Temporada da IndyCar Series de 2006

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Temporada da IndyCar Series de 2006
Temporada
Corridas 14
Início 26 de março
Encerramento 10 de setembro
País(es) Estados Unidos Japão
Pilotos
Campeão Estados Unidos Sam Hornish Jr.
Equipe Estados Unidos Team Penske
Rookie do ano Estados Unidos Marco Andretti
Vencedor das
500 Milhas de Indianápolis
Estados Unidos Sam Hornish Jr.
Cronologia da IndyCar Series
IRL IndyCar Series 2005
IRL IndyCar Series 2007
Motorsport current event.svg Temporada 2018

A Temporada da IRL IndyCar Series de 2006 começou em 26 de março e terminou em 10 de setembro. Sam Hornish, Jr. venceu seu terceiro campeonato da IndyCar Series. Hornish também venceu a 90º edição das 500 Milhas de Indianápolis, passando o estreante Marco Andretti na última volta a menos de 150 m da linha de chegada. A perseguição ao título foi muito dramática entre os pilotos da Penske, Hornish e Hélio Castroneves, batalhando com os pilotos da Ganassi, Dan Wheldon e Scott Dixon. Os quatro pilotos ocuparam as quatro primeiras posições na corrida final no Chicagoland Speedway, com Wheldon liderando com Dixon em segundo, fazendo uma dobradinha da Ganassi, mas Hornish terminou em terceiro, superando o campeão Wheldon em um tiebreak. O terceiro lugar teria sido suficiente para Castroneves, quarto colocado, conquistar o título, mas acabou ficando dois pontos atrás de Hornish e Wheldon. Dixon também disputou fortemente o título, terminando apenas 15 pontos atrás do campeão.

A temporada foi marcada pela morte de Paul Dana durante os treinos em Homestead.

Mudanças durante o período de férias[editar | editar código-fonte]

2006 para a Indy Racing League foi muito diferente de 2005. A principal mudança foi a saída da Chevrolet e da Toyota, deixando a Honda como a única fabricante de motores. Houve muita especulação após este anúncio de que, como não haveria tanto dinheiro fornecido às equipes pelos provedores de mecanismo como nos anos anteriores, muitos deles seriam reduzidos. Até certo ponto, isso era verdade: a Ganassi Racing reduziu sua equipe de três para dois carros e a Panther Racing e a Cheever Racing de dois para um. No entanto, a Vision Racing de Tony George e Patrick Dempsey acrescentou um carro para Tomas Scheckter, que estava sem equipe. A Honda também reduziu os custos de ambos os arrendamentos de motores, e prometeu que todas as equipes receberiam motores idênticos e suporte técnico, e que os motores durariam duas corridas entre as programadas - todas as medidas significativas de redução de custos anos anteriores.

A situação dos chassis não foi tão alterada em comparação a 2005, sendo a principal mudança a mudança da Ganassi Racing do Panoz para o Dallara. Os pilotos que usaram o Panoz em 2006 foram os três carros da Rahal Letterman Racing e Scott Sharp, da Delphi Fernandez Racing.

2006 também teve a eliminação de três corridas da temporada de 2005. A corrida no Phoenix International Raceway foi cancelada devido a conflitos de agendamento. A corrida no California Speedway não foi mantida porque a IRL queria mudar a data no início da temporada para não entrar em conflito com a temporada da NFL, mas não foi possível encontrar uma data disponível para a categoria. Tanto a IRL quanto o California Speedway esperavam que a corrida retornasse em 2007. A corrida no Pikes Peak International Raceway foi retirada do calendário de 2006, já que a pista foi vendida por seus proprietários e posteriormente fechada. Uma explicação adicional para este novo calendário foi dada pela categoria como sendo mais "compacta" e "emocionante" e como um método para evitar a perda de audiência televisiva e a frequência de corridas ao terminar sua temporada antes da temporada da NFL. Muitos críticos viram esse calendário encurtado como um regresso definitivo para a categoria, não um progresso.

