlo na década de 1960: 1963, 1964, 1965, 1968 e 1969 - sua última vitória na categoria. A sua marca foi superada 24 anos depois pelo brasileiro Ayrton Senna, que obteve a sexta em 1993. O seu sobrenome Hill não tem nenhum grau de parentesco com Phil Hill, piloto norte-americano campeão de Fórmula 1 em 1961.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Graham Hill correndo em Zandvoort na BRM.

Nascido em Hampstead, Londres, Graham ficou conhecido durante a parte final de sua carreira por sua inteligência e paciência. Ele iniciou sua carreira na Fórmula 1 aos 29 anos correndo pela Lotus. Depois de dois anos sem marcar sequer um ponto, entrou na BRM, e venceu seu primeiro campeonato em 1962. Ainda na BRM, ele foi vice-campeão em 1963, 1964 e 1965. Seu segundo título veio depois de voltar para a Lotus em 1968. Nesse mesmo ano, ele venceu o GP da Espanha com a Lotus patrocinada pela Gold Leaf, na primeira aparição de um carro estampado por uma empresa tabagista sem vínculo com o meio automobilístico.

Graham sobreviveu a vários acidentes antes de se aposentar aos 46 anos e montar sua própria equipe, Embassy Hill na Fórmula 1.

Em 29 de novembro de 1975, um sábado, uma intensa neblina envolvia Londres, na Inglaterra, à noite. O pequeno avião bimotor particular de matrícula norte-americana, um Piper Aztec, solicitou autorização de pousar no aeroporto de Heathrow. A pista estava fechada. Tentou em Gatwick; também fechado. Como última opção, voou para o pequeno aeroporto de Elstree, em Barnet, 16 quilômetros ao norte de Londres, voando baixo e com uma visibilidade de 100 metros. No clube Arkley, um campo de golfe, a 3 km da pista, houve um choque com algumas árvores, a queda, a explosão. 6 pessoas morreram na hora. Entre elas, Graham Hill, 46 anos.

O reconhecimento oficial foi feito através de sua ficha dentária. Os corpos, carbonizados, estavam irreconhecíveis. O avião vinha sob seu comando, de um voo que começara 10 minutos antes do acidente. Na Europa, 18 horas e 30 minutos em Marselha, França, Graham Hill tinha passado o dia no autódromo de Paul Ricard fazendo testes no novo carro de sua equipe.

Além dele, dentro do avião estavam 5 membros da equipe, incluindo o engenheiro, três mecânicos e o piloto da equipe de F1 e compatriota de Hill, Tony Brise[3].

Graham era casado com Bette Hill desde 1955 e deixou três filhos: Brigitte (mais velha), Damon Hill (do meio, que depois se tornaria campeão mundial de Fórmula 1 em 1996) e Samantha. Seu funeral foi na abadia de St Albans, e ele está enterrado na igreja de St Botolphs em Shenley.

Em 1990, Graham foi introduzido ao International Motorsports Hall of Fame.

Resultados na Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

(Legenda: Corrida em negrito indica pole position e em itálico volta mais rápida)

Ano Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Pontos Posição
1958 Team Lotus Lotus 12 Climax FPF L4 MON
Ret
D
HOL
Ret
D
BEL
Ret
D
0 NC
(22º)
Lotus 16 FRA
Ret
D
GBR
Ret
D
GER
Ret2
D
POR
Ret
D
ITA

D
MAR
16º
D
1959 Team Lotus Lotus 16 Climax FPF L4 MON
Ret
D
HOL

D
FRA
Ret
D
GBR

D
GER
Ret
D
POR
Ret
D
ITA
Ret
D
0 NC
(25º)
1960 Owen Racing Organisation BRM P25 BRM P25 L4 ARG
Ret
D
4 15º
BRM P48 MON

D
HOL

D
BEL
Ret
D
FRA
Ret
D
GBR
Ret
D
POR
Ret
D
EUA
Ret
D
1961 Owen Racing Organisation BRM P48/57 BRM FPF L4 MON
Ret
D
HOL

