Tony Kanaan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tony Kanaan
Tony Kanaan 2008 Indy Japan 300.jpg
Informações pessoais
Nome completo Antoine Rizkallah Kanaan Filho
Nacionalidade  Brasil
Nascimento 31 de dezembro de 1974 (41 anos)
Registros na IndyCar Series
Temporadas 2002 - presente
Equipes Mo Nunn (2002)
Andretti (2003-2010)
KV Racing (2011-2013)
Chip Ganassi (2014-)
Corridas 123
Títulos 1 (2004)
Vitórias 14
Podios 35
Pole positions 10
Registros na Champ Car
Temporadas 1998 - 2002
Equipes Tasman (1998)
Forsythe (1999)
Mo Nunn (2000-02)
Corridas 94
Títulos 0
Vitórias 1
Pódios 6
Pole positions 4
Títulos

Indy Lights
IndyCar Series

Antoine Rizkallah Kanaan Filho ou Tony Kanaan (Salvador, 31 de dezembro de 1974) é um piloto de automobilismo brasileiro, originário de uma família libanesa maronita. Sua carreira na base do esporte a motor começou a ganhar destaque com os bons resultados na Europa(Alfa Boxer italiana e Fórmula 3) e com o título de 1997 da Indy Lights. Tony Kanaan venceu as 500 milhas de Indianápolis de 2013 e a temporada de 2004 da IndyCar Series. Tony começou a correr as maiores corridas de resistência do automobilismo americano - como as 24 Horas de Daytona e 12 Horas de Sebring - em 1998, finalmente, consegue um feito poucas vezes realizado de vencer a Indy 500(2013) e as 24 Horas de Daytona(2014) juntamente com 13 pilotos(até o ano de 2016).

Na temporada da IndyCar Series(2004) em que se sagrou campeão Tony completou 3.305 voltas, fazendo do primeiro piloto da IndyCar Series a completar cada volta possível em uma temporada. Ele também liderou 889 voltas em 13 corridas distintas para estabelecer um recorde de IndyCar Series. Kanaan também é o único piloto a liderar a 500 milhas de Indianápolis em cada um das suas primeiras 7 largadas e venceu sua primeira corrida na sua 12ª tentativa. Isto iguala Kanaan com Sam Hanks por mais tentativas de vencer as 500 milhas de Indianápolis pela primeira vez. Kanaan tem um total de 15 vitórias em corridas automobilísticas até junho de 2015.

Tony durante sua passagem na CART conseguiu 1 vitória nas 500 Milhas dos Estados Unidos de 1999 em Michigan International Speedway. Kanaan é amigo do antigo piloto da IndyCar Series Dario Franchitti e anteriormente com Dan Wheldon, que faleceu enquanto competia a IZOD IndyCar World Championship, em 2011 na Las Vegas Motor Speedway enquanto Kanaan liderava a corrida. No Troféu Borg-Warner( Troféu Borg-Warner); o troféu que caracteriza a semelhança de cada vencedor do Indianapolis 500 os três amigos aparecem na ordem consecutiva da seguinte forma: 500 milhas de Indianápolis de 2010 (Franchitti), 500 milhas de Indianápolis de 2011 (Wheldon), 500 milhas de Indianápolis de 2012 (Franchitti) e 500 milhas de Indianápolis de 2013 (Kanaan). Depois de Franchitti sofrer lesões em um acidente com Takuma Sato e se afastar das competições para a temporada de 2013 da Indycar no Grande Prêmio de Houston em Reliant Park Kanaan assumiu a vaga de Franchitti(que encerrou carreira) da Chip Ganassi Racing DW12- Ilmor- Chevrolet Indy V6 começando na temporada 2014 da Indycar Series, depois de ter sido originalmente contratada para conduzir o Dallara DW12-Ilmor- Chevrolet Indy V6 para Chip Ganassi Racing.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira no kart, com oito anos de idade. Acumulou cinco títulos de Campeão Paulista e um de Campeão Brasileiro. Foi primeiro lugar numa prova de kart organizada pelo tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna. Senna correu junto com os pilotos convidados, mas Tony Kanaan, aos 16 anos de idade, venceu Ayrton, que ficou em segundo lugar no pódio. Ainda hoje Tony guarda a foto dele no topo do pódio com Ayrton Senna em segundo. Após dois anos de sucesso nos campeonatos brasileiros de Fórmula Ford e Fórmula Chevrolet, Tony foi para a Europa, para correr no campeonato europeu de Fórmula Opel. Participou do campeonato italiano de Alfa Boxer, sagrando-se campeão.

A seguir, foi para a Fórmula 3 italiana, conquistando nove pódios. Em 1996, com apenas 21 anos de idade, passou a integrar a equipe Tasman, no Campeonato PPG Firestone de Indy Lights. Em sua primeira temporada, conquistou o vice-campeonato, além de ter sido escolhido como "Rookie of the Year" ("Estreante do Ano"). Em 1997, Tony optou por continuar na mesma categoria, para adquirir maior experiência, e sagrou-se campeão.