Houve também muitas mudanças significativas de pilotos, sendo que a mais importante foi o campeão de 2005, Dan Wheldon, se transferir da Ganassi Racing para a Andretti Green Racing, sendo substituído por Marco Andretti. Além disso, Tomas Scheckter saiu da Panther Racing para a Vision Racing e Vitor Meira saiu da Rahal Letterman para substituir Scheckter na Panther. Paul Dan e seu patrocinador pessoal substituiram Meira na Rahal Letterman. Eddie Cheever anunciou que retornaria ao papel de proprietário-piloto de sua equipe de carro único para as primeiras quatro corridas, incluindo as 500 Milhas de Indianápolis, e Michael Andretti anunciou que voltaria ao cockpit para dirigir ao lado de seu filho nas "500". A.J. Foyt IV, que partiu para a NASCAR, foi substituído por Felipe Giaffone no carro da Foyt Enterprises, enquanto Buddy Lazier voltou em tempo integral na categoria ao substituir Roger Yasukawa na Dreyer & Reinbold Racing. A Hemelgarn Racing contratou P.J. Chesson no final da temporada, com o apoio de Carmelo Anthony para substituir Paul Dana.

Também houve rumores contínuos durante as férias de que Tony George e o diretor da Champ Car, Kevin Kalkhoven, estavam se encontrando e discutindo uma possível unificação, ou uma nova série que re-unisse as categorias de open-wheel na América. Os dois admitiram se encontrar e curtir a companhia um do outro no esqui e no golfe, e em entrevistas separadas de março de 2006 com o Los Angeles Times admitiram que estavam de fato discutindo as perspectivas de unificar as duas categorias.

Mudanças durante o meio da temporada[editar | editar código-fonte]

Após a morte de Paul Dana em um acidente antes da primeira corrida, a Rahal-Letterman contratou Jeff Simmons para dirigir o carro de número 17 duas corridas depois em Motegi. Depois da Indy 500, onde ambos os carros da Helmegan se chocaram e terminaram nas duas últimas posições, a Hemelgarn Racing, que estava em tempo integral com P. J. Chesson, encerrou suas atividades. Após a corrida no Kansas Speedway, a Cheever Racing encerrou suas atividades devido à falta de patrocínio e a Foyt Enterprises substituiu Felipe Giaffone por [[Jeff Bucknu]. A Dreyer & Reinbold Racing também anunciou que Ryan Briscoe, que dirigiu seu carro para um terceiro lugar em Watkins Glen, dirigia seu carro nas corridas restantes, em vez de Buddy Lazier, e que Sarah Fisher também correria o restante. Marty Roth retornou à categoria depois de ser eliminado no treino da Indy 500 e perder a corrida para pilotar sua próprio carro, a Roth Racing, nas últimas 3 corridas ovais da temporada (Michigan, Kentucky e Chicagoland).

Transmissão[editar | editar código-fonte]

A Band passa a transmitir as corridas junto com o canal BandSports.

Calendário[editar | editar código-fonte]

Prova Título Oficial do GP
da IndyCar Series
Circuito Local Data
1 Estados Unidos Toyota Indy 300 Homestead-Miami Speedway Homestead 26 de março
2 Estados Unidos Honda Grand Prix of St. Petersburg Ruas de São Petersburgo São Petersburgo 2 de abril
3 Japão Indy Japan 300 Twin Ring Motegi Motegi 22 de abril
4 Estados Unidos 90th Indianapolis 500 Indianapolis Motor Speedway Speedway 28 de maio
5 Estados Unidos Watkins Glen Indy Grand Prix presented by Tissot Watkins Glen International Watkins Glen 4 de junho
6 Estados Unidos Bombardier Learjet 550 Texas Motor Speedway Fort Worth 10 de junho
7 Estados Unidos SunTrust Indy Challenge Richmond International Raceway Richmond 24 de junho
8 Estados Unidos Kansas Lottery Indy 300 Kansas Speedway Kansas 2 de julho
9 Estados Unidos Firestone Indy 200 Nashville Superspeedway Lebanon 15 de julho
10 Estados Unidos ABC Supply Company A.J. Foyt 225 The Milwaukee Mile West Allis 23 de julho
11 Estados Unidos Firestone Indy 400 Michigan International Speedway Brooklyn 30 de julho
12 Estados Unidos Meijer Indy 300 presented by Coca-Cola and Secret[necessário esclarecer] Kentucky Speedway Sparta 13 de agosto
13 Estados Unidos Indy Grand Prix of Sonoma Infineon Raceway Sonoma 27 de agosto
14 Estados Unidos Peak Antifreeze Indy 300 presented by Mr. Clean Chicagoland Speedway Joliet 10 de setembro
  •  Circuitos ovais 
  •  Circuitos de rua temporários 
  •  Circuitos mistos permanentes 