D
BEL
Ret
D
FRA

D
GBR
Ret
D
GER
Ret
D
ITA
Ret
D
EUA

D
3 16º
1962 Owen Racing Organisation BRM P57 BRM P56 V8 HOL

D
MON

D
BEL

D
FRA

D
GBR

D
GER

D
ITA

D
EUA

D
RSA

D
421
(52)
1963 Owen Racing Organisation BRM P57 BRM P56 V8 MON

D
BEL
Ret
D
HOL
Ret
D
GBR

D
GER
Ret
D
EUA

D
MEX

D
RSA

D
29
BRM P61 FRA
3
D
ITA
16º
D
1964 Owen Racing Organisation BRM P261 BRM P60 V8 MON

D
HOL

D
BEL

D
FRA

D
GBR

D
GER

D
AUT
Ret
D
ITA
Ret
D
EUA

D
MEX
11º
D
391
(41)
1965 Owen Racing Organisation BRM P261 BRM P60 V8 RSA

D
MON

D
BEL

D
FRA

D
GBR

D
HOL

D
GER

D
ITA

D
EUA

D
MEX
Ret
D
401
(47)
1966 Owen Racing Organisation BRM P261 BRM P75 V8 MON

D
BEL
Ret
D
FRA
Ret
D
GBR

D
HOL

D
GER

D
17
BRM P83 BRM P60 H16 ITA
Ret
D
EUA
Ret
D
MEX
Ret
D
1967 Team Lotus Lotus 43 BRM P75 H16 RSA
Ret
F
15
Lotus
33
Ford Cosworth
DFV V8
MON

F
Lotus 49 HOL
Ret
F
BEL
Ret
F
FRA
Ret
F
GBR
Ret
F
GER
Ret
F
CAN

F
ITA
Ret
F
EUA

F
MEX
Ret
F
1968 Team Lotus Lotus 49 Ford Cosworth
DFV V8
RSA

F
48
Gold Leaf Team Lotus Lotus 49B ESP

F
MON

F
BEL
Ret
F
HOL

F
FRA
Ret
F
GBR
Ret
F
GER

F
ITA
Ret
F
CAN

F
EUA

F
MEX

F
1969 Gold Leaf Team Lotus Lotus 49B Ford Cosworth
DFV V8
RSA

F
ESP
Ret
F
MON

F
HOL

F
FRA

F
GBR

F
GER

F
ITA

F
CAN
Ret
F
EUA
Ret
F
19
1970 Rob Walker Racing Team Lotus 49C Ford Cosworth
DFV V8
RSA

F
ESP

F
7 13º
Brooke Bond Oxo Racing/
Rob Walker
MON

F
BEL
Ret
F
HOL
NC
F
FRA
10º
F
GBR

F
GER
Ret
F
Lotus 72C ITA
DNS
F
CAN
NC
F
EUA
Ret
F
MEX
Ret
F
1971 Motor Racing
Developments Ltd
Brabham BT33 Ford Cosworth
DFV V8
RSA

G
2 21º
Brabham BT34 ESP
Ret
G
MON
Ret
G
HOL
10º
G
FRA
Ret
G
GBR
Ret
G
GER

G
AUT

G
ITA
Ret
G
CAN
Ret
G
EUA

G
1972 Motor Racing
Developments Ltd
Brabham BT33 Ford Cosworth
DFV V8
ARG
Ret
G
RSA

G
4 15º
Brabham BT37 ESP
10º
G
MON
12º
G
BEL
Ret
G
FRA
10º
G
GBR
Ret
G
GER

G
AUT
Ret
G
ITA

G
CAN

G
EUA
11º
G
1973 Embassy Hill Racing Shadow DN1 Ford Cosworth
DFV V8
ESP
Ret
G
BEL

G
MON
Ret
G
SUE
Ret
G
FRA
10º
G
GBR
Ret
G
HOL
NC
G
GER
13º
G
AUT
Ret
G
ITA
14º
G
CAN
16º
G
EUA
13º
G
0 NC
(26º)
1974 Embassy Racing
with Graham Hill
Lola T370 Ford Cosworth
DFV V8
ARG
Ret
G
BRA
11º
G
RSA
12º
G
ESP
Ret
G
BEL

G
MON

G
SUE

G
HOL
Ret
G
FRA
13º
G
GBR
13º
G
GER

G
AUT
12º
G
ITA

G
CAN
14º
G
EUA

G
1 18º
1975 Embassy Racing
with Graham Hill
Lola T370 Ford Cosworth
DFV V8
ARG
10º
G
BRA
12º
G
RSA
NQ
G
0 NC
(28º)
Hill GH1 MON
NQ
G
  • ↑1 Nos descartes
  • ↑2 Carro de Fórmula 2
  • ↑3 O piloto inglês perdeu os 4 pontos por ajuda externa e ainda foi penalizado com 1 minuto pela direção de prova, mas a sua colocação na prova foi mantida.