Em 1998, foi contratado por Steve Horne, dono da equipe Tasman, para ser o único piloto naquela temporada. Pontuou onze vezes em 19 largadas, conquistou dois pódios, e terminou em 9º lugar no campeonato. Foi o melhor brasileiro da temporada, além de ter conquistado o título de "Rookie of the Year".

Em 1999,Tony conquistou suas primeira vitoria na categoria nas 500 milhas dos Estados unidos(US500) e terminou o campeonato em 11° lugar. Depois de dois anos competindo pela Forsythe Championship Racing (ex-Tasman), em 2000, Tony começou sua terceira temporada na CART atrás do volante do Mo Nunn Racing Mercedes-Benz Reynard, de número 55.

O ano de 2000 não foi um dos melhores para Tony, pois sofreu um acidente nos treinos de classificação em Detroit, ficando fora de quatro corridas, e terminando o ano na 19ª colocação. Apesar disso, foi o melhor classificado com motores Mercedes ao final da temporada.

Em 2001, pela primeira vez depois de três anos, Tony correu com um companheiro de equipe, o bicampeão do campeonato da CART, Alex Zanardi. Em 2002, ainda pela Mo Nunn Racing, completou uma vitória e quatro poles na CART.

A equipe Andretti Green Racing, da CART, contratou Kanaan para a temporada de 2003 da IndyCar Series. Ele ganhou na segunda data do calendário em Phoenix, obteve três segundos lugares e dois adicionais terceiros lugares, que o fez terminar a temporada em quarto lugar. Em 2004, o brasileiro conseguiu três vitórias (Phoenix, Texas e Nashville), seis segundos lugares e dois terceiros, então conquistou o título após a disputa da penúltima data do campeonato. Na temporada seguinte(2005), seu companheiro de equipe Dan Wheldon foi vice-campeão em 2004 e atingiu o segundo lugar com vitórias em Kansas e Sears Point, três segundas colocações e quatro terceiros lugares. Em 2005, ele fez um teste com a equipe BAR de Fórmula 1. [1]

A temporada de 2006 foi dominada pelas equipes Penske Racing e Chip Ganassi Racing. Com uma vitória em Milwaukee e dois terceiros lugares como melhores resultados, Kanaan foi o piloto da Andretti Green melhor colocado no agregado dos resultados em quinto lugar. Em 2007 foi que o maior vencedor com cinco corridas ( Motegi, no Japão, Milwaukee, Michigan International Speedway, Kentucky e Detroit), e termina num terceiro lugar no agregado dos resultados.

O brasileiro novamente foi o terceiro lugar em 2008, depois de atingir uma única vitória em Richmond, um segundo lugar e outros cinco. Incapaz de fazer a sombra da Penske e Ganassi, Kanaan acirrou a disputa em 2009 com o final quinto lugar com seus companheiros de equipe Andretti Green - Danica Patrick e Marco Andretti - além do piloto de Newman/Haas/Lanigan Racing Graham Rahal. Finalmente, com três colocações de terceiros, um quarto e um quinto, foi o sexto. Na temporada de 2010 da IndyCar Series, Kanaan conseguiu uma vitória em Iowa, bem como ficar em terceiro em Kansas e Homestead, em quarto lugar em duas corridas e quinto em muitas outros. Isso lhe permitiu terminar a temporada em sexto lugar, o melhor piloto fora dos cinco da Penske e Ganassi.

Na temporada seguinte, Kanaan tornou-se piloto da KV Racing Technology. [2] Dias depois de assinar com a equipe, Kanaan começou a adicionar bons resultados: colheu um segundo lugar, dois terceiros, dois quartos, dois quintos e um sexto, em uma equipe que tinha sofrido vários choques no ano passado com seus três pilotos.

A seguir Kanaan convidou seu amigo Rubens Barrichello, recém-vindo da Fórmula 1 e fizeram uma junção na KV Racing para a temporada de 2012. [3] Seu segundo ano na equipe de Kalkhoven e Vasser foi inferior ao anterior. Ele obteve um segundo lugar, dois terceiros (um em Indianápolis), dois quartos lugar e dois sextos.

O brasileiro manteve-se na KV na equipe em 2013. Em sua 12ª aparição nas 500 Milhas de Indianápolis de 2013,Em 2013, Tony Kanaan assinou com a equipe KV Racing. Inesperadamente em Indianápolis, largando da quarta fila, Kanaan manejou um bom controle nas ultimas voltas da prova e graças a uma estratégia de pit-stop, a ultrapassagem no então líder da prova, Ryan Hunter-Reay, e a entrada do safety-car por uma batida do piloto Dario Franchitti, conseguiu vencer pela primeira vez em sua carreira a prova das 500 Milhas de Indianápolis.[4]. Nesta mesma temporada, Tony também conquistou a marca de 212 largadas seguidas, quebrando o recorde de seu chefe de equipe Jimmy Vasser. Também foi eleito o piloto mais popular de 2013.