Pilotos e Equipes[editar | editar código-fonte]

Equipe Chassis Motor Pneu Pilotos Corridas
Estados Unidos Andretti Green Racing Dallara Honda F 1 Estados Unidos Michael Andretti 4
7 Estados Unidos Bryan Herta 1-14
11 Brasil Tony Kanaan 1-14
26 Estados Unidos Marco Andretti (R) 1-14
27 Reino Unido Dario Franchitti 1-13
Estados Unidos A.J. Foyt IV 14
Estados Unidos Vision Racing Dallara Honda F 2 África do Sul Tomas Scheckter 1-14
20 Estados Unidos Ed Carpenter 1, 3-14
Brasil Roberto Moreno 2
90 Estados Unidos Townsend Bell 4
Estados Unidos Team Penske Dallara Honda F 3 Brasil Hélio Castroneves 1-14
6 Estados Unidos Sam Hornish Jr. 1-14
Estados Unidos Panther Racing Dallara Honda F 4 Brasil Vitor Meira 1-14
Estados Unidos Dreyer & Reinbold Racing Dallara Honda F 5 Estados Unidos Buddy Lazier 1-4, 6-8, 11
Austrália Ryan Briscoe 5, 9-10, 13
Estados Unidos Sarah Fisher 12, 14
31 Estados Unidos Al Unser Jr. 4
MéxicoJapão Aguri-Fernandez Racing Dallara Honda F 8 Estados Unidos Scott Sharp 1-4, 6-12, 14
Panoz 5, 13
Dallara 55 Japão Kosuke Matsuura 1-14
Estados Unidos Chip Ganassi Racing Dallara Honda F 9 Nova Zelândia Scott Dixon 1, 3-4, 6-12, 14
Panoz 2, 5, 13
Dallara 10 Reino Unido Dan Wheldon 1, 3-4, 6-12, 14
Panoz 2, 5, 13
Estados Unidos Playa del Racing Panoz Honda F 12 Estados Unidos Roger Yasukawa 4
Estados Unidos Jon Herb 4
21 Estados Unidos Jaques Lazier 4
Estados Unidos A. J. Foyt Enterprises Dallara Honda F 14 Brasil Felipe Giaffone 1-8
Estados Unidos Jeff Bucknum 9-14
92 4
41 Estados Unidos Larry Foyt 4
Estados Unidos Rahal Letterman Racing Panoz Honda F 15 Estados Unidos Buddy Rice 1-5, 13
Dallara 6-12, 14
Panoz 16 Estados Unidos Danica Patrick 1-5, 13
Dallara 6-12, 14
Panoz 17 Estados Unidos Paul Dana (R) 1
Estados Unidos Jeff Simmons (R) 3-5, 13
Dallara 6-12, 14
Estados Unidos PDM Racing Panoz Honda F 18 Brasil Thiago Medeiros (R) 4
Canadá Roth Racing Dallara Honda F 25 Canadá Marty Roth (R) 11-12, 14
4
Estados Unidos Cheever Racing Dallara Honda F 51 Estados Unidos Eddie Cheever 1-2, 4-8
República Checa Tomáš Enge 4
52 Itália Max Papis 4
Países Baixos Luyendyk Racing Panoz Honda F 61 Países Baixos Arie Luyendyk Jr. (R) 4
Estados Unidos Sam Schmidt Motorsports Panoz Honda F 88 Brasil Airton Daré 4
Estados Unidos Hemelgarn Racing Dallara Honda F 91 Estados Unidos P. J. Chesson (R) 1-4
92 Estados Unidos Jeff Bucknum 4
Estados Unidos Team Leader Motorsports Panoz Honda F 97 França Stéphan Grégoire 4
98 Estados Unidos P. J. Jones 4
  • (R) - Rookie
  •      Pilotos que disputaram todas as corridas 
  •      Pilotos que disputaram parcialmente a temporada 
  •      Corridas em que o piloto não se qualificou 

