Arie Luyendyk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luyendyk em 2010.

Arie Luyendyk, em holandês Arie Luijendijk (Sommelsdijk, 21 de setembro de 1953) é um piloto automobilístico neerlandês, duas vezes vencedor das 500 Milhas de Indianápolis.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou a pilotar no início da década de 1970. Em 1977, ganhou o campeonato europeu de Fórmula Super-Vê, e passa a correr na Fórmula 3. Mudou-se para os Estados Unidos da América, em 1984, onde ele logo ganhou o campeonato da Super-Vê.

Correu sua primeira temporada completa na CART em 1985, conquistando o título de Rookie of the Year(novato do ano) tanto do campeonato como das 500 Milhas de Indianápolis. A sua primeira vitória na categoria ocorreu em 1990 justamente em Indianápolis.

Sua primeira vitória na categoria veio cinco anos depois, em 1990, na corrida mais importante da categoria, com um recorde de velocidade média de 185,981 mph (299,307 km/h). Luyendyk venceu a Indianapolis 500 de 1990 pela equipe Doug Shierson Racing. Seu recorde de velocidade média ficou intacto por 23 anos, até ser finalmente quebrada nas 500 Milhas de Indianápolis de 2013 por Tony Kanaan com uma velocidade média de 187,433 mph (301,644 km/h).

Luyendyk continuou a ter performance de destaque em Indianápolis, marcando a pole-positions em 1993, 1997 e 1999, apesar de ter abandonado a corrida enquanto liderava a Indy 500 em três ocasiões.

Em 1996, ele bateu o recorde de volta numa qualificação, que foi de 37.895 segundos ou 237,498 mph (382,216 km/h), embora ele não foi largado na pole porque ele se qualificou no segundo dia de treinos. Ele venceu as 500 Milhas de Indianápolis de 1997 pela Treadway Racing da pole, com seu companheiro Scott Goodyear em segundo.

Luyendyk também foi selecionado para participar nas edições da International Race of Champions de 1992, 1993 e 1998.

Ele se aposentou das corridas após a temporada de 1999 e por um curto período de tempo, se tornou comentarista da TV americana(ABC). Ele voltou para a Indy 500 em 2001 e 2002. Em 2003, ele entrou em Indianápolis para o tempo final. Ele sofreu um acidente durante a prática e não fez uma tentativa para se qualificar.

Outras vitórias de Luyendyk incluem as 24 horas de Daytona e 12 horas de Sebring. Seu filho, Arie Jr, é um piloto da Indy Lights.

O último curva da pista de Zandvoort na Holanda carrega o seu nome.

Resultados nas 500 Milhas de Indianápolis[editar | editar código-fonte]

Ano Chassi Motor Largada Resultado Equipe
1985 Lola Cosworth 20º Bettenhausen
1986 Lola Cosworth 19º 15º Bettenhausen
1987 March Cosworth 18º Hemelgarn
1988 Lola Cosworth 10º Simon
1989 Lola Cosworth 15º 21º Simon
1990 Lola Chevrolet Shierson
1991 Lola Chevrolet 14º Granatelli
1992 Lola Ford-Cosworth 15º Ganassi
1993 Lola Ford-Cosworth Ganassi
1994 Lola Ilmor 18º Indy Regency
1995 Lola Menard-Buick Team Menard
1996 Reynard Ford-Cosworth 20º 16º Treadway
1997 G-Force Oldsmobile Treadway
1998 G-Force Oldsmobile 28º 20º Treadway
1999 G-Force Oldsmobile 22º Treadway
2000 Não correu
2001 G-Force Oldsmobile 13º Treadway
2002 G-Force Chevrolet 24º 14º Treadway
2003 G-Force Toyota Carro piloto por Alex Barron Mo Nunn

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

F1 chequered flag.svg Este artigo sobre um(a) automobilista, integrado ao Projeto Automobilismo, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.