Para a temporada de 2014, Chip Ganassi Racing contratou Kanaan para substituir Franchitti, que estava se aposentando por precaução médica. [5] Triunfou nas 500 milhas de California e teve seis pódios, sendo classificado o sétimo na classificação final.

Em 2015, Kanaan acumulou no total dois segundos lugares, um terceiro, dois quartos e um quinto e concluindo o campeonato da IndyCar em oitavo lugar no campeonato.

Estilo de vida[editar | editar código-fonte]

Tony Kanaan é praticante assíduo de triatlo. O baiano é considerado um dos três pilotos mais bem preparados fisicamente do grid da Fórmula Indy. Aliando a necessidade de um preparação forte para o desgastes nas pistas acima dos 350 km/h e a paixão pelo ciclismo, Kanaan começou a adicionar frequentemente as competições de triatlo em sua agenda. Já participou de vários Ironman 70.3, e completou o desafio mais incrível de sua vida fora do automobilismo, o Ironman Triathlon no Hawaii, com o tempo de 12 horas, 52 minutos e 40 segundos (um tempo respeitável para um amador em sua primeira vez nesta competição).

Principais resultados[editar | editar código-fonte]

Tony Kanaan na temporada 2007 em Indianápolis.
  • Campeão da Indy Lights em 1997
  • Campeão da Fórmula Indy (IRL) em 2004
  • Vice campeão da Fórmula Indy (IRL) em 2005
  • 500 Milhas da Granja Viana (1998, 2000, 2001, 2002, 2004, 2005, 2007 e 2008)
  • Vencedor das 500 Milhas de Indianápolis de 2013
  • Maior n° de Largadas consecutivas - 212 - contra Jimmy Vasser (211).

Números da CART[editar | editar código-fonte]

Ano Poles Vitórias Posição Final Equipe
1998 Tasman (Lola-Honda-Firestone) # 21
1999 1 (Michigan) Forsythe-Tasman (Reynard-Honda-Firestone) # 44
2000 MoNunn Racing (Reynard-Mercedes-Firestone) # 55
2001 MoNunn Racing (Reynard-Honda-Firestone) # 55
2002 MoNunn Racing (Lola-Honda-Bridgestone) # 10

Números da INDYCAR(até 2008)[editar | editar código-fonte]

Ano Poles Vitórias Posição Final Equipe
2003 1 (Phoenix) 4° colocado Andretti-Green (Dallara-Honda-Firestone) # 11
2004 3 (Phoenix, Texas e Nashville) Campeão Andretti-Green (Dallara-Honda-Firestone) # 11
2005 2 (Kansas e Sonoma) Vice-campeão Andretti-Green (Dallara-Honda-Firestone) # 11
2006 1 (Milwaukee) 6° colocado Andretti-Green (Dallara-Honda-Firestone) # 11
2007 5 (Japão, Milwaukee, Michigan, Kentucky e Detroit) 3° colocado Andretti-Green (Dallara-Honda-Firestone) # 11
2008 1 (Richmond) 3° colocado Andretti-Green (Dallara-Honda-Firestone) # 11

500 Milhas de Indianápolis[editar | editar código-fonte]

Ano Chassis Motor Largada Resultado Team
2002 G-Force Chevrolet 5 28 Mo Nunn Racing
2003 Dallara Honda 2 3 Andretti Green Racing
2004 Dallara Honda 5 2 Andretti Green Racing
2005 Dallara Honda 1 8 Andretti Green Racing
2006 Dallara Honda 5 5 Andretti Green Racing
2007 Dallara Honda 2 12 Andretti Green Racing
2008 Dallara Honda 6 29 Andretti Green Racing
2009 Dallara Honda 6 27 Andretti Green Racing
2010 Dallara Honda 33* 11 Andretti Autosport
2011 Dallara Honda 22 4 KV Racing Technology
2012 Dallara Chevrolet 8 3 KV Racing Technology
2013 Dallara Chevrolet 12 1 KV Racing Technology
2014 Dallara Chevrolet 16 26 Chip Ganassi Racing
2015 Dallara Chevrolet 4 26 Chip Ganassi Racing
*Kanaan classificou-se em 32º em um carro que foi reformado, mas decidiu mudar de carro, o que o forçou a largar em 33º

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Tony Kanaan
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Tony Kanaan
Auto Racing Chequered.svg Este artigo sobre um(a) automobilista, integrado ao Projeto Automobilismo, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tony Kanaan