Resultados[editar | editar código-fonte]

GP Grande Prêmio Pole Position Líder por mais voltas Vencedor Equipe Descrição
1 Estados Unidos Miami Estados Unidos Sam Hornish Jr. Estados Unidos Sam Hornish Jr. Reino Unido Dan Wheldon Chip Ganassi Descrição
2 Estados Unidos São Petersburgo Reino Unido Dario Franchitti Brasil Hélio Castroneves Brasil Hélio Castroneves Penske Descrição
3 Japão Motegi Brasil Hélio Castroneves Brasil Hélio Castroneves Brasil Hélio Castroneves Penske Descrição
4 Estados Unidos Indianápolis Estados Unidos Sam Hornish Jr. Reino Unido Dan Wheldon Estados Unidos Sam Hornish Jr. Penske Descrição
5 Estados Unidos Watkins Glen Brasil Hélio Castroneves Reino Unido Dan Wheldon Nova Zelândia Scott Dixon Chip Ganassi Descrição
6 Estados Unidos Texas Estados Unidos Sam Hornish Jr. Reino Unido Dan Wheldon Brasil Hélio Castroneves Penske Descrição
7 Estados Unidos Richmond Brasil Hélio Castroneves Estados Unidos Sam Hornish Jr. Estados Unidos Sam Hornish Jr. Penske Descrição
8 Estados Unidos Kansas Reino Unido Dan Wheldon Estados Unidos Sam Hornish Jr. Estados Unidos Sam Hornish Jr. Penske Descrição
9 Estados Unidos Nashville Reino Unido Dan Wheldon Reino Unido Dan Wheldon Nova Zelândia Scott Dixon Chip Ganassi Descrição
10 Estados Unidos Milwaukee Brasil Hélio Castroneves Brasil Tony Kanaan Brasil Tony Kanaan Andretti-Green Descrição
11 Estados Unidos Michigan Brasil Hélio Castroneves Brasil Vitor Meira Brasil Hélio Castroneves Penske Descrição
12 Estados Unidos Kentucky Brasil Hélio Castroneves Reino Unido Dan Wheldon Estados Unidos Sam Hornish Jr. Penske Descrição
13 Estados Unidos Sonoma Nova Zelândia Scott Dixon Nova Zelândia Scott Dixon Estados Unidos Marco Andretti Andretti-Green Descrição
14 Estados Unidos Miami Estados Unidos Sam Hornish Jr. Reino Unido Dan Wheldon Reino Unido Dan Wheldon Chip Ganassi Descrição

