Dario Franchitti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dario Franchitti
Dario Franchitti - 2015 Indianapolis 500 - Stierch 2.jpg
Dario Franchitti antes das 500 Milhas de Indianápolis de 2015
Nome completo Dario Franchitti
Nacionalidade    Reino Unido Britânica
Local de nascimento West Lothian, Escócia
Data de nascimento 19 de maio de 1973 (42 anos)
Registros na NASCAR Nationwide Series
Anos 2007-2008
Campeonatos 0 (35º em 2008)
Pontos 1848
Primeira corrida Memphis, 2007
Primeira vitória Bristol, 2008
Corridas Poles Top 10 Vitórias
18 1 2 0
Registros na NASCAR Camping World Truck Series
Anos 2007
Campeonatos 0 (107º em 2007)
Pontos 64
Primeira corrida Martinsville, 2007
Última corrida Martinsville, 2007
Corridas Poles Top 10 Vitórias
1 0 0 0
Registros na IndyCar Series
Anos 2002-2007, 2009-2013
Times 3 (Green, Andretti Green e Chip Ganassi)
Campeonatos 4 (2007, 2009, 2010 e 2011)
Pontos 4510
Voltas mais rápidas 15
Primeira corrida Indianápolis, 2002
Primeira vitória Milwaukee, 2004
Última vitória Indianápolis, 2012
Última corrida Houston 2, 2013
GPs Poles Pódios Vitórias
151 23 59 21
Registros na CART/Champ Car
Anos 1997-2002
Times 2 (Hogan e Green)
Campeonatos 0 (2º em 1999)
Pontos 727
Voltas mais rápidas 8
Primeira corrida Homestead, 1997
Primeira vitória Elkhart Lake, 1998
Última vitória Rockingham, 2002
Última corrida Cidade do México, 2002
GPs Poles Pódios Vitórias
114 11 32 10
Registros no DTM
Anos 1995
Times D2 AMG-Mercedes
Campeonatos 0 (5º em 1995)
Pontos 74
Voltas mais rápidas 1
Primeira corrida Hockenheim, 1995
Última corrida Hockenheim, 1995
GPs Poles Pódios Vitórias
14 2 4 0
Títulos
2007, 2009-2011
(4) IndyCar Series

Dario Franchitti (Bathgate, West Lothian, 19 de maio de 1973) é um piloto britânico nascido na Escócia, e de ascendência italiana.

Ele venceu as IndyCar Series quatro vezes; em 2007 e três vezes mais, em 2009, 2010 e 2011 e é três vezes vencedor das 500 milhas de Indianápolis, ganhando em 2007, 2010 e 2012. Franchitti começou sua carreira na nativa Grã-Bretanha na década de 1990, competindo na Fórmula Vauxhall e Fórmula 3 britânica, e foi também o vencedor do McLaren Autosport BRDC Award em 1992. Depois de Franchitti não conseguir um cockpit de carro em 1995, ele foi contratado pela Mercedes-AMG para competir em carros de turismo, na DTM e seu sucessor, o International Touring Car Championship. Apesar de duas temporadas com relativo sucesso, no final da temporada de 1996, novamente deixou Franchitti sem equipe. Mercedes colocou Franchitti na CART, na equipe Hogan Racing.

Seria vice-campeão em 1999, empatado em pontos com o campeão, o colombiano Juan Pablo Montoya. Franchitti perdeu o campeonato no número de vitórias: 7 de Montoya contra 3 de Franchitti.

A Team Green, equipe pela qual foi vice-campeão pela CART migra para a IRL para a campanha de temporada de 2003, com Franchitti na equipe. Sua primeira temporada foi interrompida por lesão, mas venceu sua primeira corrida na temporada seguinte. O divisor de águas de Franchitti na chegaria em 2007, quando ele ganhou a chuvosa 500 Milhas de Indianápolis de 2007 como uma das quatro vitórias. No mesmo ano, o primeiro título de campeonato da carreira viria em um decisão do título na última volta com Scott Dixon. Pela equipe Andretti Green vence pela primeira vez as 500 Milhas de Indianápolis de 2007 e no mesmo ano o campeonato da categoria.