Vitórias de Graham Hill na Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Outros resultados[editar | editar código-fonte]

500 Milhas de Indianápolis[4][editar | editar código-fonte]

Ano Final Largada Número
do
Carro
Equipe Chassis Motor Voltas
1966 15ª 24 Mecom Lola Ford 200
1967 32º
DNF
31ª 81 Granatelli Lotus Ford 23
1968 19º
DNF
70 Granatelli Lotus Pratt & Whitney 110

24 Horas de Le Mans[5][editar | editar código-fonte]

Ano Final Largada Classe Número
do
Carro
Equipe Pilotos Chassis Motor Voltas
1958 53º
DNF
- S
2000
26 Reino Unido Team Lotus Engineering Reino Unido Cliff Allison
Reino Unido Graham Hill
Lotus Mk15 Coventry Climax 2.0L I4 3
1959 29º
DNF
- S
3.0
30 Reino Unido Team Lotus Engineering Reino Unido Graham Hill
Austrália Derek Jolly
Lotus 15 Coventry Climax 2.0L I4 119
1960 30º
DNF
- S
2.0
33 Alemanha Porsche KG Suécia Jo Bonnier
Reino Unido Graham Hill
Porsche 718/4 RS Porsche 1.6L Flat-4 191
1961 39º
DNF
- GT
3.0
18 Estados Unidos North American Racing Team Reino Unido Stirling Moss
Reino Unido Graham Hill
Ferrari 250GT SWB Ferrari 3.0L V12 121
1962 39º
DNF
- E
+3.0
11 Reino Unido David Brown Racing Dept. Reino Unido Graham Hill
Estados Unidos Richie Ginther
Aston Martin DP212 Aston Martin 4.0L I6 78
1963 13º
NC
49ª - 00 Reino Unido Owen Racing Organisation Reino Unido Graham Hill
Estados Unidos Richie Ginther
Rover-BRM Rover 2.0L Turbina 310
1964 P
5.0
14 Reino Unido Maranello Concessionaires Reino Unido Graham Hill
Suécia Jo Bonnier
Ferrari 330P Ferrari 4.0L V12 344
1965 10º 40ª P
2.0
31 Reino Unido Owen Racing Organisation Reino Unido Graham Hill
Reino Unido Jackie Stewart
Rover-BRM Rover 2.0L Turbina 284
1966 35º
DNF
P
+5.0
7 Reino Unido Alan Mann Racing Ltd. Reino Unido Graham Hill
Austrália Brian Muir
Ford GT40 Mk.II Ford 7.0L V8 110
1972 S
3.0
15 França Equipe Matra-Simca Shell França Henri Pescarolo
Reino Unido Graham Hill
Matra-Simca MS670 Matra 3.0L V12 344

12 Horas de Sebring[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe Automóvel Co-piloto Posição Status
1960 Suécia Joakim Bonnier Porsche 718 RS/60 Suécia Joakim Bonnier DNF Motor
1961 Estados Unidos Camoradi International Maserati Tipo 61 Reino Unido Stirling Moss DNF Tubo de exaustão
1963 Estados Unidos NART Ferrari 330 TRI/LM México Pedro Rodríguez Vitória na classe
1964 Reino Unido Maranello Concessionaires Ferrari 330P Suécia Joakim Bonnier DNF Caixa de engrenagem
1965 Estados Unidos Mecom Racing Team Ferrari 330P México Pedro Rodríguez DNF
1966 Reino Unido Alan Mann Racing Ford GT40 Reino Unido Jackie Stewart DNF Válvula

Referências

  1. Bette Hill with Neil Ewart (1978). The Other Side of the Hill Hutchison/Stanley Paul [S.l.] p. 87. ISBN 0-09-134900-1. 
  2. Oliver Irish (2007-06-15). «Stick to the day job, Jacques» (London: Guardian Unlimited). Consultado em 2007-12-05. 
  3. Graham Hill 15-1-1929 - 29-11-1975 - Folha de S.Paulo, 1º de dezembro de 1975
  4. Indianapolis 500 Race-Database.com
  5. 24 Hours of Le Mans Race-Database.com

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Graham Hill