Pontuação[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto HOM
Estados Unidos
STP
Estados Unidos
MOT
Japão
IND
Estados Unidos
WGL
Estados Unidos
TXS
Estados Unidos
RIC
Estados Unidos
KAN
Estados Unidos
NSH
Estados Unidos
MIL
Estados Unidos
MIC
Estados Unidos
KEN
Estados Unidos
SON
Estados Unidos
CHI
Estados Unidos
Pts
1 Estados Unidos Hornish Jr. 3 8 4 1 12 4 1 1 14 2 19 1 9 3 475
2 Reino Unido Wheldon 1 16 2 4 15 3 9 2 2 8 3 4 6 1 475
3 Brasil Castroneves 2 1 1 25 7 1 10 6 5 14 1 3 5 4 473
4 Nova Zelândia Dixon 5 2 9 6 1 2 11 4 1 10 16 2 4 2 460
5 Brasil Meira 16 5 10 10 2 6 2 3 3 15 2 6 3 6 411
6 Brasil Kanaan 11 3 3 5 11 7 18 5 12 1 4 5 11 7 384
7 Estados Unidos Ma.Andretti 15 15 12 2 16 14 4 9 8 5 8 17 1 18 325
8 Reino Unido Franchitti 4 19 11 7 14 13 3 12 6 6 12 9 2 311
9 Estados Unidos Patrick NL 6 8 8 8 12 15 11 4 4 17 8 8 12 302
10 África do Sul Scheckter 9 12 13 27 10 10 7 7 15 3 5 7 17 10 298
11 Estados Unidos Herta 13 4 6 20 13 11 6 13 11 7 11 10 10 15 289
12 Estados Unidos Sharp 7 10 16 9 9 5 5 18 17 12 6 16 14 9 287
13 Japão Matsuura 6 7 7 15 18 8 12 8 13 17 9 19 13 11 273
14 Estados Unidos Carpenter NL 20 11 6 9 8 16 10 16 7 11 12 5 252
15 Estados Unidos Rice NL 13 5 26 4 18 13 17 16 11 13 15 15 13 234
16 Estados Unidos Simmons 18 23 19 15 19 10 7 9 10 14 7 8 217
17 Brasil Giaffone 8 9 15 21 5 16 17 19 142
18 Estados Unidos B.Lazier 14 14 14 12 19 16 15 15 122
19 Estados Unidos Cheever 10 11 13 17 17 14 14 114
20 Estados Unidos Bucknum 32 18 13 14 13 18 17 97
21 Austrália Briscoe 3 9 18 16 83
22 Estados Unidos Chesson 12 17 17 33 54
23 Canadá Roth NQ 18 18 19 36
24 Estados Unidos Mi.Andretti 3 35
25 Estados Unidos Fisher 12 16 32
26 Estados Unidos Foyt IV 14 16
27 Itália Papis 14 16
28 Estados Unidos Yasukawa 16 14
29 Estados Unidos J.Lazier 17 13
30 Brasil Moreno 18 12
31 Brasil Daré 18 12
32 República Checa Enge 19 12
33 Estados Unidos Jones 19 12
34 Estados Unidos Bell 22 12
35 Estados Unidos Unser Jr. 24 12
36 Países Baixos Luyendyk Jr. 28 10
37 França Grégoire 29 10
38 Estados Unidos L.Foyt 30 10
39 Brasil Medeiros 31 10
40 Estados Unidos Dana NL 6
Estados Unidos Herb NQ 0
Pos Piloto HOM
Estados Unidos
STP
Estados Unidos
MOT
Japão
IND
Estados Unidos
WGL
Estados Unidos
TXS
Estados Unidos
RIC
Estados Unidos
KAN
Estados Unidos
NSH
Estados Unidos
MIL
Estados Unidos
MIC
Estados Unidos
KEN
Estados Unidos
SON
Estados Unidos
CHI
Estados Unidos
Pts
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2º lugar
Bronze 3º lugar
Verde 4º ao 5º lugar
Azul 6º ao 10º lugar
Roxo 11º lugar em diante
Púrpura Não terminou
Vermelho Não classificado (NQ)
Preto Desclassificado (DSQ)
Branco Não começou (NL)
Marrom Substituído (S)
Azul claro Apenas treino (AT)
Sem cor Não participou
Lesionado (LES)
Excluído (EX)
Negrito Pole-position
Itálico Líder por mais voltas
Rookie do ano
Rookie
Pontuação por prova
Posição 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 PP VL
Pontos 50 40 35 32 30 28 26 24 22 20 19 18 17 16 15 14 13 12 12 12 12 12 12 12 10 10 10 10 10 10 10 10 10 1 2

Ligações externas[editar | editar código-fonte]