Depois de uma efêmera mudança para NASCAR em 2008, que duraria meia temporada disputando a Nationwide Series e a Sprint Cup pela Chip Ganassi Racing mas sem sucesso. Nesta última, sua equipe foi dissolvida por falta de patrocínio. Foi vencedor das 24 Horas de Daytona ao lado de Juan Pablo Montoya, Scott Pruett e Memo Rojas.[1]

Em seu retorno a IRL em 2009 conquistou mais uma vez o título da categoria se tornando bicampeão, agora pela Chip Ganassi, superando Scott Dixon e Ryan Briscoe[2]  ; em 2010[3] venceu pela segunda vez as 500 Milhas de Indianápolis e pela terceira vez o campeonato de pilotos, tendo como vice-campeão Will Power; 2011 obtém o 4º título na carreira (o terceiro consecutivo pela Chip Ganassi)[4] ; em 2012 venceu pela terceira vez as 500 Milhas de Indianápolis e tornou-se o décimo piloto a vencer pelo menos três corridas de Indianápolis 500 durante sua carreira. .

Devido ao forte acidente que sofreu na penúltima corrida da temporada 2013 em Houston, Dario Franchitti anuncia sua aposentadoria em 14 de novembro de 2013[5]

Um mês depois, em 14 de novembro de 2013, Franchitti anunciou sua aposentadoria imediata do automobilismo na orientação médica. Ele se aposentou com 31 vitórias e 265 largadas nos monopostos americanos[6] , um registro que o coloca em um empate para o nono lugar na lista de carro do vencedores de campeonatos de monopostos americanos, com Paul Tracy.[7]

É casado com a atriz Ashley Judd.

Teste na Jaguar[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2000, Dario Franchitti aceitou e pilotou o carro da equipe Jaguar de Fórmula 1 na pista de Silverstone, na Inglaterra[8] .

Em 2001, o escocês revelou que o teste realizado não passou de uma autêntica farsa em entrevista ao jornal inglês The Sun. "Achava que poderia andar com o último modelo da equipe. Mas, ao invés disso, me deram um carro ultrapassado, com pneus velhos e o tanque de combustível cheio", disse o piloto explicando a suposta estratégia da equipe para que seu teste fracassasse.

"Foi uma piada", continuou Franchitti. "Certamente havia alguém na equipe que não me queria na Fórmula 1", completou o decepcionado piloto[9] .

Resultados[editar | editar código-fonte]

IndyCar Series[editar | editar código-fonte]

↑1 Prova cancelada

CART[editar | editar código-fonte]

↑1 Franchitti e Montoya terminaram o campeonato com a mesma pontuação, mas Montoya tornou-se campeão, porque obteve 7 vitórias X 3 de Franchitti.

500 Milhas de Indianápolis[10] [editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Lack of sponsorship forces Ganassi to shut down Franchitti's team", ESPN. Página visitada em 2009-07-15.
  2. "Franchitti surprised to win 2009 title", Racer, Haymarket Publications, 11 October 2009. Página visitada em 2013-11-16.
  3. "Franchitti: 2010 title harder than '09", Racer, Haymarket Publications, 3 October 2010. Página visitada em 2013-11-16.
  4. Blount, Terry. "Wheldon's death casts pall over sport", ESPN.com, ESPN, 17 October 2013. Página visitada em 2013-11-16.
  5. Aos 40 anos, Franchitti anuncia aposentadoria das pistas em decorrência de acidente em Houston Grande Prêmio - 4/11/2013 18:11 - Atualizada em 14/11/2013 19:44
  6. "Dario Franchitti: Indycar champion forced to retire on medical advice", BBC Sport, BBC, 14 November 2013. Página visitada em 2013-11-16.
  7. Lewandowski, Dave. "2013 season movers: Climbing the all-time lists", IndyCar Series, IndyCar, 5 November 2013. Página visitada em 2013-11-16.
  8. Dario Franchitti fará teste na Jaguar e deve correr na equipe de F-1 em 2001 Folha de S.Paulo, Esportes, página D5 - 18 de Julho de 2000
  9. Dario Franchitti fala de Seu teste na F-1 UMA FARSA autoracing - 8 de Setembro de 2002 (retirado do site de Teo José)
  10. Indianapolis 500 Race-Database.com

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dario Franchitti
Auto Racing Chequered.svg Este artigo sobre um(a) automobilista, integrado ao Projeto Automobilismo, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.